Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como fazer um podcast do zero | Guia Prático

Por| Editado por Guadalupe Carniel | 07 de Julho de 2022 às 11h20

Link copiado!

Jonathan Velasquez/Unsplash
Jonathan Velasquez/Unsplash

Se você tem boas ideias e quer executar um bom projeto, provavelmente está em busca de saber como fazer um podcast do zero. O formato permite que as pessoas conheçam novos temas, ouçam notícias, análises e outras histórias com uma grande comodidade que outras mídias não permitem.

Com o aumento das exigências dos dias de hoje, muitas vezes é difícil parar uma atividade para realizar outra. Nesse aspecto, o podcast é excelente, pois permite que você escute os programas no carro, no ônibus, na academia, durante uma refeição ou enquanto realiza outras tarefas.

No entanto, fazer um podcast não é uma tarefa simples, mas pode ser feita sem muitas complicações caso você tome alguns cuidados. Pensando nisso, separamos uma série de dicas que você pode seguir que vão te ajudar no processo de planejamento, criação, gravação, edição e mais; confira!

Continua após a publicidade

1. Pense no conteúdo

Para criar um podcast, é necessário falar sobre temas que você não só domina, mas gosta. Tudo começa com uma boa curadoria, que nada mais é do que organizar e cuidar de todos os detalhes que irão compor o seu novo projeto.

O ponto de partida é sempre escolher a linha editorial do seu programa de podcasts. Isso será essencial para que você consiga centralizar informações sobre assuntos que irá abordar em cada episódio.

Além disso, é importante estar ciente de quanto tempo você está disposto a investir e o quanto você conseguirá se dedicar ao projeto, porque isso impactará nos passos seguintes. De todo caso, organize todos os compromissos da sua agenda, encontre um lugar onde gravará os episódios, que pode ser um quarto, escritório, ou qualquer outro que seja silencioso e não permita interrupções. Vale de tudo para encontrar um canto onde eu projeto será executado com qualidade e organização.

2. Escolha o formato do conteúdo

Com o conteúdo em mente, outra coisa que você deve se preocupar é o formato. Hoje em dia, existem vários disponíveis, como rodas de conversa, entrevistas, notícias ou até mesmo formatos focados em storytelling, que tem um formato parecido com um documentário (muitos programas que utilizam esse estilo abordam histórias de true crime).

Independentemente do formato que você escolher, atenha-se a ele, porque é ele que vai guiar todos os processos seguintes. Tente sair um pouco da mesmice, já que existem muitos temas que não foram abordados ainda — misture temas com formatos atípicos, de forma a criar uma experiência nova e única para os seus ouvintes.

3. Faça pesquisas e escolha convidados

Continua após a publicidade

Depois que você se organizou e incorporou o projeto de montar um podcast em sua rotina, chega a hora de pesquisar sobre os assuntos que serão a peça-chave dos episódios que você pretende gravar. Acesse o Spotify, o Apple Podcasts ou o Google Podcasts e pesquise por outros canais dentro da linha editorial - segmento - que você pretende trabalhar.

É importante que você domine o tema e conheça o público-alvo do segmento que irá seguir, como Economia, Humor, Entretenimento, Política e entre outros. A pesquisa dentro do estilo que seu podcast irá seguir fará com que você faça comparações e crie uma abordagem diferenciada para fugir de clichês ou cópias.

Se seu programa tiver espaço para convidados, busque por pessoas com as quais você gostaria de conversar ou entrevistar usando as redes sociais. É válido pedir indicações ou sugestões a amigos ou criadores de conteúdo que você tenha acesso. Para organizar pautas e cuidar da programação do seu podcast, recomendamos usar o Trello, um gerenciador de tarefas completo e gratuito.

Continua após a publicidade

4. Defina a periodicidade e número de episódios

Com o tema, formato e convidados definidos, é importante definir a periodicidade e até mesmo o número de episódios que o seu programa vai ter. Além de manter a produção mais profissional, os ouvintes conseguem entender a consistência.

Se os recursos são limitados, se não há tempo hábil para criar, montar, editar e publicar em uma semana, talvez seja interessante aumentar o prazo para 15 dias ou lançar cada programa em um mês. Mas, o mais importante mesmo é seguir a risca esse cronograma, pois os ouvintes fiéis podem deixar de ouvir o programa se ele for demasiado inconstante.

Ter um cronograma que entenda as etapas do processo e respeite o ouvinte é muito importante. Se o seu podcast envolve convidados, a organização deve ser mais intensa ainda, porque sempre pode haver um que vai furar ou não vai poder gravar no dia estipulado, e seu cronograma pode desandar. Por isso, tenha sempre um "plano B" para caso não consiga seguir o cronograma original.

Continua após a publicidade

5. Escolha equipamentos e programas para a gravação

Aqui as coisas começam a ficar mais complicadas, pois é onde o investimento em dinheiro pode ser necessário. O primeiro deles é ter um bom microfone, que possa ser conectado em seu computador ou celular. Microfones de boa qualidade são capazes de eliminar ruídos ambiente e capturar sua voz com mais clareza. Pesquisando, é possível encontrar opções boas de baixo custo e outras mais caras e versáteis. Tudo dependerá do seu orçamento.

Depois, existem alguns softwares que são indispensáveis para otimizar a captura do áudio, edição e gravação com convidados. Uma das melhores opções para gravar com convidados a distância é o Discord, mas existem outros programas interessantes, alguns deles estão disponíveis até para dispositivos móveis.

Depois de gravar e otimizar o áudio do seu podcast, chega a hora da edição, o passo mais avançado desse processo. Você pode usar um editor de áudio pago, como o Soundforge Pro (Windows e MacOS), ou soluções gratuitas como o Apple GarageBand (iOS e MacOS) ou o Audacity(Windows, MacOS e Linux). Para quem não tem experiência com edição de som, certamente o primeiro contato com esses programas não será fácil, mas a experiência vem com a prática.

Continua após a publicidade

6. Publique e divulgue seu podcast

Por fim, com um tema, formato, cronograma, softwares e editores escolhidos, a gravação deu certo, você já tem o seu arquivo de áudio pronto; o que fazer? Bom, chegou a hora de publicá-lo e distribuí-lo pelos agregadores de podcasts.

Hoje em dia, diversos agregadores distribuem os seus episódios via feed RSS, que são responsáveis por disponibilizá-los em plataformas de streaming, como Spotify, Deezer, Apple Music, Google Podcasts e muitas outras. Uma das melhores opções para criar um feed RSS é usar o Anchor. Veja como usar o Anchor para publicar podcasts no Spotify ou até mesmo no Google Podcasts.

Continua após a publicidade

Tão importante quanto publicar, é divulgar o seu trabalho. Mande os links dos episódios para amigos, crie fan pages ou faça parceria com blogs para que eles divulguem seu conteúdo e aumentar as chances de ser encontrado de forma orgânica e aumentar ainda mais o seu número de ouvintes.

O Canaltech possui dois programas (Porta 101 e Podcast Canaltech) que são atualizados de segunda a sexta. Acesse a página deles e ouça!