Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Apple Watch Series 9 e Ultra 2 voltam às lojas sem oxímetro nos EUA

Por| Editado por Wallace Moté | 18 de Janeiro de 2024 às 12h34

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Tudo sobre Apple

Após os relógios Apple Watch Series 9 e Watch Ultra 2 terem sido retirados das lojas nos EUA por conta de uma disputa de patentes, os produtos voltaram a ser vendidos nesta quinta-feira (18). Contudo, agora eles vêm sem a medição de oxigênio no sangue, recurso que se tornou central no embate com a empresa de saúde Masimo. 

As novas unidades dos smartwatches ainda terão o ícone do aplicativo Oxigênio no Sangue, desenvolvido pela própria Apple. Porém, a abertura dele mostrará uma mensagem dizendo que o app não está mais disponível, e redirecionará para o aplicativo Saúde. 

Continua após a publicidade

A Apple confirmou que o oxímetro permanecerá disponível para os relógios vendidos antes do banimento, que foi iniciado no final do ano passado. Além disso, as unidades vendidas fora dos Estados Unidos também permanecerão com o recurso, já que o recurso da Masimo não se aplica para o mercado internacional. 

A disputa judicial começou com uma acusação da Masimo, que alegou ter tido sua propriedade intelectual violada no medidor de oxigênio em modelos de Apple Watch que tragam o recurso. Isso inclui relógios desde o Series 6, anunciado no ano de 2020. 

A Comissão de Comércio Internacional (ITC) dos Estados Unidos determinou que a Apple é culpada e usou tecnologia citada em vários pontos das patentes da Masimo. Por isso, os relógios foram banidos das lojas nos Estados Unidos no dia 21 de dezembro.

Continua após a publicidade

A interrupção nas vendas ainda foi pausada cerca de uma semana depois, já que o processo teve uma suspensão provisória. Este período teve seu fim no início do ano, mas a retirada do oxímetro deve manter o produto disponível na Apple Store. 

A empresa de Cupertino ainda está com recurso em andamento, e afirmou que “discorda veementemente” da decisão do ITC. Também foi dito que as cortes de apelações dos EUA devem reverter o veredicto, algo que não aconteceu até o momento. 

No longo prazo, a Apple pretende lançar atualizações de software para alterar o algoritmo do aplicativo Oxigênio no Sangue, e evitar o uso das tecnologias descritas nas documentações da Masimo. Porém, ainda não é possível afirmar se estas mudanças serão suficientes para evitar os problemas da Maçã. 

Fonte: MacRumors