O futuro dos smartwatches chegou: Google anuncia o Android Wear

Por Redação | 18 de Março de 2014 às 13h54
photo_camera Divulgação

Após uma série de rumores nos últimos meses, o Google finalmente anunciou sua entrada no mercado de relógios inteligentes. A empresa acabou de revelar na tarde desta terça-feira (18) o Android Wear, uma versão do sistema operacional presente em tablets e smartphones feita especialmente para smartwatches. As informações são do blog oficial da companhia.

Em um vídeo conceito do produto, é possível notar que o principal recurso da plataforma é um assistente de voz semelhante ao Google Now. De acordo com a corporação, com apenas um comando ("Ok, Google") o usuário pode buscar pelas informações que ele mais precisa naquele momento, como visualizar suas últimas atualizações nos aplicativos de redes sociais, conversar com os amigos por outros apps de mensagens, acessar notícias, ferramentas de fotografia e outras notificações.

O software também tem um foco especial na área da saúde, sendo capaz de monitorar atividades físicas e integrar apps dessa categoria ao próprio relógio. Além disso, a plataforma pode fazer ligações, enviar mensagens de textos e fazer reservas em restaurantes. O gadget ainda conta com funções de alarme, tocador de música, permite controlar outros dispositivos, como smartphones, e até dar comandos para TVs (como iniciar um filme, por exemplo).

Veja abaixo o primeiro vídeo conceito divulgado pelo Google:

Segundo o Google, desenvolvedores interessados em trabalhar com o sistema operacional podem acessar a Developer Preview, uma página dedicada para que os profissionais adaptem seus aplicativos ao software. Há alguns dias a companhia havia revelado que disponibilizará, na semana que vem, um kit de desenvolvimento de software (SDK, na sigla em inglês) para Android voltado aos dispositivos vestiveis.

O Google ainda afirma que o Android Wear terá uma estratégia parecida com a dos produtos da linha Nexus, ou seja, vai funcionar como um software que será equipado em aparelhos fabricados por terceiros. Entre as empresas confirmadas estão a HTC, LG, Motorola e Samsung. Os chips, por sua vez, serão produzidos por parceiros como Broadcom, Imagination, Intel, Mediatek e Qualcomm. Já o design ficará por conta da companhia de moda Fossil Group.

Os primeiros modelos com o Android Wear serão lançados no final de 2014. Não foram divulgadas datas exatas para o lançamento, mas a expectativa é que os primeiros dispositivos com o novo sistema operacional sejam apresentados no Google I/O, a conferência do Google voltada para desenvolvedores que acontecerá em junho.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.