Samsung uMCP combina memórias LPDDR5 e UFS 3.1 de celular para melhor desempenho

Samsung uMCP combina memórias LPDDR5 e UFS 3.1 de celular para melhor desempenho

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 22 de Junho de 2021 às 19h50
Reprodução/xatakandroid

Apesar de ser mais conhecida pela fabricação dos processadores da família Exynos e de alguns chips Snapdragon, a divisão de semicondutores da Samsung também tem grande participação em outros segmentos, como a produção de chips de memória. As soluções da empresa equipam uma parcela significativa de eletrônicos e componentes, incluindo placas de vídeo e módulos de RAM.

A gigante sul-coreana costuma trazer algumas inovações ao mercado, como alguns dos primeiros módulos DDR5 para computação de alta performance, com 512 GB de capacidade, além de memórias LPDDR5 para notebooks e smartphones com alta velocidade e promessa de transferência de grandes arquivos em questão de segundos. Nesta terça (22), a Samsung inicia a produção em massa de mais uma grande novidade: o chip uMCP.

Samsung uMCP combina RAM e armazenamento

O grande diferencial do chip uMCP é a combinação de memória RAM LPDDR5 e de armazenamento Flash no padrão UFS 3.1 em um único pacote — ambos os componentes costumam ser equipados separadamente em smartphones. Os benefícios resultantes da técnica incluem não apenas redução no espaço ocupado, como também aumento nas velocidades de transferência.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Samsung uMCP combina RAM e armazenamento em um único chip, aumentando a velocidade e reduzindo o espaço ocupado no celular (Imagem: Divulgação/Samsung)

De acordo com a companhia, a integração das memórias permitiu que o desempenho da RAM aumenta-se em cerca de 50%, passando de 17 GB/s para 25 GB/s, enquanto a velocidade do armazenamento dobrou, indo de 1,5 GB/s para 3 GB/s, quando comparadas às soluções da geração anterior. O uMCP mede 13 x 11,5 mm, e vai permitir que as fabricantes tenham espaço para adicionar recursos adicionais.

O novo chip de memória combinada da Samsung terá múltiplas configurações, com a RAM LPDDR5 variando de 6 GB a 12 GB de capacidade, e o armazenamento UFS 3.1 estando disponível em versões de 128 GB a até 512 GB.

Novidade chega já neste mês aos smartphones

Apesar das especificações robustas do uMCP, a solução não deve ser exclusiva de smartphones premium e topo de linha. Segundo a Samsung, podemos esperar por modelos de celulares intermediários que também cheguem ao mercado equipados com o novo chip. A empresa destaca que a novidade é parte dos esforços para popularizar o 5G e turbinar o desempenho de aparelhos mais simples.

A novidade chega ainda neste mês a smartphones premium e intermediários (Imagem: Divulgação/Samsung)

Outra boa notícia é que não precisaremos esperar muito para vermos os primeiros smartphones com o uMCP. A gigante sul-coreana revelou que já estabeleceu contratos com grandes fabricantes, e espera que telefones equipados com o componente comecem a surgir no mercado ainda neste mês.

Fonte: PhoneArena, GSMArena, Samsung

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.