5G para todos: Qualcomm anuncia inclusão da rede em CPUs básicas

Por Rubens Eishima | 03 de Setembro de 2020 às 06h20
Camila Rinaldi/Canaltech
Tudo sobre

Qualcomm

Saiba tudo sobre Qualcomm

Ver mais

A fabricante de chips Qualcomm anunciou em apresentação na IFA 2020 que ampliará sua gama de processadores 5G em 2021 para alcançar os celulares de entrada. A empresa prometeu para o início do ano que vem a chegada do 5G nos chips da família Snapdragon 400, com o objetivo de atingir um mercado potencial de 3,5 bilhões de usuários.

Atualmente, a empresa oferece a nova geração de telefonia celular em componentes das famílias 800, 700 e 600 do processador Snapdragon, cobrindo os segmentos intermediário e premium de smartphones. A linha 400 é a mais básica da empresa para smartphones, usada em celulares básicos de gamas como a Redmi e Moto E.

“A expansão do 5G em nossa linha Snapdragon 400 é esperada para atender regiões que, combinadas, possuem atualmente cerca de 3,5 bilhões de usuários de smartphones.” afirmou o brasileiro Cristiano Amon, presidente da Qualcomm.

5G para todos

A empresa não revelou maiores detalhes sobre qual o modelo do processador que estreia o novo modem 5G nem qual modelo de celular ele deve equipar. A Qualcomm contou, porém, com declarações de executivos da Motorola, OPPO e Xiaomi, fabricantes que atualmente utilizam processadores de diversas linhas Snapdragon.

A chegada do 5G a processadores básicos pode até surpreender, já que a tecnologia nem sequer chegou a países como o Brasil ou a Índia. Mas a presença dos CEOs da Oppo e Xiaomi sinalizam a importância do mercado chinês para a Qualcomm: o país deve representar, em 2020, mais de dois terços das vendas globais de celulares 5G, que já passam de 33% do total de celulares vendidos no país.

Fonte: Qualcomm

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.