Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Nothing Phone (2a) ganha data de lançamento global

Por| Editado por Wallace Moté | 13 de Fevereiro de 2024 às 13h36

Link copiado!

Divulgação/Nothing
Divulgação/Nothing
Nothing Phone (2a)

Após vários teasers, a Nothing confirmou nesta terça-feira (13) a data de lançamento do Phone (2a), próximo smartphone da marca focado em custo-benefício. Apesar de não ser exatamente o primeiro intermediário da empresa, se considerarmos que o Phone (1) apostou em uma ficha técnica mais simples, a novidade promete agitar o segmento ao trazer os principais recursos da linha principal à faixa mais acessível de celulares.

Através do site oficial e das redes sociais, a Nothing confirmou que a apresentação do Phone (2a) acontece no próximo dia 5 de março, às 8h30 no horário de Brasília. O dispositivo tem como slogan "Fresh. Eyes.", visto no pequeno vídeo de revelação da data, acompanhado de olhos — o detalhe é importante por ser uma possível pista do design do telefone, seguindo o que vazamentos haviam apontado recentemente.

Continua após a publicidade

Junto das postagens, um vídeo completo também foi publicado, em que o CEO Carl Pei e o time de desenvolvimento trazem mais informações sobre o aparelho. Conforme destaca o executivo, a ideia da Nothing com o Phone (2a) é atender a um novo tipo de público, que gosta do software e recursos da marca, mas não quer pagar o preço mais elevado da linha principal. Pei também mostra bastante confiança na novidade ao alfinetar as concorrentes, que “fazem o mínimo no segmento intermediário para mirar no lucro”, segundo as palavras do CEO.

O cofundador da Nothing foi além ao sugerir que a experiência do seu novo celular vai agitar o mercado de smartphones mais acessíveis, não implementando recursos que "seriam inúteis". Em meio à fala um tanto agressiva, Pei também detalha o plano para fazer o valor para o consumidor cair: ao que parece, após diversos lançamentos, a marca teria conquistado confiança da cadeia de fornecedores.

Como consequência, essa cadeia estaria oferecendo componentes por preços mais baixos, ou ao menos competitivos, que serão então repassados ao consumidor. Mesmo assim, ainda que Pei não admita, é muito provável que tenhamos cortes em alguns aspectos para garantir o melhor equilíbrio entre custo e benefícios. Com isso dito, quem está receoso com relação ao desempenho ganhou uma notícia para se alegrar.

Continua após a publicidade

O chefe da fabricante encerra sua participação afirmando que o time da Nothing está focado em desempenho e câmeras, sem abrir mão da experiência de software e do design único. Se não chega a detalhar as especificações, a afirmação é um sinal que o lançamento deve oferecer um pacote mais premium.

Phone (2a) tem possíveis especificações vazadas

Paralelo a isso, o informante Yogesh Brar aproveitou a oportunidade para divulgar o que seria a suposta ficha técnica completa do Nothing Phone (2a). O destaque vai justamente para o processamento, munido do MediaTek Dimensity 7200-Ultra, plataforma intermediária já vista em aparelhos como o Redmi Note 13 Pro Plus.

Continua após a publicidade

De acordo com benchmarks, o componente seria capaz de superar o Snapdragon 7s Gen 2, solução da Qualcomm popular entre os telefones do segmento. Não é apenas o desempenho que chama atenção — este seria o primeiro celular da Nothing a utilizar hardware da MediaTek.

Ainda segundo Yogesh, o Phone (2a) contaria com tela OLED de 6,7 polegadas de resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz, câmera dupla com sensor principal de 50 MP e ultrawide também de 50 MP, lente de selfies de 32 MP, carregamento rápido de 45 W e Android 14 de fábrica, rodando sob a recém-revelada interface Nothing OS 2.5.

Mais interessante é o preço especulado pelo leaker, que poderia chegar aos US$ 400 (~R$ 1.980), queda muito expressiva frente aos US$ 600 (~R$ 2.980) do Nothing Phone (2) tradicional. Curiosamente, apesar do lançamento global, a disponibilidade seria limitada nos EUA ao ser voltada apenas para desenvolvedores, estratégia similar à adotada na estreia do Nothing Phone (1). Outra má notícia é que não devemos ter uma estreia no Brasil, tendo em mente que a marca opera de forma muito tímida por aqui, vendendo acessórios através do AliExpress.

Continua após a publicidade

Seja como for, devemos ter mais detalhes conforme a data de lançamento se aproxima. Entre as possíveis novidades, a companhia deve oficializar o design do modelo, que pode ser bem diferente do que apontou o último vazamento — em nova publicação, o portal Smartprix confirmou que sua renderização vazada em parceria com o renomado leaker @OnLeaks estava incorreta. A expectativa gira agora em torno de um vazamento ainda mais antigo, que mostra um visual peculiar de câmeras alinhadas na horizontal.