Moto G20 vs Poco M3: qual é a melhor opção boa, barata e básica?

Por Felipe Junqueira | Editado por Wallace Moté | 27 de Maio de 2021 às 11h00
Montagem Canaltech

O Moto G20 foi lançado pela Motorola com destaque no conjunto de câmeras e a tela com alta taxa de atualização. Pelas configurações e preço, o dispositivo pode deixar consumidores em dúvida entre ele o Poco M3, da Xiaomi, que também tem câmera principal de 48 MP, e ainda traz tela com resolução maior.

Qual dos dois comprar, então? Claro que já outros aspectos a considerar, e por isso o Canaltech traz um comparativo entre o Moto G20 e o Poco M3, que lista e explica as diferenças e semelhanças entre estes dois celulares intermediários. Veja a seguir todos os detalhes de tela, memória, processamento, câmeras, bateria, recursos e design dos dois modelos para entender em que aspecto um é melhor que o outro.

Design

Moto G20 está disponível nas cores azul ou rosa (Imagem: Divulgação/Motorola)

Não há muitas diferenças visuais entre Moto G20 e Poco M3, mas é fácil reconhecer qual dos dois você tem nas mãos, principalmente ao olhar para a traseira. Ambos trazem um módulo de câmera com três círculos bem grandes em fila vertical, que destaca bem os sensores fotográficos, com mudança na localização do flash, que fica mais acima no celular da Xiaomi e centralizado no da Motorola. Este segundo ainda tem um quarto sensor, de profundidade, na segunda linha vertical — abaixo do flash, portanto. Além disso, o Poco M3 estende a lombada por quase toda a porção superior da traseira.

Na parte da frente, os dois trazem recorte em gota para a câmera de selfies e poucas bordas. O Moto G20 tem quatro botões na lateral direita, sendo um exclusivo para o Assistente do Google, além dos de volume e energia, estes últimos também presentes na mesma lateral do Poco M3, que ainda agrega o leitor de impressão digital no power. O aparelho da Motorola tem o sensor biométrico na parte traseira.

Estes celulares contam com acabamento de plástico nas laterais e traseira, com proteção em vidro em toda a parte frontal. E curiosamente até as dimensões são parecidas: 165,2 x 75,7 x 9,1 mm e 200 g no Moto G20 e 162,3 x 77,3 x 9,6 mm e 198 g no Poco M3. Não há informação sobre resistência a água e poeira em nenhum deles.

Você pode encontrar o modelo da Motorola nas cores azul ou rosa, enquanto o da Xiaomi está disponível oficialmente apenas na cor azul no Brasil. Com importadores, é possível encontrá-lo também nas opções preto ou amarelo.

O leitor de impressão digital embutido no botão de energia do Poco M3 (Imagem: Ivo/Canaltech)

Tela

  • Moto G20: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels) e taxa de atualização de 90 Hz
  • Poco M3: IPS LCD de 6,53 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2340 pixels) e taxa de atualização de 60 Hz.

Em tela também há semelhanças, com diferenças importantes. Moto G20 e Poco M3 possuem painel IPS LCD, que entrega cores naturais, mais suaves, mas costuma pecar no brilho e contraste, principalmente. São 6,5 polegadas de tamanho diagonal nos dois, embora a proporção seja um pouco diferente no Poco M3, que é 19,5:9 contra 20:9 do Moto G30.

Já na resolução da tela, o celular da Xiaomi fica em vantagem por trazer densidade maior de pixels, pois traz painel Full HD. No entanto, o da Motorola tem imagem mais fluida, já que possui taxa de atualização aumentada para 90 Hz, apesar da tela ser HD, ao passo que o concorrente fica com o padrão de 60 Hz, utilizado em praticamente todos os celulares até recentemente.

Em resumo, você teria que optar pela imagem mais nítida com movimentos menos naturais, com a resolução maior do Poco M3, ou a exibição menos detalhada, mas mais fluida do Moto G20 com sua taxa de atualização aumentada.

Tela com taxa de atualização de 90 Hz é um dos diferenciais do Moto G20 (Imagem: Divulgação/Motorola)

Câmeras

  • Moto G20: 48 MP (f/1.7, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra wide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade) + 13 MP (f/2.2, frontal);
  • Poco M3: 48 MP (f/1.8, principal) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade) + 8 MP (f/2.1, frontal).

Os conjuntos de câmeras são praticamente idênticos, só muda a presença da ultra wide de 8 MP no Moto G20, sensor ausente no Poco M3. Ambos oferecem a principal de 48 MP, macro de 2 MP e um sensor de profundidade de 2 MP. A gravação de vídeos fica restrita ao Full HD (1080p) tanto na principal quanto na frontal.

Ambos vão conseguir entregar fotos decentes para usar nas redes sociais, com algumas pequenas diferenças na maneira como cada um lida com os cenários, o que pode gerar algumas inconsistências em cores, exposição e no alcance dinâmico. De qualquer forma, você vai ter fotos que conseguem apresentar a cena de maneira razoável na maior parte dos cenários possíveis independente de qual dos dois escolher.

Detalhe das câmeras na parte superior, com o nome da marca (Imagem: Ivo/Canaltech)

Processador e memória

  • Moto G20: Unisoc T700 (12 nm, 2x 1,8 GHz Cortex-A75 + 6x 1,8 GHz Cortex-A55), GPU MAli-G52 MP2;
  • Poco M3: Qualcomm Snapdragon 662 (11 nm, 4x 2,0 GHz Kryo 260 Gold + 4x 1,8 GHz Kryo 260 Silver), GPU Adreno 610.

O Moto G20 traz uma plataforma pouco conhecida, e que na verdade a própria Motorola divulga como “construída sob medida” para o dispositivo. O Unisoc T700 tem núcleos de processamento com arquitetura um pouco mais recente que o Snapdragon 662, que traz núcleos Kryo 260, baseados no Cortex-A73, no caso dos mais velozes, e Cortex-A53, nos mais econômicos.

Dá para ver que são processadores equivalentes, e aí o Poco M3 fica um pouco à frente especialmente em jogos, já que os desenvolvedores costumam otimizar melhor seus produtos para dispositivos com soluções da Qualcomm. Para quem busca um celular para tarefas do dia a dia, não vai sentir diferença entre os dois modelos.

As opções oficiais no Brasil entregam a mesma capacidade de memória, ou seja, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. O Poco M3 pode ser encontrado com importadores em diversas versões, no entanto: 4/64 GB, 6/64 GB e 6/128 GB, além da oficial com 4/128 GB, claro.

Moto G20 tem uma câmera a mais, totalizando quatro no conjunto traseiro (Imagem: Divulgação/Motorola)

Bateria

  • Moto G20: 5.000 mAh, recarga de 10 W;
  • Poco M3: 6.000 mAh, recarga de 18 W.

Talvez o único aspecto em que um dos dois modelos possui vantagem clara é na bateria. O Poco M3 não só possui carga consideravelmente maior, com 6.000 mAh contra os 5.000 mAh do Moto G20, como também tem recarga mais veloz, o que deve garantir tempo parecido na parede para ir de 0% até 100%, apesar da capacidade maior.

A Xiaomi diz que a carga de seu modelo pode durar até cinco dias “com configuração de baixa luz”. A Motorola fala em dois dias com os 5.000 mAh do seu modelo, com um perfil de uso mediano.

Recursos extras

A proposta destes aparelhos é de entregar uma experiência mais básica, sem muitos extras além do que um usuário médio precisa para ter um bom celular em 2021. Mesmo assim, ambos ainda entregam opções interessantes, desde desbloqueio por impressão digital ou facial até Wi-Fi dual-band (conecta nas frequências 2,5 GHz e 5 GHz), Bluetooth 5.0 e conectores USB-C e P2 (para fones de ouvido). O Poco M3 tem como diferenciais o sensor infravermelho, que faz dele uma espécie de controle remoto universal, e o som estéreo.

Já com relação ao sistema operacional, o Moto G20 já está mais atualizado, com o Android 11 de fábrica, mas deve parar por aí mesmo, com algumas atualizações de segurança ocasionais. O Poco M3 vem com o Android 10 já por baixo da MIUI 12, e deve receber recursos e correções de vulnerabilidades por uns bons anos, mesmo que não mude a versão do sistema.

Poco M3 na cor amarela só está disponível via importação no Brasil (Imagem: Ivo/Canaltech)

Moto G20 vs Poco M3: qual vale a pena?

Moto G20 e Poco M3 possuem pequenas diferenças entre si, que podem ou não ser cruciais para você optar por um ou pelo outro. No geral, se a sua busca é por um bom celular intermediário, que aguente bem o uso do dia a dia e não custe muito caro, ambos vão atender bem.

Agora, se você quer tela com animações mais fluidas, principalmente para jogos e navegação, um bom conjunto de câmeras com opção de ultra wide e bateria para até dois dias, talvez o Moto G20 seja a melhor escolha. Se você preza mais pela nitidez da imagem, bateria para talvez mais de dois dias de uso, som estéreo para assistir seus vídeos, ouvir músicas e jogar, e ainda ter a opção de um controle universal direto no celular, talvez deva optar pelo Poco M3.

Tenha em mente apenas que o modelo da Xiaomi vai custar um pouco mais caro em canais oficiais com garantia de 12 meses e selo da Anatel, mas pode ser mais barato com importadores, que vão oferecer apenas 3 meses de garantia por defeito de fabricação. O Moto G20 tem cobertura contra problemas mais longa (12 meses), mas recebe menos atualizações de software.

Dito isso, a decisão de qual dos dois vale mais a pena cabe apenas a você, que agora tem todas as ferramentas para avaliar qual é melhor em cada ponto e, assim, definir o que entrega mais daquilo que você busca em um celular.

Moto G20: ficha técnica

  • Tela: IPS LCD de 6,5 polegadas com resolução HD (720 x 1600 pixels), 90 Hz;
  • Chipset: Unisoc T700 Octa-core (2x 1,8 GHz + 6x 1,8 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 64 GB expansíveis via microSD;
  • Câmera traseira: quádrupla de 48 MP (f/1.7, principal) + 8 MP (f/2.2, ultra-wide) + 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 13 MP f/2.2;
  • Dimensões: 165,3 x 75,7 x 9,1 mm (AxLxP);
  • Peso: 200 g;
  • Bateria: 5.000 mAh com carregador de 10 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital traseiro, 4G;
  • Cores disponíveis: azul ou rosa;
  • Sistema operacional: Android 11.

Poco M3: ficha técnica

  • Tela: IPS LCD de 6,53 polegadas com resolução Full HD (1080 x 2340 pixels), 60 Hz;
  • Snapdragon 662 Octa-core (4x 2,0 GHz + 4x 1,8 GHz);
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB expansíveis via microSD;
  • Câmera traseira: tripla de 48 MP (f/1.8, principal) 2 MP (f/2.4, macro) + 2 MP (f/2.4, profundidade);
  • Câmera frontal: 8 MP f/2.1;
  • Dimensões: 162,3 x 77,3 x 9,6 mm (AxLxP);
  • Peso: 198 g;
  • Bateria: 6.000 mAh com carregador de 18 W;
  • Extras: Bluetooth 5.0, Wi-Fi dual-band, leitor de impressão digital lateral, infravermelho, 4G;
  • Cores disponíveis: azul (nacional), preto, amarelo (importado).
  • Sistema operacional: Android 10 com MIUI.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.