iPhones 13 Mini, Pro e Pro Max estão prontos para venda no Brasil

iPhones 13 Mini, Pro e Pro Max estão prontos para venda no Brasil

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 29 de Setembro de 2021 às 10h37
Apple

A Apple concluiu os trâmites legais para disponibilizar o iPhone 13 mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max no Brasil. Depois das baterias, os três modelos de 2022 foram homologados pela Anatel, a agência reguladora que precisa aprová-los por aqui.

Assim, o lançamento da linha depende agora apenas da homologação do iPhone 13 regular. É o único que ainda não foi aprovado pela autarquia, ao menos até o fechamento desta matéria. Após isso, o caminho da Apple fica livre para comercializá-los, já que é improvável que a empresa deseje iniciar as vendas com um modelo ainda impedido.

(Imagem: Reprodução/Anatel)

O Brasil não figura o primeiro “lote” de vendas, mas se observarmos o histórico da empresa, ela demora dois meses para oferecer seus novos celulares por aqui. Nessa conta, os iPhone 13 poderiam ter vendas gerais em novembro. Porém, essa não é uma regra, e com a homologação completa, bastará a vontade da empresa para a chegada oficial deles ao Brasil.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Preços já foram divulgados

Apesar da atual indisponibilidade, os preços para os novos celulares já foram divulgados. O iPhone 13 Mini custará a partir de R$ 6.599, e o iPhone 13 parte de R$ 7.599. Pela primeira vez, os modelos mais simples terão versão base com 128 GB de armazenamento, alcançando até 512 GB. Útil para uso do Apple Music em modo Hi-Fi, além de outros serviços digitais da empresa.

(Imagem: Reprodução/Apple)

Os modelos iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max começam em R$ 9.499 e R$ 10.499 respectivamente. Além de uma nova câmera zoom 3x, eles trazem uma renovação dos sensores traseiros, tela ProMotion de até 120 Hz, e gravação de vídeo ProRes — limitada a Full HD nos modelos de 128 GB. São quatro versões para eles, já que além das capacidades de 256 GB e 512 GB, há agora opção de 1 TB.

Vale lembrar, os iPhone 13 não trazem carregador na caixa, apenas um cabo Lightning com ponta USB-C. Assim como a linha iPhone 12, eles são recarregáveis a 20 W com acessório original da Apple — oficialmente, já que testes mostram capacidade de até 27 W nos modelos mais caros —, e até 15 W via MagSafe (exceto modelo Mini, que atinge 12 W).

Ainda sobre o nosso mercado, a companhia reajustou, para baixo, o preço dos seus smartphones antigos. O movimento é o contrário ao que foi observado no ano passado, quando a Apple lançou os iPhone 12 e aumentou valores para os iPhone 11, iPhone XR e iPhone SE (2020).

Quando chegarem ao Brasil, os novos dispositivos poderão ser comprados à vista com desconto de 10% no site da Apple, ou parcelados em 12x sem juros. Como sempre, é esperado que o varejo monte suas próprias promoções, que costumam incluir parcelamento estendido e cashback.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.