Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

iPhone 15 Pro Max deve usar nome "Ultra" no final das contas

Por| Editado por Wallace Moté | 21 de Agosto de 2023 às 11h09

Link copiado!

Divulgação/Apple
Divulgação/Apple

Resgatando rumores descartados há meses, o jornalista do portal Apple Insider, Andrew O'Hara, sugeriu citando múltiplas fontes que o iPhone 15 Pro Max deve chegar às lojas com outro nome: iPhone 15 Ultra. A mudança alinharia a linha de smartphones da Apple com os concorrentes, e tentaria afastar mais o modelo mais avançado da variante Pro padrão, ainda que no momento sejam esperadas apenas melhorias de câmera, tamanho de tela e capacidade de bateria.

Pouco mais de um mês após a chegada da linha iPhone 14, rumores sobre a família iPhone 15 já haviam começado a circular. Um dos mais interessantes indicava que veríamos uma mudança importante na nomenclatura dos aparelhos, com a introdução de um "iPhone 15 Ultra" aos moldes do que rivais como Samsung e Xiaomi já fazem, adotando o Ultra para simbolizar a solução mais completa de uma linha — como a própria Apple já faz no Watch Ultra.

Continua após a publicidade

As informações ainda não estavam totalmente claras, e sugeriam que poderíamos ter um modelo premium completamente novo, ou mesmo ver a variante Pro Max dar lugar ao Ultra. Essa possibilidade foi descartada pouco tempo depois, e desde então o modelo mais avançado da próxima geração da Maçã foi chamado de iPhone 15 Pro Max em praticamente todos os rumores, seguindo o padrão já estabelecido.

Agora, às vésperas do lançamento dos dispositivos, um novo relato resgata o nome iPhone 15 Ultra, indicando que esse deve realmente ser o nome final do celular mais premium da Apple para 2023. Pelo menos é o que apontam fontes ouvidas pelo jornalista Andrew O'Hara, que relembra os rumores antigos e cita algumas das diferenças que a novidade deve embarcar em comparação ao iPhone 15 Pro mais simples.

Ao que parece, a gigante deve reservar a aguardada lente telefoto periscópio com zoom óptico de 5x ou 10x para o iPhone 15 Ultra, acompanhando bateria e telas maiores — estratégia parecida com o que a companhia já adota para as duplas Pro e Pro Max de gerações passadas. Aspectos como a construção em titânio, a substituição do botão Mute pelo Action Button, a adoção de porta USB-C com Thunderbolt e o uso do chip A17 Bionic, fabricado pela TSMC na inédita litografia de 3 nm, seriam compartilhados entre os lançamentos mais premium.

Conforme aponta O'Hara, a suposta mudança de nome não chega a ser algo inovador, mas dá indícios de como a Apple pretende posicionar o telefone, havendo chances de termos mais algum diferencial que a fabricante esteja mantendo em segredo — algo que não deve demorar muito para descobrirmos.

Ainda sem confirmações por parte da Maçã, a família iPhone 15 está prevista para chegar entre os dias 12 e 13 de setembro, no tradicional evento de fim de ano da marca. Além dos smartphones, são esperados os lançamentos da linha Apple Watch Series 9, a sétima geração do iPad Mini e, possivelmente, algum novo modelo de AirPods.

Fonte: Andrew O'Hara, via iMore