Huawei some da lista de 5 maiores fabricantes de celulares da China

Huawei some da lista de 5 maiores fabricantes de celulares da China

Por Bruno Bertonzin | Editado por Wallace Moté | 28 de Julho de 2021 às 12h25

Um novo relatório publicado pela IDC sugere que a Huawei teve uma queda em sua participação no mercado de celulares e, agora, não faz mais parte da lista de cinco maiores fabricantes de smartphones em seu país de origem, a China. A pesquisa, que se refere aos dados para o segundo trimestre de 2021, aponta que a companhia deixou a liderança e agora não aparece mais no top-5 da região.

A pesquisa realizada e publicada pela IDC aponta que a nova líder do mercado de smartphones na China é a Vivo — empresa que pertence ao grupo BBK, ao lado da OPPO, Realme e OnePlus —, com participação de 23,8% nas vendas de celulares no país. Ela é seguida pela “irmã” OPPO, com 21,1% e o pódio é completado com a concorrente Xiaomi, com 17,2%.

(Imagem: Divulgação/Huawei)

A Apple — única empresa de fora da China a aparecer no top 5 — fica com a quarta posição, com participação de 10,9%. Por fim, o quinto lugar é representado pela Honor, ex-subsidiária da Huawei, que agora opera de forma independente e conta com uma fatia de 8,9% do mercado.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Fabricante 2º trimestre de 2021 - Vendas 2º trimestre de 2021 - Participação 2º trimestre de 2020 - Vendas 2º trimestre de 2020 - Participação Evolução ano a ano
Vivo 18,6 milhões 23,8% 15 milhões 17,1 milhões 23,6%
Oppo 16,5 milhões 21,1% 14,1 milhões 16% 17,3%
Xiaomi  13,4 milhões 17,2% 9,1 milhões 10,4% 47%
Apple 8,6 milhões 10,9% 7,3 milhões 8,3% 17%
Honor 6,9 milhões 8,9% 12,9 milhões 14,7% -46%
Outros 14,1 milhões 18,1% 29,4 milhões 33,5% -51,9%
Total 78,1 milhões 100% 87,8 milhões 100% -11%

É importante notar que as quatro primeiras empresas registraram crescimento no período, enquanto a Honor é a única nomeada que teve queda na participação e fechou o semestre com -46% de participação no mercado. Isso pode ser justificado pelo fato de a marca ter vendido metade das unidades de celulares fabricados no ano passado, ao passo que as demais apresentaram novos produtos ao mercado.

A Huawei, agora, faz parte do grupo destacado como “Outros” no final da tabela e a fabricante pode ser a principal responsável pela queda de 51,9% de participação do grupo no mercado de celulares na China.

Huawei também não está entre as cinco maiores fabricantes no mercado global

Além do relatório publicado pela IDC, uma pesquisa da Canalys também revelou que a fabricante já não faz parte do top 5 das maiores fabricantes de celulares no mundo. Na lista também é possível destacar a ascensão da Xiaomi, que tomou o lugar da Apple no segundo lugar.

Série Huawei P50 pode dar novo fôlego à marca (Imagem: Divugação/Huawei)

É válido lembrar, porém, que a Huawei irá apresentar nesta quinta-feira (29) uma nova linha de smartphones. A série Huawei P50 deve contar com três variantes (Huawei P50, Huawei P50 Pro e Huawei P50 Pro Plus) e pode chegar como um fio de esperança para a fabricante recuperar o prestígio, pelo menos em seu país de origem.

Fonte: GSMArena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.