Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Google Tensor G4 | Chip do Pixel 9 vaza em suposto primeiro teste

Por| Editado por Wallace Moté | 09 de Fevereiro de 2024 às 09h31

Link copiado!

Divulgação/Google
Divulgação/Google
Pixel 9 Pro

Esperado como processador que equipará a família Pixel 9, o Google Tensor G4 vazou em seu primeiro suposto teste mostrando resultados pouco animadores. Usada em um smartphone misterioso identificado como "Google Tokay", a plataforma parece não trazer ganhos de desempenho em relação ao Tensor G3 presente na linha Pixel 8, e continua a passar bem longe de concorrentes mais poderosos de rivais como a Qualcomm.

O registro parece ter ido ao ar nesta quinta-feira (8), e indica que, além do Tensor G4, o aparelho testado era embarcado com 8 GB de RAM e Android 14. Chama atenção logo de início as configurações da CPU — a novidade tem um núcleo a menos que o Tensor G3, voltando a ser um chip de oito núcleos e apostando em uma configuração similar à de concorrentes.

Não se sabe quais os tipos dos núcleos, mas sua organização está cadastrada como 1 + 3 + 4, sendo um núcleo de máxima performance rodando a até 3,1 GHz, três núcleos de alto desempenho trabalhando a até 2,6 GHz, e quatro núcleos de alta eficiência a até 1,95 GHz. É interessante notar como as frequências estão mais altas que as da geração anterior, com ganhos de até 200 MHz.

Continua após a publicidade

Outro ponto curioso que pode passar despercebido é que o benchmark foi feito no Geekbench 5, mesmo que o Geekbench 6 já tenha se tornado a versão padrão para testes. Isso impacta a avaliação dos números, já que a comparação com outros processadores só pode ser feita com resultados vindos do Geekbench 5. Apesar do app já não estar mais listado na Play Store, há um bom número de resultados que nos permitem fazer essa comparação, que acaba não sendo favorável para o novo chip do Google.

O conjunto teria sido capaz de marcar 1.082 pontos em single-core e 3.121 pontos em multi-core. Em comparação, o resultado médio do Tensor G3 em um Pixel 8 Pro é de 1.293 pontos em single-core e 3.453 pontos em multi-core, o que representa uma perda de 17% e 10%, respectivamente, para o Tensor G4. A performance é ainda mais desanimadora quando colocada frente ao Snapdragon 8 Gen 3 for Galaxy, que equipa o Galaxy S24 Ultra.

A plataforma do celular mais poderoso da Samsung atinge 1.751 pontos em single-core e 6.566 pontos em multi-core, dando vantagem absurda de 62% e 110% para o processador da Qualcomm. Dito tudo isso, é preciso ter alguns pontos em mente: o foco da linha Google Tensor nunca foi a performance bruta, mas sim as otimizações para entregar uma experiência de uso mais consistente e suporte de software prolongado.

Continua após a publicidade

Além disso, como ainda estamos a meses do lançamento da família Pixel 9, a gigante das buscas ainda deve trabalhar para extrair mais desempenho do componente. Por fim, nada impede que o resultado encontrado seja falso — não são raros os relatos de registros falsificados encontrados no banco de dados do Geekbench. Em resumo, é preciso esperar por informações oficiais, ou ao menos vazamentos mais consistentes para sabermos mais das capacidades do Tensor G4.

Com poucas características conhecidas no momento, os novos Pixel 9 devem ser apresentados em algum momento de outubro, caso o Google mantenha o cronograma de lançamentos das gerações passadas. Espera-se que tenhamos mudanças radicais de design, incluindo laterais retas e um módulo de câmeras redesenhado, abandonado a aparência de barra usada nos modelos dos anos anteriores.

Fonte: MySmartPrice