Realme 7 Pro vs. Galaxy A71: qual é o melhor intermediário premium do momento?

Por Diego Sousa | 09 de Janeiro de 2021 às 09h00
Matheus Bigogno/Canaltech

A chinesa Realme desembarcou no Brasil nesta quinta-feira (7) com a promessa de se tornar uma das gigantes no mercado de celulares local. Um de seus primeiros representantes no país é o Realme 7 Pro, modelo intermediário que reúne especificações técnicas bastante semelhantes às Galaxy A71, da Samsung, embora conte com algumas cartas na manga.

Nos próximos parágrafos, confira todas as vantagens e desvantagens do Realme 7 Pro em relação ao Galaxy A71 e veja se o smartphone da fabricante chinesa tem o que é preciso para incomodar as grandes marcas aqui no Brasil.

Design e construção

Tanto o Realme 7 Pro quanto o Galaxy A71 possuem a identidade visual que se tornou tendência em 2020: eles trazem um módulo de câmeras no estilo “peça de dominó” ou “cooktop”, o que é bonito, mas acabou saturando ao longo do tempo. A tampa traseira dos dois aparelhos é de plástico e o vidro frontal possui proteção Gorilla Glass 3.

Realme 7 Pro se destaca por um visual metálico e fosco em algumas partes (Foto: Divulgação/Realme)

Com relação às dimensões, o Galaxy A71 é ligeiramente mais alto e largo que o Realme 7 Pro, mas o smartphone da Realme é consideravelmente mais grosso, o que deve deixar a pegada mais robusta. Ambos contam com um furo na tela para a câmera frontal, porém o modelo da Samsung traz o sensor na regiã central, enquanto a aposta da chinesa fica na parte esquerda.

A decisão entre qual smartphone é mais bonito vai da preferência de cada um: o Realme 7 Pro se destaca por um visual meio metálico e fosco, enquanto o Galaxy A71 possui umas formas geométricas que mudam de cor de acordo com a incisão de luz.

Galaxy A71 tem formas geométricas na traseira (Foto: Reprodução/PhonAndroid)

Tela

  • Realme 7 Pro: 6,4 polegadas, Super AMOLED, resolução Full HD+ e 60 Hz;
  • Samsung Galaxy A71: 6,7 polegadas, Super AMOLED, resolução Full HD+ e 60 Hz.

Uma das diferenças mais notáveis entre o Realme 7 Pro e o Galaxy A71 é o tamanho de tela. O smartphone da Samsung possui um display gigante de 6,7 polegadas, enquanto o da Realme traz uma de 6,4 polegadas. Ou seja, se você prefere um celular mais compacto, pode fugir do A71 porque ele é muito grande.

Apesar dos tamanhos distintos, ambos contam com resolução Full HD+ e painel Super AMOLED, que oferece cores mais vivas e um preto mais profundo. Importante lembrar que, até então, somente a Samsung incluía telas AMOLED em seus intermediários vendidos no Brasil, então, o fato de a Realme também entregar essa tecnologia pode incentivar outras fabricantes a fazerem o mesmo.

Galaxy A71 traz tela Full HD+ Super AMOLED (Foto: Reprodução/Samsung)

As duas telas também contam com taxa de atualização de 60 Hz, velocidade de exibição padrão do mercado. O Realme 7 tradicional oferece um display mais veloz, de 90 Hz, mas usa tecnologia de exibição pouco inferior, IPS LCD.

Resumindo: a qualidade de imagem nos dois aparelhos deve ser bastante semelhante. O fator principal, aqui, é o tamanho da tela.

Câmeras

  • Realme 7 Pro: 64 MP (principal) + 8 MP (ultra grande-angular) + 2 MP (macro) + 2 MP (profundidade) + 32 MP (frontal)
  • Samsung Galaxy A71: 64 MP (principal) + 12 MP (ultra grande-angular) + 5 MP (macro) + 5 MP (profundidade) + 32 MP (frontal)

Os dois smartphones também prometem uma qualidade de câmera bastante semelhante, ao menos no papel. Ambos são equipados com um conjunto quádruplo na traseira com câmera principal de 64 MP, mas o Galaxy A71 leva vantagem nas outras três, sendo uma ultrawide de 12 MP, uma macro de 5 MP e uma de profundidade, também de 5 MP.

Realme 7 Pro traz tela Super AMOLED, assim como o A71 (Foto: Reprodução/Realme)

Para ângulo aberto, o Realme 7 Pro tem um sensor de 8 MP, enquanto as câmeras macro e profundidade possuem 2 MP cada. Para selfies, os dois contam com um sensor de 32 MP, mas somente o Galaxy A71 consegue fazer gravações em 4K com ele.

Processador e memória

  • Realme 7 Pro: processador Qualcomm Snapdragon 720G, 6 GB ou 8 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento interno
  • Samsung Galaxy A71: processador Qualcomm Snapdragon 730, 6 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento interno

À primeira vista, pode parecer que o Galaxy A71 é mais potente que o Realme 7 Pro devido ao seu chip Snapdragon 730, mas o 720G tem um processador ligeiramente mais rápido graças ao seu apelo para jogos. Os dois chips também usam a mesma GPU Adreno 618, que permite jogar alguns títulos mais pesados sem muita dificuldade.

Na prática, no entanto, a diferença na CPU não deve resultar em uma superioridade muito grande do Realme 7 Pro em relação ao rival e ambos devem conseguir rodar praticamente todas as tarefas da Play Store sem problemas, como redes sociais e aplicativos de edição, embora o celular da Realme deva levar vantagem por sua opção extra de 8 GB de RAM.

Bateria e recursos

Sob o capô, tanto o A71 quanto o Realme 7 Pro contam com uma bateria de 4.500 mAh, o que é considerado OK, mas já há muitos aparelhos intermediários chegando a 5.000 mAh. O smartphone da Realme leva extrema vantagem na tecnologia de carregamento, que oferece recarga de 65 W ao intermediário, uma marca impressionante.

Segundo a própria Realme, somente 12 minutos na tomada bastam para recarregar 50% da bateria do celular, enquanto 34 minutos devolvem ela aos 100%. A potência de recarga do Galaxy A71 é de 25 W, o que não é ruim, mas é menos da metade dos 65 W do rival.

Realme 7 Pro tem carregamento rápido de 65 W (Foto: Divulgação/Realme)

Com relação aos recursos extras, os dois são equipados com sensor de digitais sob a tela, conector de 3,5 mm para fones de ouvido e tecnologia de aproximação NFC. O Realme 7 Pro possui alto-falantes estéreo, o que promete uma qualidade sonora bem mais encorpada que o som mono do Galaxy A71.

Como os dois são construídos em plástico, não espere certificação IP68 para proteção contra água e poeira, tampouco carregamento reverso e sem fio. No entanto, a Realme pelo menos destaca a resistência contra respingos d'água.

(Imagem: Divulgação/Samsung)

Na parte das câmeras, ambos conseguem gravar vídeos em até 4K com a câmera principal de 64 MP, mas somente o A71 faz vídeos de alta resolução também com a de selfies. O Realme 7 Pro é limitado à resolução Full HD.

Realme 7 Pro vs. Samsung Galaxy A71: qual é o melhor?

Por muito tempo, a Samsung reinou no segmento de celulares intermediários no Brasil graças aos seus diferenciais na tela, câmeras e recursos extras, características que as concorrentes nunca conseguiram acompanhar.

Felizmente, a Realme trouxe ao Brasil o primeiro competidor à altura dos modelos mais potentes da linha Galaxy A, com tela Super AMOLED, câmeras de alta resolução e recursos impressionantes para a categoria, como o carregamento rápido de 65 W.

Embora o Galaxy A71 leve vantagem no conjunto fotográfico, no tamanho da tela e na bagagem, o Realme 7 Pro tem, sim, tudo para conquistar os brasileiros com o tempo, principalmente se manter essa promessa de preço baixo.

Realme 7 Pro: ficha técnica

  • Tela: 6,4 polegadas Super AMOLED, 60 Hz Full HD+;
  • Chipset: Snapdragon 720G;
  • Memória RAM: 6 ou 8 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB;
  • Câmera traseira: 64 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP;
  • Câmera frontal: 32 MP;
  • Dimensões: 160.9 x 74.3 x 8.7 mm;
  • Peso: 182 gramas;
  • Bateria: 4.500 mAh;
  • Extras: leitor de digitais na tela, NFC, carregamento rápido 65 W, 3.5 mm para fones;
  • Cores disponíveis: prata e azul;
  • Sistema operacional: Android 10.

Samsung Galaxy A71: ficha técnica

  • Tela: 6,7 polegadas Super AMOLED, 60 Hz Full HD+;
  • Chipset: Snapdragon 730;
  • Memória RAM: 6 GB;
  • Armazenamento interno: 128 GB;
  • Câmera traseira: 64 MP + 12 MP + 5 MP + 5 MP;
  • Câmera frontal: 32 MP;
  • Dimensões: 163.6 x 76 x 7.7 mm;
  • Peso: 179 gramas;
  • Bateria: 4.500 mAh;
  • Extras: leitor de digitais na tela, NFC, carregamento rápido de 25 W, 3,5 mm para fones;
  • Cores disponíveis: preto, prata, azul e rosa;
  • Sistema operacional: Android 10.

E para você? Qual dos dois leva a melhor? Conte-nos abaixo, no campo dos comentários.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.