Novas temporadas de Demolidor e Jessica Jones só virão em 2018

Por Redação | 28 de Julho de 2016 às 15h45
photo_camera Divulgação

Em cerca de dois meses, mais um super-herói do universo estendido da Marvel ganhará uma série própria na Netflix. Trata-se de Luke Cage, terceiro personagem que irá compor o grupo dos Defensores, que ganharão um seriado no ano que vem. Depois, será a vez do Punho de Ferro. E no que depender desse cronograma, as novas temporadas de Demolidor e Jessica Jones não vão chegar até 2018.

Durante o evento TCA, apresentação das emissoras para a Associação de Críticos Televisivos dos Estados Unidos, Ted Sarandos, chefe de conteúdo da empresa, confirmou que o serviço de streaming lançará apenas duas atrações dos estúdios Marvel por ano. Agora em 2015 tivemos a segunda temporada de Demolidor, que estreou em abril, e Luke Cage, que chega à plataforma em 30 de setembro e ganhou na semana passada seu primeiro trailer na San Diego Comic-Con.

Como dito anteriormente, em 2017 vamos acompanhar as estreias de Punho de Ferro e Os Defensores. Logo, os fãs terão de esperar pelo menos um ano e meio até os novos episódios do Homem Sem Medo e da investigadora. Segundo Sarandos, a ideia é "manter a qualidade dos programas" e, por esse motivo, a terceira temporada de Demolidor e a segunda de Jessica Jones só serão lançadas em 2018. O prazo é ainda maior para a série do Justiceiro, que só será disponibilizada depois - possivelmente em 2019.

Ao que tudo indica, o segundo ano de Jessica Jones chegará primeiro que a terceira temporada de Demolidor, uma vez que a série da heroína será filmada no início de 2017, simultaneamente ao seriado dos Defensores.

Sem Defensores nos cinemas

Outra notícia confirmada durante o TCA é que o grupo formado por Demolidor, Luke Cage, Punho de Ferro e Jessica Jones não será levado para o universo cinematográfico da Marvel - o que significa que um encontro entre os heróis e os Vingadores não vai acontecer.

"Definitivamente eles não vão para o cinema, pois as agendas não batem. Não tem como cruzar as histórias porque filmes demoram muito mais para serem desenvolvidos, enquanto as séries são mais rápidas", disse Jeph Loeb, chefe da Marvel para a TV. Ele ainda afirmou que os personagens estão conectados não apenas por causa de seus superpoderes, mas também pelas suas histórias. "A conectividade não pode ser apenas sobre a aparição deles na séries um do outro", completou.

Fontes: ScreenCrush, Comic Book