SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Nova HQ revela como Bruce Banner pode se separar do Hulk pra sempre

Por| 25 de Outubro de 2023 às 16h21

Link copiado!

Marvel Comics
Marvel Comics
Tudo sobre Marvel

Desde que The Incredible Hulk #1 chegou às bancas estadunidenses em maio de 1962, a cultura pop e o entretenimento viu um personagem de quadrinhos da Marvel Comics trazer para o século 20 e 21 os elementos que fizeram do clássico de horror O Médico e o Monstro, de Robert Louis Stevenson, publicado em 1885, em um sucesso infantojuvenil. Só que, em vez do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde, o dilema ficou preso no cientista Bruce Banner e seu alter-ego monstruoso, o Hulk.

Atenção para spoilers de The Incredible Hulk #5!

Só para atualizar quem não vem acompanhando as revistas do Hulk de perto, a fase Hulk Imortal, escrita por Al Ewing e desenhada pelo brasileiro Joe Bennet entre 2018 e 2021, reformulou a mitologia do Gigante Esmeralda, trazendo de volta elementos de horror, mais especificamente o terror cósmico.

Continua após a publicidade

Hulk Imortal revisitou todas as facetas do Hulk e atualizou as razões pelas quais Bruce Banner e o Gigante Esmeralda seguem conectados: resumidamente, a Casa das Ideias transformou o herói em uma força da natureza ligada às próprias fundações cósmicas do Universo Marvel. E, após um recente fase esquecível, o momento atual retoma o que Ewing e Bennet introduziram em um desenvolvimento ainda mais importante e sombrio para o personagem.

E, agora, a mais recente edição dessa nova fase mostra que Banner tem a chance de se separar em definitivo de seu alter-ego monstruoso — mas, claro, há um alto preço a ser pago por isso.

Como Banner pode se separar do Hulk?

Continua após a publicidade

Na nova fase do Hulk, que começou faz pouco tempo, a Marvel retomou o tom de terror/fantasia sombria, a partir de uma antiga criatura de maldade indescritível, a Mãe dos Horrores, que tem um interesse especial pelo Gigante Esmeralda. Como Banner e seu alter-ego podem ameaçar seus planos, para confrontá-lo, ela recruta alguns personagens monstruosos conhecidos, a exemplo do Motoqueiro Fantasma e da Harpia.

Pois bem, em The Incredible Hulk #5, lançado recentemente, após se encontrar com o Homem-Coisa no Nexus de Todas as Realidades, Bruce Banner revê sua ex-companheira, Betty Ross. Transformando-se em Harpia, ela diz a Bruce que está aqui em nome das entidades ancestrais conhecidas como “Anciões”, que reclamam o Hulk para si.

Betty revela a Bruce que o Hulk está “apagando-o” lentamente, e pergunta quantas transformações serão necessárias para que o Gigante Esmeralda assuma totalmente o controle. Antes de ir embora, ela diz que o Ancião está dando ao herói a chance de “desfazer todas as coisas terríveis” cometidas pelo cientista/monstro.

Continua após a publicidade

O conflito interno entre Banner e Hulk faz parte do personagem desde sua primeira aparição, em 1962. Vale destacar que ambos já foram separados e até coexistiram pacificamente no mesmo corpo anteriormente, mas sempre voltaram a brigar pelo controle de suas ações, seja na forma de cientista ou de monstro.

O fato de Betty ter revelado que o Hulk está lentamente eliminando Banner de seu interior, de forma que continuar existindo seja uma questão de tempo, traz um elemento interessante para essa questão. Ainda mais com uma nova chance de ambos se separarem completamente.

Já sabemos que Hulk, em sua forma definitiva, não passa de uma criatura monstruosa com uma mente infantil, apenas em busca de paz e diversão. E também temos noção de que, sem sua humanidade, o Gigante Esmeralda pode se tornar uma força da natureza capaz de destruir mundos. Mesmo que Banner aproveite a oportunidade, é improvável que ele permaneça separado — ainda assim, não deixa de ser uma novidade interessante.