Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Os melhores celulares acima de R$ 3.000 para comprar na Black Friday

Por| Editado por Léo Müller | 16 de Novembro de 2023 às 10h10

Link copiado!

Victor Lenze/Canaltech
Victor Lenze/Canaltech

Com a proximidade da Black Friday 2023, a compra de um smartphone novo nesse período promocional é o objetivo de muitas pessoas. Por isso, preparamos uma lista com os melhores celulares acima de R$ 3.000 que testamos ao longo do ano e que valerão a pena nas promoções do dia 24 de novembro.

Galaxy S23 Ultra

O Galaxy S23 Ultra é o melhor celular da Samsung para quem deseja trocar de aparelho na Black Friday. O smartphone tem um conjunto geral muito agradável, abrangendo usuários que querem um produto com foco em desempenho, fotografia e produtividade, graças a presença da S Pen embutida no produto.

Continua após a publicidade

Esse aparelho é comercializado no Brasil com o Snapdragon 8 Gen 2 by Galaxy, que é uma versão do chipset, desenvolvida pela Samsung em parceria com a Qualcomm. Com isso, o S23 Ultra proporciona ao seu público a performance superior aos concorrentes, garantindo ótima velocidade em jogos, tarefas do dia a dia e até mesmo para quem usa o celular para trabalhar.

O maior destaque do smartphone é o seu conjunto de 4 câmeras traseiras, que conseguem entregar mais nitidez em fotos noturnas. A câmera frontal de 12MP também está melhor para selfies, garantindo uma ótima opção para o uso em redes sociais.

Apesar de a bateria de 5.000 mAh do Galaxy S23 Ultra garantir até 26 horas de uso, seu carregador de 25 W faz a recarga demorar mais do que o necessário — se você quiser ir além e carregar o aparelho a 45 W, precisa comprar o carregador compatível separadamente. Entretanto, com o seu preço próximo aos R$ 6.500, as expectativas sobre ofertas dele são altas.

iPhone 13

O iPhone 13 é o celular custo-benefício da Apple, e a empresa tem conhecimento disso, tanto que não parou de fabricá-lo. O produto tem pouca diferença em design, quando comparado aos seus antecessores, mas é um “pequeno monstro” em hardware.

Continua após a publicidade

Sua tela OLED de 6,1 polegadas é adequada em qualidade e tamanho para quem prefere displays mais compactos. O desempenho entregue pelo A15 Bionic pode garantir ótima performance por anos. Além disso, o iOS ainda receberá mais quatro anos de atualização.

A Apple garante uma experiência em fotos e filmagem mais avançada para o aparelho menor. Seu conjunto fotográfico conta com dois sensores de 12 MP no verso. Para fotos diurnas e noturnas, o iPhone 13 é muito competente, assim como demonstramos em nossa análise completa.

Mesmo que a bateria do celular da Maçã tenha apenas 3.240 mAh, nossos testes garantem que o smartphone pode entregar mais de um dia de uso. Por isso, a compra do produto por qualquer valor abaixo do atual, que é de R$ 3.600, faz sentido.

Continua após a publicidade

Xiaomi 13 Pro

O Xiaomi 13 Pro é o celular topo de linha da chinesa para ninguém colocar defeitos, na medida do possível. O aparelho tem um design que lembra os flagships mais antigos da Samsung, mas entrega diversos diferenciais para a experiência de uso.

Sem dúvidas, a parte mais surpreendente desse celular da Xiaomi tem a ver com as câmeras. Ele tem três câmeras traseiras, desenvolvidas em parceria com a fabricante Leica, referência em fotografia. O sensor principal, ainda se destaca por ter 1 polegada, e isso proporciona fotos com texturas e nível de cores mais realista e nítidos.

Continua após a publicidade

Por mais que se trate de um modelo topo de linha, o Xiaomi 13 Pro consegue ter uma bateria de destaque. Conforme os nossos testes, o celular que custa mais de R$ 8 mil pode ter até 25 horas de autonomia, demonstrando o bom trabalho do Snapdragon 8 Gen 2 para otimizar a bateria do smartphone.

iPhone 15 Pro Max

Continua após a publicidade

O iPhone 15 Pro Max é o celular mais caro da lista, mas também é o que entrega mais evoluções para quem deseja comprar um aparelho da Apple. O aparelho traz a tão esperada conexão USB-C, mas no formato 3.2 Gen 2 para transferência rápida de arquivos.

Suas câmeras estão excelentes em diferentes condições de luz, pois a gigante de Cupertino lapidou o sensor principal de 48 MP. A lente periscópica de 120 mm é outro destaque, por proporcionar capturas muito próximas das executadas pelo hardware de câmeras profissionais.

Em relação ao desempenho, o processador Apple A17 Pro conseguiu evoluir consideravelmente, garantindo ótima velocidade para tudo. Para quem foca no uso a longo prazo, o 15 Pro Max pode receber atualização do iOS até 2029, e esse é um tempo agradável para justificar o gasto próximo aos R$ 8 mil.

Mesmo que a Apple tenha evoluído a bateria ao longo dos anos, os modelos da linha mais avançada sempre evoluem mais. Logo, o celular pode entregar até um dia de uso intenso antes de precisar ser recarregado.

Continua após a publicidade

Galaxy Z Flip 5

O Galaxy Z Flip 5 não é o dobrável mais avançado da empresa, mas é a opção ideal para comprar na Black Friday. Com o seu preço abaixo de R$ 4.500, o aparelho demonstra que essa pode ser a hora de investir em um foldable custo-benefício.

Continua após a publicidade

A grande evolução do Galaxy Z Flip 5 é a sua tela externa maior, pois agora tem 3,4 polegadas. Com isso, é possível acessar aplicativos sem precisar abrir o smartphone, otimizando a usabilidade.

Apesar de a bateria do Z Flip 5 não ter evoluído em relação ao seu antecessor, é interessante ver a autonomia que a Samsung conseguiu entregar nesse dobrável. Mesmo com a tela maior, as otimizações do Snapdragon 8 Gen 2 conseguiram fazer o aparelho se manter com até 15 horas de uso prático.