Review Redmi Buds 3 Pro | Fone Bluetooth com o melhor custo-benefício

Por Diego Sousa | Editado por Léo Müller | 18 de Janeiro de 2022 às 14h26
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

O Redmi Buds 3 Pro é o fone de ouvido Bluetooth com o melhor custo-benefício no mercado. Custando cerca de R$ 500, ele oferece cancelamento ativo de ruído, boa qualidade sonora e design chamativo. Confira neste review todos os pontos positivos e negativos do fone da Xiaomi.

Antes de começarmos, aviso sempre que, caso você se interesse pelo Redmi Buds 3 Pro ao final desta análise, deixarei links de compra confiáveis para você adquiri-lo. Vamos nessa?

Prós

  • Design
  • Qualidade sonora
  • Cancelamento de ruído
  • Estojo de carregamento
  • Preço

Contras

  • Bateria
  • Sem aplicativo dedicado
  • Alta latência em jogos

Construção e design

Apesar de visualmente parecer um produto totalmente novo, o Redmi Buds 3 Pro ainda respeita a identidade dos primeiros Redmi AirDots. Isso fica evidente no formato de pílula dos fones, dando uma boa sensação de nostalgia para os fãs da linha.

Ainda assim, houve algumas mudanças no projeto do Buds 3 Pro para justificar o "Pro" do nome. Embora ainda de plástico, ele traz um acabamento perolado na parte externa dos earbuds muito bonito.

Redmi Buds 3 Pro respeita o design da família, embora seja muito mais elegante (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

O modelo que testei veio em um branco gelo que apresenta uma área sensível ao toque quase prateada. Essa, inclusive, é a versão mais bonita na minha opinião, mas você pode encontrá-lo em preto, também bastante elegante.

Além do visual, as dimensões do Redmi Buds 3 Pro são um pouco maiores em relação às gerações passadas, o que é justificável pela adição de novas tecnologias e bateria de maior capacidade.

Nos ouvidos, no entanto, as 4,9 gramas de cada earbud são muito confortáveis e não passam nenhuma sensação de insegurança, seja durante o dia a dia no trabalho ou em atividades físicas, ainda mais por conta da sua proteção contra respingos d’água.

Assim como a maioria dos fones da categoria intermediária, o Buds 3 Pro também traz três ponteiras de silicone de tamanhos diferentes, para você encontrar o melhor encaixe e vedação do canal auditivo. Nos meus testes, utilizei as borrachinhas de tamanho M e não tive problemas.

Com relação ao estojo de carregamento, temos um design um tanto estranho num primeiro momento, mas que faz sentido. Ele lembra uma embalagem de TicTac, contudo oval, e sua construção achatada faz com que ele seja muito confortável no bolso.

Case de carregamento parece uma caixa de TicTac (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Por incrível que pareça, a case consegue ser leve mesmo com uma bateria relativamente grande e suporte a carregamento sem fio. O acessório ainda traz um conector USB-C para recarga e um botão de pareamento.

"O Redmi Buds 3 Pro tem um design interessante porque, ao mesmo tempo em que ele respeita a identidade visual da linha, também há elementos refinados que passam uma sensação de produto novo."

— Diego Sousa

Conectividade

Com Bluetooth 5.2, o Redmi Buds 3 Pro faz um ótimo trabalho em manter a conexão estável mesmo a uma boa distância do smartphone. Além disso, o primeiro contato foi extremamente simples e rápido, bastando tirar os fones da case para o celular identificá-los.

A tecnologia também promete baixa latência, mas, infelizmente, percebi exatamente o contrário. Em Subway Surfers, um jogo bastante rápido, o atraso sonoro foi prejudicial para a jogatina. Pelo menos, em vídeos no YouTube o Buds 3 Pro mandou bem.

Um recurso muito bem-vindo do Redmi Buds 3 Pro é a conexão multiponto, fazendo com que ele possa se conectar a dois gadgets simultaneamente — e alternar entre eles a qualquer momento. É um recurso muito similar ao encontrado no AirPods Pro, este que funciona somente entre dispositivos Apple.

Nos meus testes, consegui fazer essa comunicação entre um Galaxy S21 e um laptop Windows, mas vi que também funciona entre aparelhos da Maçã.

Infelizmente, o Redmi Buds 3 Pro, o modelo vendido no mercado global, não veio com aplicativo dedicado para configurar as suas funções. O software ficou restrito apenas ao modelo chinês, o AirDots 3 Pro, e não tem tradução para o português do Brasil. Portanto, fique ciente disso.

Ainda assim, as funções do Buds 3 Pro até que são de fácil acesso, embora eu tenha levado um tempo para me acostumar com algumas.

Por exemplo, para pausar uma música e atender chamadas, ele precisa de dois toques nos earbuds, enquanto muitos modelos necessitam apenas de um toque. Muitas vezes me peguei errando o comando até começar a acertar.

O cancelamento de ruído, por outro lado, pode ser ativado e desativado mantendo o fone pressionado por alguns segundos. Esse comando é mais comum entre outros fones de mesma categoria.

Qualidade de som e microfone

O Redmi Buds 3 Pro é mais um fone Bluetooth acessível que tenta agradar a todos os usuários com um perfil de som mais aberto, como o Edifier TWS1 Pro que testei recentemente.

Particularmente, não é uma característica que prezo num fone Bluetooth, pois prefiro graves mais encorpados. Entretanto, até que gostei da performance do Redmi Buds 3 Pro porque os tons mais baixos soam mais presentes que no TWS1 Pro.

Em “A Little Piece Of Heaven”, do Avenged Sevenfold, música mais voltada aos médios e agudos, mas que tem muito bumbo e efeitos mais graves, o Redmi Buds 3 Pro reproduz frequências equilibradas e batidas presentes, diferente do desempenho tímido do rival da Edifier.

O fone da Xiaomi também se saiu muito bem com “Reapers”, do Muse, em que notei uma guitarra de presença, vocais cristalinos e batidas encorpadas. Só o solo do baixo que poderia brilhar mais um pouco.

No synth pop foi o ritmo em que eu mais percebi o perfil aberto do Redmi Buds 3 Pro. “Infinity”, do cantor James Young, reproduz com clareza, porém as batidas e efeitos mais graves da canção soam muito tímidos com os sintetizadores mais altos.

Cancelamento de ruído

Embora o Redmi Buds 3 Pro seja um fone Bluetooth que transite entre as categorias de entrada e intermediário, sua tecnologia de cancelamento de ruído (ANC) até que é muito boa — e melhor, inclusive, que a do Beats Studio Buds, o qual também tive a oportunidade de testar.

Porém, calma, eu não acreditaria 100% nas comunicações da Xiaomi em relação ao produto sobre esse quesito. Por exemplo, seu ANC não filtra “o barulho do motor de avião e outros ruídos de vibração em cabine, como de metrô” completamente.

Ainda assim, pude andar numa das avenidas mais movimentadas da zona norte de São Paulo tranquilamente e com os ruídos dos veículos bem abafados, embora ainda conseguia ouvi-los ao fundo.

Em ambientes calmos, entretanto, o Redmi Buds 3 Pro mandou muito bem. No meu escritório, por exemplo, foi como se eu estivesse sozinho no mundo, pois não conseguia ouvir nada, como os latidos de cachorros na rua ou meus gatos bagunçando a sala.

Microfone

O microfone do Redmi Buds 3 Pro tem uma atuação satisfatória, mas nada de alto nível. No meu escritório, por exemplo, pude ter uma comunicação agradável nos padrões de fone Bluetooth, com uma compressão leve que deixa as vozes metálicas.

No entanto, em locais barulhentos como avenidas e academias, os ruídos tomaram conta, ofuscando completamente a voz — num áudio-teste do WhatsApp, por exemplo, mal consegui ouvir minha voz com tantos barulhos de veículos e pessoas na rua.

"O som do Redmi Buds 3 Pro é um pouco mais aberto, porém não tanto quanto o Edifier TWS1 Pro. Na prática, o fone Bluetooth traz médios e agudos cristalinos, além de graves um pouco mais encorpados."

— Diego Sousa

Bateria e carregamento

Na bateria, a Xiaomi promete até seis horas de reprodução de músicas com o volume em 50% e cancelamento de ruído desativado. Não há informações sobre a autonomia dos fones com a tecnologia ativada, porém tive resultados relativamente bons.

Num dos dias de teste, com o ANC ativado e volume em cerca de 60%, o Redmi Buds 3 Pro se manteve ligado por cerca de cinco horas, um resultado muito próximo do alcançado pelo Samsung Galaxy Buds 2, para comparação. A case dá até 28 horas extras de bateria aos fones.

Com relação ao carregamento, o Redmi Buds 3 Pro leva cerca de uma hora para recarregar completamente no estojo, um tempo até que rápido. A case, por sua vez, demora 2,5h para recarregar completamente através do conector USB-C.

Ficha técnica

  • Peso: 4,9 g por earbud / 55 g incluindo estojo de carregamento;
  • Conexão: USB-C;
  • Bateria: até 6 horas c/ ANC; até 32 horas com o estojo;
  • Bluetooth: 5.2;
  • Recursos extras: cancelamento de ruído ativo, carregamento sem fio, recarga rápida;
  • Certificação: resistente a respingos d'água por certificação IPX4;
  • Cores: preto e branco;
  • Conteúdo da caixa: fones, estojo de carregamento, manual, cabo USB-C e borrachinhas extras.

Concorrentes diretos

O Redmi Buds 3 Pro é um fone Bluetooth na faixa de R$ 500 que compete com modelos um pouco mais caros, como o Samsung Galaxy Buds 2.

O fone da Samsung tem um som mais agradável, pelo menos aos meus ouvidos, e ainda possui excelente integração com dispositivos da Samsung.

Galaxy Buds 2 é o melhor custo-benefício da Samsung (Imagem: Divulgação/Samsung)

Por outro lado, o cancelamento de ruído e a bateria são muito similares, portanto o principal critério de avaliação entre os dois seria a escolha do seu smartphone.

Se for Samsung, o Buds 2 é a melhor opção; se tiver outro modelo e não quiser gastar muito, compre o Redmi Buds 3 Pro.

Vale a pena comprar o Redmi Buds 3 Pro?

O Redmi Buds 3 Pro é, sem dúvida, um dos melhores custo-benefício do momento. Ele traz um design impecável e leal à linha, boa qualidade sonora, cancelamento de ruído agradável e bateria ok.

No Brasil o fone da Xiaomi pode custar R$ 500, um preço bom para o que ele entrega, porém um pouco alto se considerarmos os cerca de R$ 350 caso seja importado.

Apesar disso, eu ainda o recomendo se você quiser um ótimo conjunto sem precisar gastar mais de R$ 1.000 nos modelos mais caros.

Eu só não recomendo o Redmi Buds 3 Pro se você tiver um smartphone Samsung. Isso porque o Galaxy Buds 2, na minha opinião, funciona melhor com os dispositivos da sul-coreana e tem um som mais agradável.

E aí, gostou do Redmi Buds 3 Pro? Então aproveite o link abaixo e adquira-o com estoque no Brasil!