Review Galaxy Tab A7 Lite | Um tablet compacto de bom desempenho

Por Amanda Abreu | Editado por Léo Müller | 06 de Janeiro de 2022 às 10h40
Ivo Meneghel Jr/ Canaltech

O Galaxy Tab A7 Lite foi lançado em 2021 e é uma das opções da Samsung frente aos tablets compactos disponíveis no mercado. Com tela de 8,7 polegadas e versões de 32 GB / 3 GB ou 64 GB / 4 GB de espaço de armazenamento e memória RAM, ele é uma excelente opção para quem quer um dispositivo de boa qualidade sem pagar muito caro.

O painel, apesar de ser TFT, tem excelente imagem e garante a visualização dos conteúdos sem qualquer problema. O conjunto das lentes frontal e traseira, entretanto, poderiam ter sido melhor pensados pela fabricante, já que não entregam desempenho bom o suficiente.

Pude testar o Tab A7 Lite por dois dias seguidos e venho trazer a minha experiência de uso. Confira na nossa análise.

Preços do Samsung Galaxy Tab A7 Lite

Samsung Galaxy Tab A7 Lite (Imagem: Ivo/Canaltech)

Prós

  • Excelente autonomia de bateria
  • Tela compacta
  • Preço competitivo

Contras

  • O conjunto de lentes poderia ser melhor

Design e Construção

O Samsung Galaxy Tab A7 Lite é a versão compacta do seu irmão mais velho, o Galaxy Tab A7 10,4’’. Sua traseira e laterais são feitas de alumínio, com as pontas superior e inferior com acabamento em plástico fosco. Existem duas cores diferentes disponíveis no mercado brasileiro, sendo elas a Grafite e a Prata.

Ele é compacto e leve, já que sua tela tem 8,7 polegadas e o aparelho pesa 366 gramas (Wi-Fi) ou 371 gramas (versão LTE). Ele é pensado para ter design portátil e display imersivo, já que suas bordas não são tão grossas quanto as de outros concorrentes disponíveis no mercado. Seu preço aproximado é de R$ 900.

  • Dimensões: 212,5 x 124,7 x 8 mm;
  • Peso: 366 gramas (Wi-Fi); 371 gramas (LTE).

Já o posicionamento da câmera frontal e dos botões foi pensado para que o tablet seja utilizado na vertical. Ao todo, temos os seguintes botões e conectores:

  • Botão para aumento/diminuição de volume;
  • Botão de bloqueio/desbloqueio;
  • Entrada para um chip de operadora (versão LTE);
  • Entrada USB-C para carregamento/transferência de arquivos;
  • Entrada tipo P2 para fones de ouvido com fio.

Na traseira, temos um único sensor disponível, além de o logo da fabricante estar posicionado ao centro.

As configurações do Samsung Galaxy Tab A7 Lite são facilmente acessadas através do menu principal (Imagem: Ivo/Canaltech)

Tela

A tela do Samsung Galaxy Tab A7 Lite é focada para ser compacta e portátil, já que suas 8,7’’ cabem em praticamente qualquer bolsa, mesmo que pequena. Seu painel é TFT e tem ótima qualidade de imagem.

Inclusive, já disse em outras análises que uma das características mais fortes da marca é a excelente construção dos displays de todos os seus produtos, independente do tipo.

As cores e nitidez das imagens são perceptíveis logo no primeiro uso. Assim, assistir a vídeos e filmes pode ser uma tarefa bastante prazerosa através do dispositivo.

Considero os tablets bons companheiros para qualquer conteúdo multimídia. Mesmo os de tela menor suprem boa parte das necessidades de uso durante o dia.

Ela tem resolução 800 x 1340 pixels, com aproveitamento total de 81,1%. Seu brilho, quando utilizado no máximo, traz boa iluminação mesmo para ambientes externos. Eu sempre testo todos eles na rua enquanto a luz do sol ainda está presente, assim sempre verifico se ele dá conta do recado nesse parte.

A tela do Galaxy Tab A7 Lite é compacta e feita para quem prioriza portabilidade (Imagem: Ivo/Canaltech)

"O Samsung Galaxy Tab A7 Lite é compacto e pronto para quem prefere tablets menores e fáceis de serem levados na bolsa ou mochila."

— Amanda Abreu

Configuração e Desempenho

Existem duas versões do Samsung Galaxy Tab A7 Lite sendo vendidas aqui no Brasil. Uma com 32 GB de espaço de armazenamento e 3 GB de memória RAM, e a outra com 64 GB de espaço de armazenamento e 4 GB de memória RAM, sendo o último o modelo fornecido para a realização dos testes.

Posso afirmar que, para as atividades básicas e triviais, o A7 Lite tem configuração mais que suficiente para boa parte das tarefas. E apesar de não parecer, esse 1 GB a mais de memória RAM entre as versões faz uma grande diferença durante o uso, principalmente se não queremos ter a desagradável experiência de travamentos ou lentidão constante.

A plataforma usada é a Helio P22T, da MediaTek. E apesar de ser um chipset mais simples e com foco em tarefas menos pesadas, eu consegui rodar alguns jogos atuais nele sem grandes problemas.

Entre as duas versões do Galaxy Tab A7 Lite vendidas no Brasil, a de 64 GB de espaço de armazenamento e 4 GB de memória RAM oferece a melhor performance (Imagem: Ivo/Canaltech)

No Call of Duty: Mobile, por exemplo, pude perceber alguns poucos travamentos em partes específicas do mapa.

Contudo, mesmo o gráfico estando no “baixo”, não notei a imagem ficar borrada ou menos visível durante as partidas, algo que eu considero Positivo, principalmente ao lembrarmos que estamos falando de um dos títulos mais pesados da atualidade.

A tentativa de testes feito através do app “3D Mark”, infelizmente, não deu resultados. Faltavam alguns requisitos para que ele conseguisse ser executado no A7 Lite, e por esse motivo, não pude averiguar sua pontuação e média de FPS.

Câmera Traseira

As fotos tiradas com o sensor de 8 MP não tem grandes destaques ou qualidade superior a ser mencionada. Ela serve para registros simples, triviais e sem muito propósito, já que são percebidos muitos ruídos na imagem.

Elas ficam um pouco borradas e desfocadas, mesmo dedicando algum tipo de atenção durante a tarefa, demonstrando não ser um ponto forte do modelo.

Câmera Frontal

O sensor frontal consegue ser ainda pior que o traseiro, já que seus 2 MP sofrem para tirar as fotos. Mesmo estabilizando o tablet e ficando imóvel durante os registros, eles ainda saiam borrados, com as cores fora do tom correto e nitidez bem aquém do esperado.

O que posso dizer é que o Galaxy Tab A7 Lite deixou essa parte de lado, já que os tablets não costumam ser aparelhos focados para a captura de imagens.

"Os sensores frontal e traseiro são simples e suficientes para registros triviais e videochamadas. Logo, não espere grande qualidade de imagem."

— Amanda Abreu

Sistema de Som

O sistema de som do Tab A7 Lite é justo. Isso significa que ele não é o melhor e nem o pior que eu já tive a oportunidade de testar nesse quesito. Ele entrega graves não tão potentes, mas também não passa vergonha na tentativa.

As saídas de som — uma localizada na esquerda, e a outra, na direita — equilibram a experiência e a tornam bastante agradável.

Por ter duas saídas de áudio, ele também traz o efeito surround, muito útil em jogos de tiro em que a posição do inimigo pode ser facilmente percebida. As vozes e sons mais agudos também conseguem ser reproduzidos sem grandes problemas.

O que o usuário precisa ter em mente ao adquirir esse modelo é que a experiência de som será satisfatória, porém, sem grandes destaques.

Bateria e Carregamento

A bateria é um dos pontos altos do Tab A7 Lite, sem sombra de dúvidas. Utilizei ele como meu dispositivo principal durante um dia inteiro, em que as mensagens, roteiros e demais atividades estavam sendo realizadas através dele, majoritariamente.

Ao final do dia, percebi consumo de somente 50% do total. Esse número impressiona, principalmente se considerarmos que eu conseguiria utilizar o tablet por dois dias até que a bateria se esgotasse por completo.

Outro teste que sempre faço é através do streaming de vídeos. Nele, eu deixo o Netflix rodando alguns capítulos de séries ou um filme por três horas ininterruptas. Ao final, vejo qual o percentual de consumo durante esse período, assim consigo ter noção da autonomia nesse tipo de situação.

Foram usados somente 18% do total que o aparelho tinha de capacidade, comprovando quase 17 horas de uso nessas condições. Se você é o tipo de pessoa que precisa de um aparelho com excelente autonomia e pronto para ficar fora da tomada por um longo período, o Galaxy Tab A7 Lite é ideal para seu uso.

O padrão de carregamento do Samsung Galaxy Tab A7 Lite é tipo USB-C, majoritariamente utilizado nos dispositivos atuais (Imagem: Ivo/Canaltech)

Concorrentes Diretos

Começo esse tópico dizendo que, infelizmente, não existe nenhum concorrente justo para disputar o mesmo lugar da Samsung quando o assunto é tablet compacto. O que encontramos no mercado são aparelhos com configurações muito abaixo do necessário para os dias de hoje, e não faria muito sentido eu apresentar esse tipo de aparelho aqui.

Logo, como concorrente em desempenho eu considerei o Samsung Galaxy Tab A7 (2020). O chipset disponibilizado nesse modelo é o Snapdragon 662, de 11 nm. A tela tem 10,4’’ e é ideal para quem prefere esse tipo de dispositivo em tamanho maior.

Existem algumas versões lançadas mundialmente, mas a única que é oficialmente vendida no Brasil tem 64 GB de espaço de armazenamento e 3 GB de memória RAM. Concluindo, a bateria tem 7.040 mAh e garante muitas horas de uso ininterruptas.

É possível encontrar o Samsung Galaxy Tab A7 (2020) por R$ 1.300, aproximadamente.

Conclusão

Posso dizer que o Galaxy Tab A7 Lite é um tablet compacto com bom desempenho. Apesar de o chipset não ser feito para atividades mais complexas e exigentes, ele ainda dá conta do recado de boa parte dos apps e jogos disponibilizados nas lojas oficiais Play Store e App Store.

Minha experiência com o Call of Duty: Mobile foi boa, apesar de os gráficos estarem no nível baixo. Se você não é exigente com essa parte, isso certamente não é nenhum problema.

Samsung Galaxy Tab A7 Lite (Imagem: Ivo/Canaltech)

O único aconselhamento que dou é que, se existir a possibilidade, compre a versão com maior espaço de armazenamento e memória. Assim, a experiência fica melhor adequada.

A bateria também é excelente e feita para quem não quer ficar pendurado em uma tomada, já que sua autonomia é de quase 17 horas totais. Concluindo, o conjunto de lentes poderia ser melhor no geral, mas, ainda assim, são suficientes para registros triviais. Com certeza, o Galaxy Tab A7 Lite é uma boa escolha entre os tablets de menor tamanho.