Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Review Moto Buds+ | O fone de ouvido premium da Motorola

Por| Editado por Léo Müller | 26 de Abril de 2024 às 10h15

Link copiado!

Review Moto Buds+ | O fone de ouvido premium da Motorola
Review Moto Buds+ | O fone de ouvido premium da Motorola

O Moto Buds+ é o fone de ouvido Bluetooth premium da Motorola que chegou com os novos celulares Edge 50. Tunado pela gigante de áudio Bose, o produto promete som de qualidade e diferentes modos de cancelamento de ruído. Será que vala e pena? Descubra neste review completo!

Continua após a publicidade

Construção design

A Motorola lançou alguns modelos da família Moto Buds no Brasil, mas eles não se destacaram tanto. No entanto, o novo Moto Buds+ promete mudar isso com uma construção mais elegante e resistente.

Os fones são bem parecidos com o AirPods Pro da Apple, seja no formato intra-auricular como nas hastes mais compactas. Eles possuem certificação IP54, sendo resistente a respingos d’água e poeira.

Nos ouvidos, o Moto Buds+ é muito confortável, mas precisei trocar as borrachinhas pelo tamanho menor — foi a primeira vez que troquei esses acessórios em um fone de ouvido sem fio. Isso não foi um problema nos testes, no entanto.

A case é igualmente bonita e compacta. A versão que testamos no Canaltech veio na cor baunilha, fugindo um pouco dos tradicionais preto e branco. E ela tem certificação IPX2, também a respingos d’água, apenas.

Continua após a publicidade

Botões e conectividade

Os earbuds têm dois botões sensíveis ao toque que desempenham as mesmas funções dependendo da quantidade de toques. Elas podem ser definidas no aplicativo Moto Buds, disponível para Android e iOS.

  • Tocar duas vezes (E/D): reproduzir/pausar, avançar, voltar, aumentar o volume, diminuir o volume, nada;
  • Tocar três vezes (E/D): reproduzir/pausar, avançar, voltar;
  • Tocar e manter pressionado: controle de ruído, assistente de voz, nada.

Por falar no aplicativo Moto Buds, gostei que ele vem com a carinha da HelloUX, nova interface da Motorola. Nele, é possível escolher dentre alguns modos de equalização pré-definidos ou equalizar manualmente, definir os modos de cancelamento de ruído, e atualizar os fones.

Continua após a publicidade

Quanto à conectividade, o Moto Buds+ tem Bluetooth 5.3 com bastante estabilidade de conexão. A primeira conexão também foi bem fácil tanto com smartphone da Motorola como de outras marcas, surgindo um aviso pop-up assim apertamos o botão de pareamento.

Outro recurso interessante é a conexão dupla, que permite conectar a um segundo dispositivo sem precisar desconectar do primeiro.

Qualidade de som

Continua após a publicidade

Quando pensamos em Motorola, a última coisa que associamos é fone de ouvido. Talvez seja por isso que me surpreendi com a qualidade sonora do Moto Buds+, mesmo não sendo perfeito.

O Moto Buds+ é um fone de ouvido com uma pegada voltada para as frequências mais baixas. “bad guy”, da Billie Eilish, brilha aqui com batidas energéticas e um sub-grave — aquela região mais sentida do que ouvida — que pode soar até um pouco exagerado em alguns momentos. Mas eu gosto.

Já em “Tragic Kingdom”, da banda No Doubt, que tem um som bem mais alto, o vocal da cantora acaba soando estridente. Essa música é complicada porque são muitos instrumentos agudos ao mesmo tempo, e aí o médio acaba perdendo espaço.

Continua após a publicidade

No geral, o Moto Buds+ é superior ao Galaxy Buds FE da Samsung, sendo mais energético e cristalino, mas inferior ao Galaxy Buds 2 Pro e ao AirPods Pro 2, justamente pela falta de equilíbrio nas duas extremidades.

Cancelamento de ruído e transparência

A tecnologia de cancelamento de ruído do Moto Buds+ é bem completa. Você pode escolher o ANC adaptável, que ajusta o isolamento acústico conforme o som ambiente ou deixar o ANC sempre no máximo.

Continua após a publicidade

O cancelamento do ruído é muito bom: trabalhando em casa com o ANC no adaptável, não dá nem para ouvir o barulho das teclas do teclado mecânico, o que é ótimo. No transporte público ou na rua, você deve ouvir os sons mais agudos, mas ainda bem abafados.

Bateria e carregamento

O Moto Buds+ tem um total de 545 mAh de bateria, sendo 500 mAh do estojo e o restante dos earbuds. A duração total é de até 8 horas somente dos fones, mais 30 horas da case de carregamento. 

Continua após a publicidade

Nos nossos testes, com o fone no volume em 70% e ANC ligado, obtivemos cerca de 6 horas e 30 minutos. Já o carregamento pode ser feito por USB-C ou sem fio (wireless), demorando cerca de 1 hora.

Concorrentes diretos

Pelo preço sugerido de R$ 999, o Moto Buds+ concorre com o Galaxy Buds 2 Pro no segmento premium. O fone da Samsung já está há mais tempo no mercado, por isso já pode ser encontrado por menos de R$ 1.000, sendo um custo-benefício melhor.

Continua após a publicidade

O som do Buds 2 Pro é mais equilibrado, sem muito sub-grave nem estridência na voz. O ANC do fone da Samsung também é melhor, mesmo não tendo o modo adaptativo do Moto Buds+.

O Moto Buds+ vale a pena?

O Moto Buds+ vale a pena, mas precisa estar abaixo dos R$ 1.000 cobrados pela Motorola. Concorrentes na mesma categoria como o Galaxy Buds 2 Pro já têm um custo-benefício melhor.

Continua após a publicidade

Mas eu me surpreendi positivamente com o Moto Buds+. Ele coloca certamente a Motorola no radar do segmento de fones de ouvido Bluetooth. Só precisa estar cerca de R$ 300 mais barato para justificar a sua compra.

No momento em que este review foi ao ar, o Moto Buds+ ainda não estava à venda. Atualizaremos o review assim que as vendas iniciarem.