Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Novos notebooks LG Gram 2023 trazem telas OLED da Samsung

Por| Editado por Wallace Moté | 27 de Janeiro de 2023 às 16h25

Link copiado!

Divulgação/LG
Divulgação/LG
Tudo sobre Samsung

Segundo fontes do portal sul-coreano The Elec, os novos notebooks da linha Gram 2023 da LG utilizarão painéis OLED rígidos fabricados pela Samsung. Essa é a primeira vez que as rivais estabelecem um contrato de compra desse tipo de tela, em virtude de limitações nas linhas de produção da LG Display, divisão de fabricação de displays da marca cuja maior parte das fábricas é especializada em OLED flexível.

Entre as várias novidades que apresentou na CES 2023, duas das que mais chamaram atenção foram os notebooks LG Gram Ultraslim e LG Gram Style. Enquanto o primeiro se destaca pela espessura e peso extremamente baixos, de apenas 10,9 mm e 1 kg, o segundo adota uma mudança radical de design que lembra o visual implementado pela Dell com o XPS 13 Plus, trazendo teclado espaçoso e um trackpad "invisível", com motores para simular os cliques.

Ambos têm uma característica em comum: o uso de telas OLED, tecnologia inédita na família de laptops da marca. De acordo com o The Elec, esses painéis são uma escolha curiosa por serem fabricados pela Samsung Display. A LG possui sua própria divisão de telas, mas ao que parece, limitações nas linhas de produção obrigaram a empresa a negociar com a unidade de painéis da principal concorrente.

Continua após a publicidade

Em termos de construção, há duas variantes de OLED: o rígido, integrado a um substrato de vidro, mais difícil de ser instalado, mas mais resistente; e o flexível, aplicado em um substrato de polímero plástico, de fácil instalação, mas de menor durabilidade. Para os notebooks, a melhor escolha seria utilizar os painéis rígidos, considerando o quão expostos esses componentes ficam.

Ainda de acordo com as informações, apesar de possuir a tecnologia para produzir as telas rígidas, a LG Display tem no momento a maior parte da produção focada no formato flexível. A fabricante teria capacidade de reorganizar algumas das linhas fabris para atender a essa demanda, mas isso poderia afetar o atendimento a outras clientes de peso, como a Apple, que usa o OLED flexível para o iPhone e Apple Watch.

Diante dessa situação, a gigante teria optado por estabelecer um contrato com a Samsung Display, que possui oferta suficiente para atender aos notebooks da LG, por já trabalhar com outras fabricantes, como a ASUS e a MSI.

Conforme apontam os materiais de divulgação, os novos LG Gram empregam telas com 100% de cobertura da gama DCI-P3, atingindo altíssima precisão de cores, contraste de 100.000:1 e brilho típico de 400 nits. Um aspecto interessante é que essas telas podem ser as mesmas que a Samsung Electronics, a divisão de dispositivos da concorrente, deve empregar na família Galaxy Book 3, esperada para chegar ao mercado já na próxima semana.

Fonte: SamMobile