Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

CES 2023 | ASUS renova linha ROG Strix com novos chips e tela Nebula Display

Por| Editado por Wallace Moté | 03 de Janeiro de 2023 às 16h00

Link copiado!

Reprodução/ASUS
Reprodução/ASUS
Tudo sobre ASUS

Durante conferência na CES 2023, a ASUS apresentou inúmeras novidades para o público gamer, incluindo uma atualização completa para a família ROG Strix e um novo desktop compacto. Os dispositivos chegam recheados de novidades, com destaque para as nova gerações de CPU e GPU de AMD, Nvidia e Intel, com configuração máxima de desempenho, sistema de refrigeração mais robusto e as inéditas telas Nebula Display, com processamento de imagem dedicado.

ROG Strix Scar traz tela Mini LED de 240 Hz

Dois dos modelos mais avançados da família para 2023, o ASUS ROG Strix Scar 16 e Scar 18 vêm equipados com os novos processadores Intel Raptor Lake-HX de 13ª geração, com consumo base de 65 W, e as inéditas GPUs Nvidia GeForce RTX 4000 mobile até a RTX 4090, configuradas para operar no consumo máximo, de 175 W.

Continua após a publicidade

Para garantir que o conjunto entregue desempenho com temperaturas controladas, a ASUS implementou metal líquido na CPU e GPU, acompanhado de um sistema robusto com 7 heatpipes e 3 ventoinhas.

Ambos os aparelhos trazem MUX Switch, o chip que possibilita a desativação da GPU integrada para que a tela do notebook tenha acesso direto aos gráficos dedicados, apresentando melhor desempenho, assim como o Nvidia Advanced Optimus, que permite a troca rápida da placa de vídeo sem ser necessário reiniciar o sistema. Complementam o processamento até 64 GB de RAM DDR5-4800 e até 4 TB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0, configurado em RAID 0 de 2 TB + 2 TB.

Apesar dos componentes estreantes de Intel e Nvidia, quem realmente chama atenção nos lançamentos é o display, com a chegada da família de telas Nebula Display.

A tecnologia é composta por duas partes: software com o Nebula HDR Engine, que ajusta com maior precisão as cores e a retroiluminação do painel para entregar melhores resultados; e o hardware, com telas LCD em versões Nebula Display padrão e Nebula Display HDR, equipado com Mini LED.

Os avanços aposentaram ainda a proporção 16:9, que deu lugar à mais ampla 16:10, além da tela de 15,6 polegadas, substituída por padrão para 16 polegadas. Essa melhoria, em específico, também permitiu o retorno do enorme painel de 18 polegadas, utilizado pela última vez em notebooks gamer há quase 10 anos. No caso dos novos Strix Scar 16 e 18, com 16 e 18 polegadas respectivamente, foi empregada a variante Nebula Display HDR.

Assim sendo, os aparelhos trazem resolução Quad HD, taxa de atualização de 240 Hz e tempo de resposta de 3 ms. Há ainda HDR com Dolby Vision, pico de brilho de 1.100 nits, 100% de cobertura da gama de cores DCI-P3 e taxa de atualização variável (VRR) com Nvidia G-Sync, para eliminar a quebra de quadros. A ASUS não detalhou quais seriam elas, mas haverá opções mais básicas de tela disponíveis.

Continua após a publicidade

Completando a ficha técnica já conhecida, os novos Strix Scar 16 e 18 são embarcados com porta Thunderbolt 4 (40 Gbps), conectividade Wi-Fi 6E, som robusto com Dolby Atmos, iluminação RGB configurável no teclado e faixas de LED frontal e traseira, além das tampas customizáveis na região logo acima dos exaustores.

Fora isso, a bateria de 90 Wh suporta carregamento rápido e possibilita a recarga via USB-C, com cabos no padrão 2.1 — os modelos figuram entre os primeiros notebooks gamer do mercado a suportar essa funcionalidade.

ROG Strix G é opção mais acessível com Intel

Integrantes mais acessíveis da linha, os novos ROG Strix G16 e G18 trazem especificações similares aos irmãos da série Scar, mas com alguns cortes para reduzir o preço. Ambos chegam equipados com processadores Intel Raptor Lake-HX de 13ª geração, com até 24 núcleos e 32 threads e consumo base de 65 W, junto das novas GeForce RTX 4000 até a RTX 4090, em configuração de 175 W, e das funções MUX Switch e Advanced Optimus.

Continua após a publicidade

O uso de metal líquido para acelerar a dissipação de calor e o sistema robusto de refrigeração com 7 heatpipes e 3 ventoinhas também estão presentes, mas houve reduções nas configurações de memória: o G16 e o G18 podem ser configurados com "apenas" 32 GB de RAM DDR5-4800 e 2 TB de armazenamento SSD M.2 NVMe PCIe 4.0, com um segundo slot M.2 disponível para upgrades.

A tela, de 16 polegadas no G16 e de 18 polegadas no G18, é o departamento que mais foi modificado, adotando o Nebula Display básico, com painel IPS LCD tradicional. Mesmo assim, as características são avançadas, e incluem proporção 16:10, resolução Quad HD, taxa de atualização de 240 Hz, tempo de resposta de 3 ms, brilho de até 500 nits e VRR com Nvidia G-Sync. Similar à série Scar, outras opções mais simples estarão disponíveis.

No mais, os dispositivos contam com Wi-Fi 6E, som encorpado com Dolby Atmos, conexão Thunderbolt 4, bateria de 90 Wh com suporte a carregamento via USB-C e duas opções de cores, para compensar a ausência das placas customizáveis utilizadas nos notebooks mais premium.

Continua após a publicidade

ROG Strix Scar 17 e G17 apostam em CPUs AMD

Complementando ambas as séries, a ASUS anunciou ainda o Strix Scar 17 e o Strix G17, cujo maior diferencial é a aposta nos novos processadores AMD Ryzen 7000 Dragon Range. Similares aos componentes da série Raptor Lake-HX da Intel, as CPUs Dragon Range trazem hardware direto dos desktops para os notebooks, prometendo desempenho quase idêntico. Os dois lançamentos podem ser configurados com chips até o Ryzen 9, junto de até 64 GB de RAM DDR5-4800 e até 2 TB de SSD PCIe 4.0.

O processamento gráfico fica a cargo das GPUs Nvidia GeForce RTX 4000 até a RTX 4090, com consumo máximo de 175 W. Curiosamente, em comparação aos modelos com Intel, há alguns downgrades, começando pela refrigeração. Ainda que haja metal líquido, o material é aplicado apenas na CPU. Em compensação, no caso do Scar 17, há o uso de câmara de vapor para turbinar a dissipação de calor.

Continua após a publicidade

Também não há painéis Nebula Display por aqui — tanto o Scar 17 quanto o G17 adotam telas de 17 polegadas comuns, com resolução Quad HD, taxa de atualização de 240 Hz e tempo de resposta de 3 ms. Há HDR com Dolby Vision, bem como VRR com G-Sync no Scar 17, e o padrão aberto Adaptive Sync no G17. Garantindo o máximo de desempenho, o MUX Switch está presente, bem como o Advanced Optimus.

Poucos detalhes do restante da ficha técnica dos modelos foram divulgados, mas sabe-se que as novidades contarão ainda com Wi-Fi 6E, iluminação RGB configurável na tampa, na faixa de LED frontal e no teclado, e bateria de 90 Wh com carregamento rápido e compatibilidade com recarga via USB-C.

ROG G22CH traz novos chips e design renovado

Continua após a publicidade

Além dos notebooks, a ASUS também apresentou a nova geração do seu desktop compacto de 10 litros, o ROG G22CH. A máquina estreia com um visual renovado mais sóbrio, com dimensões significativamente menores em comparação ao antecessor (323 x 286 x 115 mm, contra 372 x 366 x 130 mm) e design pensado para facilitar o acesso dos usuários aos componentes internos.

Totalmente feito em metal, o gabinete traz iluminação RGB configurável, opções de resfriamento a ar ou líquido e dois painéis laterais: um em metal e outro em vidro, para permitir visualização da região interna. Além disso, o G22CH vem equipado com processadores Intel Raptor Lake de 13ª geração até o Core i9 13900KF, até 64 GB de RAM DDR5-4800 e GPUs Nvidia GeForce RTX 4000, de modelos ainda não detalhados.

Outros destaques incluem suporte a tecnologia Dolby Atmos, processamento de áudio com cancelamento de ruído via IA e conectividade Wi-Fi 6E. Todos os produtos apresentados pela ASUS na CES 2023 terão detalhes de preço e disponibilidade revelados apenas nos próximos meses.