15 dicas para deixar seu iPhone antigo mais rápido

15 dicas para deixar seu iPhone antigo mais rápido

Por Lucas Wetten | Editado por Bruno Salutes | 31 de Janeiro de 2022 às 11h55
Foto: James Lewis (Unsplash)

Os dispositivos da Apple carregam a justa fama de serem confiáveis, com excelente desempenho e longa durabilidade. No entanto, assim como todo aparelho eletrônico que detém memória, processador e armazenamento, o iPhone também passa por problemas ocasionais derivados de bugs no software ou pelo peso do tempo, não sendo incomum apresentar travamentos e engasgadas.

A boa notícia é que algumas das dificuldades que o usuário possa vir a enfrentar com um iPhone mais antigo podem ser facilmente solucionadas com dicas simples, deixando-o mais otimizado, com mais fluidez e menos tropeços.

Descubra abaixo 15 super dicas que podem te ajudar a obter um melhor funcionamento em seu iPhone antigo:

1. Reinicie o seu aparelho

Você lembra da última vez que reiniciou o seu iPhone? Apesar de ser uma tarefa simples, reiniciar o sistema devolve o "fôlego" do aparelho, liberando recursos que ficaram travados e apagando caches temporários resultantes do uso do sistema.

Crie uma rotina para ocasionalmente desligar e ligar o seu smartphone e veja como esta simples solução pode reestabelecer a normalidade do seu desempenho. Esta dica é bastante válida para muitos dispositivos eletrônicos que utilizamos diariamente.

2. Atualize o sistema iOS

As atualizações do iOS são bastante importantes para reforçar a segurança do aparelho, inserir novos recursos e melhorar a estabilidade. Por este motivo, é altamente recomendável deixar o seu iPhone sempre atualizado na última versão compatível do sistema operacional. Caso você não se lembre de procurar por novas atualizações, deixe ativado o recurso de "Atualizações Automáticas".

Mantenha o seu iPhone sempre com o sistema iOS atualizado (Captura de tela: Lucas Wetten)

3. Feche apps abertos em multitarefa

A Apple já declarou e esclareceu aos seus usuários que não é necessário fechar os aplicativos que estão abertos na janela de multitarefa. Entretanto, algumas funções de apps, como a localização por GPS, continuam funcionando por um tempo até que sejam totalmente "congelados" em segundo plano, o que ocasiona eventuais lentidões no sistema e influencia diretamente no consumo da bateria do seu iPhone.

Sendo assim, é recomendável periodicamente fechar os aplicativos que estão abertos em segundo plano em seu dispositivo. Para fazer isto, acesse o "Seletor de Apps", pressionando duas vezes o botão Home no iPhone 8 e gerações anteriores, ou arrastando a tela com o dedo de baixo até o meio da tela no iPhone X e gerações posteriores, e feche-os "jogando-os para cima.

Feche os aplicativos abertos em multitarefa no seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

4. Limpe o cache do Safari

As informações em cache são importantes para acelerar o carregamento de sites pelo Safari. Porém, com o passar do tempo, eles podem se acumular e o excesso de informações acabam ocupando um espaço considerável na memória de armazenamento do seu iPhone.

Para liberar espaço, abra os Ajustes do seu dispositivo e entre em "Safari". Depois, role a tela para baixo e selecione "Limpar Histórico e Dados dos Sites". Confirme a ação, clicando em "Limpar Tudo".

Note que, após realizar esta ação, os sites deverão demorar um pouco mais para carregar no navegador. Você perderá também as sugestões de sites que mais visita e pode ser que seja necessário refazer logins e preferências em determinados sites.

Limpe todo o cache e dados dos sites do Safari em seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

5. Apague apps desnecessários

Caso você costume baixar vários aplicativos e, depois de um tempo, esquecer que eles existem, o acúmulo pode consumir bastante espaço de armazenamento e memória RAM do seu iPhone. Por isto, uma solução prática é passar um pente fino na tela inicial do aparelho e apagar todos os apps que você não usa.

Para fazer isto, pressione o toque em qualquer área da tela inicial do seu aparelho e, depois, clique no ícone de "-", localizado junto aos ícones de cada app instalado. Por fim, selecione a opção "Apagar App".

Apague aplicativos desnecessários instalados em seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

6. Desinstale apps automaticamente sem apagá-los

Pegando gancho na dica acima, é natural que não tenhamos tempo de fazer isto sempre, ou nem sequer de lembrar de praticar esta ação. Sendo assim, existe uma funcionalidade do iOS que pode ajudar bastante.

Nos Ajustes do seu iPhone, entre em "App Store" e ative a opção de "Desinstalar Apps Não Usados". Com este recurso ativado, para cada app que você instalou e está há muito tempo sem utilizá-lo, a ferramenta vai automaticamente desinstalá-lo do seu aparelho, mas sem deletá-lo. Ou seja, ele estará disponível para ser baixado a qualquer momento na tela inicial quando você precisá-lo, com todos os dados salvos.

Desinstale apps não usados de forma automática em seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

7. Libere espaço de armazenamento interno

Lentidões em aparelhos eletrônicos podem estar relacionados com a falta de espaço de armazenamento interno. Para o iPhone, é recomendável que se mantenha, pelo menos, em torno de 10 GB de espaço livre para que o sistema garanta o desempenho máximo.

Para saber como anda o armazenamento do smartphone, entre nos Ajustes do seu dispositivo, toque em "Geral", e vá em "Armazenamento do iPhone". Espere alguns minutos para terminar a leitura completa e verifique quais os aplicativos que consomem mais espaço em seu aparelho.

Libere espaço de armazenamento interno em seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

8. Suba suas fotos e vídeos na nuvem

Um dos grandes vilões de espaço interno são as fotos, imagens e vídeos que ficam guardadas no app Fotos. Uma das maneiras mais simples de liberar espaço no aplicativo é optar por um plano de armazenamento em nuvem do iCloud.

Planos de assinatura mensal do serviço de nuvem da Apple custam entre R$ 3,50 (para 50 GB) até R$ 34,90 (para 2 TB). Para escolher um plano, abra os Ajustes do seu iPhone, entre no seu ID Apple, toque em "iCloud" e selecione "Gerenciar Armazenamento".

Caso queira, escolha e assine um plano do iCloud compatível com suas necessidades (Captura de tela: Lucas Wetten)

Caso não queira optar por assinar o iCloud, você pode utilizar outros serviços, como o Dropbox, Google Drive, Google Fotos, ou transferir as suas mídias para o seu próprio Mac ou PC, através do iTunes. Após importá-las, basta excluir todas as que estão no iPhone e você terá de volta mais espaço interno de armazenamento.

9. Limpe as mídias acumuladas no WhatsApp

Todas as imagens, vídeos, áudios e documentos baixados no WhatsApp ficam armazenadas no dispositivo e só podem ser apagados se você exclui-los manualmente. É bastante recomendável criar uma rotina de exclusão destes arquivos, visto que, a medida que você os acumula com o uso do aplicativo no dia a dia, eles vão silenciosamente ocupando muito espaço de armazenamento do seu aparelho.

Verifique o espaço interno armazenado, salve o que for do seu interesse e exclua o que não for mais necessário manter. Para isto, abra o WhatsApp, vá em "Configurações", entre em "Armazenamento e dados" e selecione para "Gerenciar armazenamento". Gerencie os arquivos acumulados, seja pelos itens que o próprio app considera demasiadamente pesados ou explorando conversas e grupos.

Crie uma rotina de exclusão dos arquivos baixados e acumulados no WhatsApp do seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

10. Apague músicas baixadas

Se você costuma fazer o download de álbuns e playlists em serviços de streaming de músicas, como o Apple Music e o Spotify, para ouvi-las no modo offline no seu iPhone, é recomendado apagá-las do seu aparelho como uma outra alternativa para o caso do espaço de armazenamento estar próximo do limite de uso.

Apague playlists e álbuns baixados dos apps de música que você usa em seu iPhone (Captura de tela: Victor Carvalho)

11. Desative as atualizações em 2º plano

O recurso de "Atualizações em 2° Plano" mantém aplicativos rodando silenciosamente para manter o bom desempenho do recurso de multitarefa. Assim, quando você abre novamente um aplicativo em segundo plano, ele continuará rodando como se já estivesse aberto antes.

Não é preciso dizer que além de consumir memória RAM, as atualizações em segundo plano também consomem dados do seu pacote de internet, no caso de redes móveis, e a bateria do seu iPhone. Para gerenciar este recurso, abra os Ajustes, vá em "Geral" e selecione "Atualizações em 2° Plano".

Nesta tela, você ainda pode tocar novamente em "Atualizações em 2° Plano" para escolher se o recurso deve funcionar apenas com conexões Wi-Fi ou também com o consumo de dados celulares. Ou então, desativá-lo de vez para ter um ganho a mais de desempenho do sistema e da bateria.

Gerencie o recurso de Atualizações em 2º Plano do seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

12. Reduza os movimentos de animação

Os gráficos de animação do iPhone são bastante sofisticadas e causam uma impressão de fluidez ao abrir pastas e aplicativos do iOS. Porém, esse tipo de funcionalidade força o processador e a GPU do aparelho, e você pode sentir uma melhora considerável de desempenho e consumo da bateria ao desativá-lo do sistema.

Para fazer isto, abra os Ajustes do seu iPhone, entre em "Acessibilidade" e, depois, em "Movimento". Na tela seguinte, selecione a opção de "Reduzir Movimento". Abaixo, poderá aparecer a opção "Preferir Cross-Fade" para reduzir também os movimentos nos controles da interface.

Reduza os movimentos de animação no uso do seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

13. Reduza a transparência

Ainda na linha de melhorar a performance do seu iPhone diminuindo características visuais que pesam no desempenho do sistema, também na seção de "Acessibilidade", entre em "Tela e Tamanho do Texto". Nesta tela, ative a opção "Reduzir Transparência". Este recurso melhora o contraste dos conteúdos exibidos na tela, reduzindo a transparência e o desfoque e aprimorando a legibilidade na tela do seu aparelho.

Reduza a transparência dos conteúdos exibidos no seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

14. Verifique como anda a saúde da bateria

Para prolongar a vida útil de iPhones mais antigos, a Apple decidiu reduzir a performance do aparelho conforme a bateria estivesse mostrando sinais avançados de degradação. Porém, tomar essa atitude sem aviso prévio pegou muitos usuários de surpresa, forçando a empresa da maçã a ser mais transparente com seus clientes e criando uma seção dedicada a mensurar a saúde da bateria do iPhone.

Para verificar o estado da bateria do seu aparelho, entre nos Ajustes, vá em "Bateria" e depois clique em "Saúde da Bateria". Caso esteja em um nível muito alto de desgaste, o iOS avisará que o desempenho do aparelho está comprometido e é necessário realizar a manutenção do componente de energia. Se for este o seu caso, entre em contato imediatamente com o Suporte Técnico da Apple.

Vale ressaltar que estando acima de 80%, a saúde da bateria ainda está ótima. Já entre 70 e 80%, é bom ficar atento em relação ao desempenho do aparelho. Abaixo de 70%, provavelmente o desgaste não permite mais que o seu iPhone dure muito tempo ligado e é altamente recomendável a troca da bateria do aparelho.

Verifique como anda a saúde da bateria do seu iPhone (Captura de tela: Lucas Wetten)

15. Redefina o iPhone aos ajustes de fábrica

Por fim, uma dica final para ser usada apenas em último caso. Apagar todo o conteúdo e restaurar o sistema do iPhone aos padrões de fábrica é uma medida extrema, porém necessária em situações que nenhum caminho conseguiu devolver o desempenho desejado ao seu aparelho.

Antes de mais nada, realize um backup no dispositivo para garantir que todos os seus dados serão salvos. Isto pode ser realizado pelo iTunes, no PC, em um Mac ou pelo serviço em nuvem do iCloud.

Para restaurar o seu iPhone aos ajustes de fábrica, abra os Ajustes e entre em "Geral". Desça toda a tela e clique em "Transferir ou Redefinir o iPhone. Na tela seguinte, selecione a opção "Apagar Conteúdo e Ajustes" e siga os passos indicados na tela.

Caso veja necessidade, redefina o seu iPhone aos ajustes de fábrica (Captura de tela: Lucas Wetten)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.