Mulheres Históricas: Susan Kare revolucionou o desgin gráfico nos computadores

Por Patrícia Gnipper | 11 de Agosto de 2016 às 22h25
photo_camera Helen Tseng

A interface gráfica dos sistemas operacionais da Apple é, desde o primeiro Mac OS até os dias atuais, um dos maiores charmes dos sistemas da Maçã. Constantemente a companhia formada por Steve Jobs vê o design de seus softwares sendo copiados pela concorrência, mas o que nem todo mundo sabe é que a interface de uma das primeiras versões do Mac OS para o Macintosh (cujo sucesso permitiu a evolução do design gráfico do sistema operacional) foi concebida por uma mulher chamada Susan Kare.

Susan Kare

Susan Kare (Reprodução: Divulgação)

Ilustradora, pintora e designer gráfica, Kare começou a trabalhar na Apple em 1983 e lá concebeu as primeiras fontes, ícones, imagens e material de marketing para o Mac OS de 1984. No ano seguinte, quando Jobs desligou-se de sua companhia, a designer o acompanhou e foi uma das primeiras funcionárias da NeXT - onde Kare desenvolveu a interface gráfica NexTStep, que, apesar do fracasso dos computadores da marca, ficou famosa por sua facilidade de uso e beleza.

Da arte tradicional à “pixel art”

Nascida no estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos, em 1954, Susan Kare graduou-se no ensino médio em 1971, especializando-se em artes em 1975 e conseguindo seu Ph.D em 1978. Depois, mudou-se para a cidade de São Francisco, onde trabalhou em um museu.

O trabalho com arte no sentido mais clássico da palavra não durou muito: logo depois, no comecinho dos anos 1980, Kare foi chamada para trabalhar na Apple graças a um colega de escola que já estava trabalhando companhia então comandada por Steve Jobs. Como membro da equipe de design do Macintosh, Kare foi responsável pela criação da interface gráfica e das fontes do sistema operacional, sendo promovida na sequência como Diretora de Criação na Apple.

Susan Kare

Interface criada por Kare para o Macintosh (Reprodução: Divulgação)

Nessa função, a designer desenvolveu diversos tipos de fonte, ícones e criou até mesmo materiais de marketing para a campanha do Macintosh original, e algumas ferramentas que usamos até hoje em softwares de design e tratamento de imagens têm seus ícones com origem nas criações de Susan Kare. Por exemplo, os ícones da ferramenta de seleção de área em formato de laço, da ferramenta com a “mãozinha”, da lata de lixo, e do balde de tinta para pintar áreas selecionadas, foram originalmente concebidos por Kare e os softwares gráficos seguem usando desenhos de um laço, de uma mão, de uma latinha de lixo e de um balde de tinta até hoje.

Susan Kare

Alguns dos diversos ícones concebidos por Susan Kare para a Apple (Reprodução: Susan Kare)

Veja Susan comentando sobre a inovação gráfica dos computadores pessoais, com foco (claro) no Macintosh (vídeo em inglês):

Pioneira da “pixel art”, a designer foi responsável ainda pela criação da família de fontes “Chicago”, que se tornou característica dos sistemas e dispositivos da Maçã, tendo sido usada desde o Mac OS clássico até a terceira geração do iPod. Kare também concebeu as fontes “Geneva” e “Monaco”, além de ter criado a “Happy Mac” – a carinha feliz do Mac OS que aparecia na tela durante a inicialização do sistema e deu as boas-vindas aos usuários por 18 anos, até o Mac OS X 10.2, quando foi substituída pelo logo acinzentado da Apple. Ah, também é criação de Susan Kare o ícone do botão “Command” dos teclados Apple, usado até hoje e sem previsão de ser substituído por outra imagem.

Susan Kare

Uma família de fontes desenvolvida por Kare nos tempos da Maçã (Reprodução: Divulgação)

Depois da Apple, a NeXT

Saindo da Apple em 1985, depois de deixar sua marca no universo do design gráfico e nas interfaces de computador, Kare foi uma das primeiras funcionárias da NeXT, também conhecida como NeXT Computer, que foi criada por Steve Jobs em 1985 após sua saída da empresa que fundou. A NeXT desenvolveu um sistema operacional próprio (o NeXTStep), cujo lançamento aconteceu em 1988. Os computadores da nova companhia não foram um sucesso de vendas e acabaram saindo de linha, mas o NeXTStep se destacou por conta de sua interface gráfica (desenvolvida por Kare) fácil de usar e visualmente atraente.

Susan Kare

Susan Kare como Diretora de Criação da NeXT ao lado do Vice-presidente de Vendas e Marketing Dan'l Lewin (Reprodução: Divulgação)

Enquanto trabalhava na NeXT, Kare também atuava como designer gráfica independente, tendo participado de projetos em companhias como a Microsoft e a IBM. Na empresa de Bill Gates, a designer elaborou o desenho das cartas do jogo no estilo de “Paciência” do Windows 3.0, também criando vários ícones e elementos gráficos desta versão do sistema operacional dos PCs. Um deles foi o ícone do Bloco de Notas, além de vários programas do Painel de Controle, que, mesmo sofrendo alterações nas atualizações subsequentes do sistema operacional, mantiveram o conceito original elaborado por Kare até 2001, quando o Windows XP surgiu renovando radicalmente o visual do sistema.

Susan Kare

A interface do jogo de cartas que Kare criou para o Windows 3.0 (Reprodução: Divulgação)

Em 1993, a NeXT fez um acordo com a Sun para levar o sistema operacional a outras plataformas e, com isso, nasceu a API OpenStep para levar o ambiente gráfico desenvolvido por Kare a outras plataformas. Três anos depois, a NeXT, ainda sob o comando de Jobs, foi comprada pela Apple, que, por sua vez, desejava usar o NeXTStep como base para seu novo sistema operacional que estava em desenvolvimento (o Mac OS X). Com isso, Jobs retornou à Maçã ocupando mais uma vez o cargo de CEO, onde permaneceu até sua morte em 2011.

A vida depois do universo dos computadores

Depois que a Apple comprou a NeXT, Susan decidiu embarcar em uma carreira independente com o sonho de abrir sua própria empresa de design gráfico. Alguns de seus clientes para quem desenvolveu novos trabalhos foram PayPal e o Facebook e, em 2003, ela se juntou a outros profissionais para fundar a Glam Media - que acabou mudando de nome e se tornando a Mode Media –, uma empresa de mídia digital que oferece uma plataforma para que qualquer pessoa produtora de conteúdos possa publicar seu material, que é revisado por um editor da companhia.

Susan Kare

Susan Kare nos dias atuais (Reprodução: Divulgação)

Por conta de seu incomparável trabalho nos primeiros anos da Apple e em homenagem a suas criações sem precedentes, o Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA) decidiu lançar uma linha de produtos de papelaria como cadernos e blocos de papel estampando alguns de seus designs, logo depois de adquirir esboços e anotações dos cadernos originais de Kare em 2015. A coleção de produtos foi lançada com uma exposição chamada “This is for Everyone: Design Experiments for the Commom Good” (“Isso é para todos: experimentos de design para as coisas do dia a dia”, em tradução livre). Na ocasião, o MoMA falou sobre Kare com bastante admiração: “Uma designer de ícones para computadores pioneira e influenciadora. Desde 1983, Kare criou milhares de ícones para empresas de software líderes mundiais. Utilizando uma grade de pixels minimalista construída com precisão em mosaicos, seus ícones comunicam sua função imediatamente e de forma memorável, com sagacidade e estilo.”

Susan Kare

Um dos esboços de Kare que fez parte da exposição do MoMA (Reprodução: Divulgação)

Atualmente, aos 62 anos, Susan Kare oferece a venda de prints de diversas de suas pixel arts por meio do site Susan Kare Prints, onde qualquer pessoa pode comprar impressões de suas criações (como a famosa representação de Steve Jobs feita no MacPaint do Macintosh original, por exemplo), por preços a partir dos 99 dólares. A designer que mudou para sempre a forma de usar um computador por meio de uma interface gráfica intuitiva também lançou um livro com a coleção de suas criações chamado “Susan Kare ICONS book” – que também é vendido em sua loja virtual.

Susan Kare

O ícone inicialmente desenvolvido em 32 x 32 pixels representa Steve Jobs ainda jovem no início da década de 1980 (Reprodução: Susan Kare)

Conheça a história de outras mulheres históricas na ciência e na tecnologia: Ada Lovelace, Grace Hopper, Hipácia de Alexandria, Mary Kenneth Keller, Marie Curie e Carol Shaw.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.