Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Supercomputador Intel é o mais rápido em IA, com 10,6 Exaflops

Por| Editado por Jones Oliveira | 13 de Maio de 2024 às 13h35

Link copiado!

Intel / Divulgação
Intel / Divulgação
Tudo sobre Intel

O supercomputador Aurora, equipado com 166 racks Intel, se tornou o supercomputador mais rápido do mundo para tarefas de Inteligência Artificial. Com mais de 10 mil servidores blade com 21.248 CPUs Intel Xeon de 4⁠ª geração e 63.744 GPUs Ponte Vecchio, o Aurora atingiu desempenho computacional bruto de 1.012 exaflops e impressionantes 10,6 exaflops em carga de trabalho de IA.

Instalado no Laboratório Nacional de Argonne, em Champagne (Illinois), o Aurora é uma parceria entre a instituição federal de pesquisa e a Hewlett Packard Enterprise (HPE) anunciado originalmente em 2019, operando bem abaixo de seu desempenho alvo. 

Atualmente com 9.234 servidores ativos, ele atingiu 87% de sua capacidade operacional e se tornou o supercomputador para computação de alto desempenho mais rápido do mundo para pesquisa em IA.

Continua após a publicidade

Enorme potencial para novas gerações

Vale ressaltar que os servidores blade do Aurora ainda utilizam processadores Intel Sapphire Rapids. Um dos diferenciais em escalabilidade das soluções Intel é que os novos Intel Xeon de 5⁠ª geração são compatíveis com o socket dos Sapphire Rapids, permitindo uma eventual atualização da infraestrutura sem, obrigatoriamente, substituir servidores inteiros.

Já para novos clientes, já existe a possibilidade de projetar supercomputadores com Intel Xeon de 6⁠ª geração, com memórias de 8800 MT/s e até 2,3x mais desempenho total. Isso, combinado às novas GPUs Intel Gaudi2 e Gaudi3 para IA, pode significar que a liderança do Aurora pode ser apenas temporária, já que supercomputadores com menos racks devem conseguir atingir e superar suas velocidades em breve.