O que é servidor blade?

Por Redação

Os servidores blade, ou blade servers em inglês, estão se tornando cada vez mais populares. Trata-se de um formato que visa aumentar ainda mais a densidade dos servidores, permitindo o compartilhamento de componentes em comum, como discos ópticos e fontes de alimentação. Esses servidores são construídos para a montagem em prateleiras, assim como outros modelos de servidores. A diferença, no entanto, é que o blade pode ser introduzido em um espaço menor devido ao seu design diferenciado, sendo uma solução para empresas que dispõem de pouco espaço para armazenar servidores e equipamentos de TI.

Cada servidor blade é como uma fina lâmina (por isso o nome blade) que possui apenas o microprocessador, os barramentos e a memória. Ou seja, eles são diretamente utilizáveis por não possuirem adaptadores de rede e fontes de alimentação. Ao invés de utilizarem duas fontes para cada servidor, o gabinete onde esses servidores são acoplados utilizam duas ou até mesmo quatro fontes de capacidade maior, além de um único switch e um único KVM que são compartilhados entre todos os clades.

Os equipamentos que ocupam muito espaço ficam, dessa forma, acomodados em um chassi ocupando apenas quatro (4U) a seis de altura (6U). Esse chassis contêm fonte de alimentação, ventoinhas para refrigeração, interface de armazenamento, switch redundante com cabeamento de rede já montado e utilitário de software que são geralmente inclusos nesses servidores para implementação automática.

Todos os conectores ficam agrupados em um backbone atrás do gabinete. Assim, os servidores são encaixados como cartuchos e podem ser substituídos sem que haja necessidade do desligamento de todo o conjunto ou de outros servidores.

Servidor Blade 2

Por conta de seu tamanho reduzido, os blades possuem a desvantagem de ter que utilizar processadores de baixo consumo e HDs de 2,5". Processadores Core 2 Duo, versões recentes do Xeon, Athlon X2, Opteron e Phenom foram amplamente colocados como substitutos dos antigos processadores da Transmeta e da VIA.

Além de serem mais rápidos, os processadores utilizados atualmente nos servidores blades são mais econômicos. No caso dos HDs, o tempo de acesso reduzido fez com que os modelos de 2,5" fossem os preferidos para ser utilizados nesse tipo de servidor.

As vantagens dos servidores blades ainda incluem:

  • Menor consumo de energia;
  • Menor custo financeiro por serem mais baratos;
  • Ocupação de espaço reduzido;
  • Simplicidade na operação;
  • Redução de possíveis falhas por não comportarem partes móveis;
  • Versatilidade por serem HotPlugs.