Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

SSDs e HDs vão ficar ainda mais caros, de novo

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Abril de 2024 às 12h35

Link copiado!

Western Digital
Western Digital

A Seagate e a Western Digital enviaram comunicados a seus parceiros comerciais afirmando que suas soluções de armazenamento, como SSDs e HDDs de alta capacidade, vão ficar mais caras. O novo reajuste já está valendo para todas as novas encomendas e é decorrente da limitação das fabricantes em atender as atuais demandas, resultando em filas para envio de contratos já estabelecidos.

Os comunicados oficiais foram obtidos pelo portal de análise de tendências de mercado TrendForce e corroboram com projeções anteriores, mas que até então cobriam apenas os segmentos de memória flash.

“A recuperação de demanda continua em diversos segmentos de nossas operações e a capacidade reduzida de fabricação está limitando nossa habilidade de atender a todos os nossos clientes, resultando em filas prolongadas para entrega. Como resultado, implementaremos aumento de preços efetivos imediatamente em todas as novas encomendas e sobre demandas que excedam volumes previamente acordados”, afirmou BS Tech, VP Executivo e CCO da Seagate.
Continua após a publicidade

Demanda acelerada por IA

O novo reajuste segue uma sequência de altas nos preços de produtos com memórias NAND que vem se repetindo desde 2023. Inicialmente como uma medida para regular estoques, a onda de reajustes já quase triplicou o preço do alguns produtos com memória NAND, mas a demanda crescente pela infraestrutura de IA já começa a afetar também outros segmentos.

A incorporação de cargas de trabalho de IA locais na borda e em AI PCs torna as soluções de armazenamento ainda mais valiosas, por serem recursos cruciais para abarcar os modelos LLM utilizados por aplicações de IA. Considerando que muitas fabricantes reduziram intencionalmente seu volume de produção para regular o excesso de estoque no mercado, a tendência é que os preços subam ainda mais daqui para frente.