Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Nvidia RTX 4060 e 4070 mostram GPUs menores que antecessoras em vazamento

Por| Editado por Wallace Moté | 03 de Fevereiro de 2023 às 15h48

Link copiado!

Nvidia
Nvidia
Tudo sobre Nvidia

Um novo vazamento divulgado nesta sexta (3) mostra supostas imagens do AD106 e do AD107, chips da Nvidia que equipam a GeForce RTX 4050, 4060 e 4070. Os componentes chamam atenção por serem significativamente menores que os seus antecessores, o GA106 e o GA107, com áreas até 32% menores, aspecto resultante da nova litografia implementada pela empresa. O ponto mais interessante é que esses chips também devem chegar eventualmente aos desktops.

As informações chegam como cortesia do leaker Tom, do canal Moore's Law is Dead, que publicou no Twitter as imagens das duas GPUs. Na postagem, ele destaca como ambos são menores do que o GA107, o chip mais básico da família RTX 3000 presente, por exemplo, na RTX 3050 para notebooks, e ainda assim a Nvidia estaria cobrando preços premium pelas novidades.

Começando pelas medidas, temos uma área entre 180 mm² e 190 mm² para a AD106, que será utilizada na RTX 4070. Frente ao GA106, cuja área era de 276 mm², temos uma redução significativa de cerca de 32%. Por sua vez, o AD107 deve medir entre 150 mm² e 160 mm², o que representa uma diminuição em torno de 20% sobre os 200 mm² do GA107. Os chips mais compactos são resultado do uso da litografia 4N da TSMC, da classe de 4 nm, muito mais densa que os 8 nm da Samsung utilizados nas RTX 3000.

Continua após a publicidade

Tecnicamente falando, há um aspecto positivo, já que menos espaço será ocupado nos notebooks, mesmo que haja um aumento na contagem de núcleos. Além disso, será possível fabricar um número muito maior de unidades a partir de um único disco de silício, garantindo melhor rendimento nas fábricas. Sabe-se ainda que o consumo será muito menor, como já comprovaram testes feitos com a RTX 4080, e conforme indicam outros vazamentos.

No entanto, como critica Tom, esses avanços não se refletem no preço, que subiu consideravelmente. De fato, os valores mais baixos da família estreante começam em US$ 999 (~R$ 5.130) para a RTX 4050, faixa de preço que na geração anterior garantiria aos usuários um laptop simples, mas equipado com uma RTX 3060. É possível especular que este é um reflexo do custo mais alto da litografia 4N, mas considerando que estas serão as soluções mainstream, mais populares, a Nvidia provavelmente poderia ter trabalhando com maior volume e menor preço.

Mais interessante é que esses chips também devem ser utilizados nas RTX 4050, 4060 e 4070 para desktop, mesmo com especificações um tanto modestas — a Nvidia deve compensar essa "limitação" com acesso a mais energia, mais memória e uma contagem diferente de núcleos habilitados.

A família Nvidia GeForce RTX 4000 mobile chega ao mercado globalmente nesta semana, em notebooks de marcas como ASUS, Alienware, Dell, Lenovo e MSI. Não há previsão de estreia para esses dispositivos no Brasil, que deve receber as novidades ao longo do ano. Já as variantes para desktop não foram confirmadas no momento, mas rumores indicam anúncio ainda no primeiro trimestre de 2023.

Fonte: VideoCardz