Kioxia revela protótipo de SSD PCI-E 5.0 com leitura de 14 GB/s

Kioxia revela protótipo de SSD PCI-E 5.0 com leitura de 14 GB/s

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 24 de Setembro de 2021 às 07h45
manseok Kim/Pixabay

A Intel está prestes a lançar sua 12ª geração de processadores Alder Lake, e entre as principais novidades da família está a estreia do barramento PCI-E 5.0. Um dos responsáveis pela comunicação da CPU com outros componentes, como placas de vídeo e SSDs, a solução promete dobrar a quantidade de dados transferidos em comparação ao PCI-E 4.0 utilizado atualmente.

Essa promessa acaba de ganhar novo reforço da Kioxia, antiga divisão de SSDs da Toshiba, que revelou nesta quinta-feira (23) um protótipo de seu primeiro SSD baseado no novo barramento. Segundo os dados da empresa, a novidade consegue entregar velocidades de leitura duas vezes maiores do que as apresentadas por produtos disponíveis no mercado.

Novo SSD PCI-E 5.0 da Kioxia atinge 14 GB/s

Uma das soluções mais encorpadas da Kioxia para o mercado corporativo, o CM6 é um SSD no padrão EDSFF E3S com barramento PCI-E 4.0, capaz de atingir os 7 GB/s de leitura, e os 4,2 GB/s de escrita. A empresa promete que sua próxima solução, chamada CD7 e baseada em PCI-E 5.0, dobrará essas velocidades, entregando impressionantes 14 GB/s de leitura e 7 GB/s de escrita.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O barramento PCI-E 5.0 dobra a taxa de transferência e possibilita as leituras de 14 GB/s do novo CD7 (Imagem: 刘于苇/Weixin)

A novidade também beneficiará as leituras randômicas, que aumentarão em até 79%, além das latências de leitura e escrita, que cairão em 77% e 50%, respectivamente. Segundo a Kioxia, os novos SSDs CD7 serão oferecidos nos formatos EDSFF E3S e U.2, com controladores de 8 e 16 canais, para data centers e empresas, e contarão com vida útil prolongada e altas capacidades, além da elevada velocidade.

O PCI-E 5.0 também beneficiará as leituras randômicas e a latência dos novos SSDs (Imagem: 刘于苇/Weixin)

As soluções serão disponibilizadas em opções de 1,6 TB a até 30 TB, com durabilidade certificada de 1 a 3 DWPD (Drive Writes per Day), ou seja, será possível preencher por completo os discos de 1 a 3 vezes por dia durante o período de garantia. Os componentes chegarão ao mercado ainda no final de 2021, e espera-se que as fabricantes de servidores levem de 5 a 6 meses para validar os SSDs.

Solução corporativa indica futuro dos usuários comuns

Ainda que sejam voltados para o mercado corporativo e data centers, os novos SSDs da Kioxia já trazem um vislumbre do que futuras soluções para consumidores comuns poderão oferecer — tudo indica que as fabricantes aguardam pela estreia do novo barramento em processadores, além do lançamento de mais controladores PCI-E 5.0, para investirem na tecnologia, algo que deve acontecer apenas em 2022.

Os primeiros SSDs PCI-E 5.0 para consumidores devem estrear quando AMD e Intel adotarem o novo barramento (Imagem: Reprodução/AMD)

Atualmente, já é possível encontrar drives PCI-E 4.0 com velocidades acima dos 7 GB/s, e otimizações trazem SSDs cada vez mais velozes. Com a chegada do PCI-E 5.0, oferecendo como base o dobro da velocidade, é possível apostar que em alguns anos vejamos soluções de armazenamento superando os 14 GB/s com facilidade.

Fonte: WCCFTech, Tom's Hardware

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.