Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

GeForce RTX 5090 terá 33% mais núcleos que RTX 4090, indica rumor

Por| Editado por Jones Oliveira | 11 de Junho de 2024 às 16h05

Link copiado!

NVIDIA
NVIDIA
Tudo sobre Nvidia

As placas NVIDIA GeForce RTX 5090 devem trazer um salto em especificações extremamente considerável em relação às RTX 4090, atuais placas mais poderosas do mercado. Ao menos é o que sugere novo vazamento publicado nesta terça-feira (11) pelo leaker @kopite7kimi em seu perfil na rede social X.

De acordo com ele, as novas GPUs GeForce RTX 5090 terão 24.576 núcleos CUDA, contra 18.176 das RTX 4090, 33% a mais, e utilizarão memórias GDDR7 com barramento de 512 bits. Já as placas Blackwell de entrada chegarão com 2.560 núcleos, cerca de 16,6% a menos que a geração anterior, e inicialmente vão manter o padrão de memórias GDDR6 com barramento de 128-bits.

Vale ressaltar que as informações se referem especificamente às GPUs e não refletem necessariamente o projeto final das placas que chegarão ao mercado. Sendo assim, o chip Blackwell GB207 de entrada deve ser utilizado tanto nas placas série RTX 5050 quanto RTX 5060, trazendo mais configurações de memória conforme a NVIDIA for expandindo o portfólio.

Continua após a publicidade

Novas tecnologias embarcadas

O leaker ainda sugere que, ao menos por hora, a NVIDIA não terá chipsets GB204 — lembrando que os chips AD104 foram utilizados na linha de GPUs RTX 4080 de 12 GB, que não se justificava no mercado. Tanto por isso acabaram rebatizados para as RTX 4070 Ti no desktop e aproveitados como 4080 apenas em notebooks.

Mesmo com menos núcleos e padrões de memória e barramento similares entre as placas RTX 40 e RTX 50 de entrada, é preciso lembrar que o desempenho final das placas depende de outros fatores. A diferença no desempenho das tecnologias de upscaling por IA entre diferentes gerações de núcleos Tensor é visível e, ao que tudo indica, os avanços das RTX 5000 nesse sentido devem ser ainda mais acentuados.

A NVIDIA vem reforçando desde o final de 2023 que o projeto dos chips Blackwell é totalmente pensado em torno das capacidades de IA dos produtos. Sendo assim, mesmo as GPUs mais simples da nova geração ainda têm potencial para representar saltos consideráveis de desempenho, mesmo que as configurações gerais sejam próximas das RTX 4060.