Publicidade

Asus ROG Ally ou notebook gamer? | Qual vale mais a pena?

Por| Editado por Léo Müller | 10 de Setembro de 2023 às 14h00

Link copiado!

Rafael Damini/Canaltech
Rafael Damini/Canaltech

O Asus ROG Ally é um console portátil com hardware x86, e que já sai de fábrica com o Windows 11. Devido à sua versatilidade de uso, desempenho e preço, a comparação do dispositivo com um notebook gamer é inevitável. Mas qual vale mais a pena?

Antes de responder isso, vamos avaliar as vantagens e desvantagens de ambos os equipamentos a fim de ajudar o leitor a escolher qual o melhor aparelho de acordo com suas necessidades.

Em nosso comparativo, encontramos um notebook gamer na mesma faixa de preço do ROG Ally, ou custando até menos quando em promoção. O ROG Ally custa a partir de R$ 6.200 em lojas online. Já o ASUS TUF Gaming F15 custa a partir de R$ 5.900 no Kabum. Esse notebook é equipado com um chip Intel Core i7-12700H, uma placa de vídeo RTX 3050 4 GB e tem 8 GB de memória RAM, além de SSD de 512 GB.

Continua após a publicidade

Vantagens e desvantagens do Asus ROG Ally

A principal vantagem do ROG Ally é sua portabilidade. O aparelho cabe na mão e permite que você jogue os mesmos jogos que possui em plataformas de games para PC, só que em qualquer lugar. O fato de rodar Windows 11 o torna compatível com qualquer título que roda nesse sistema, seja via Steam, Microsoft Game Pass, Epic Games, entre outros serviços.

Continua após a publicidade

Conectado a uma dock com preço acessível, temos um PC Windows totalmente funcional, que pode executar qualquer aplicativo compatível com o SO da Microsoft. É possível usar a máquina para trabalhar com programas pesados e até executar máquinas virtuais.

Em nossos testes, o chip AMD Ryzen Z1 Extreme apresentou desempenho multitarefa próximo ao de um AMD Ryzen 9 5900X. O console e a fonte juntos pesam menos de 1 kg.

A maior desvantagem do ROG Ally fica por conta do desempenho em jogos, já que o console utiliza gráficos integrados AMD Radeon RDNA3. Para um dispositivo focado em portabilidade, a performance é de alto nível. Mas não dá para comparar com GPUs dedicadas de gerações mais recentes.

Continua após a publicidade

Outro ponto é que, para usar o ROG Ally como um PC, será necessário comprar os periféricos separadamente, como mouse, teclado e monitor.

Vantagens e desvantagens de um notebook gamer

A maior vantagem de um notebook gamer de mesma faixa de preço sobre o ROG Ally é, com certeza, seu desempenho em jogos. Uma RTX 3050 mobile já oferece poder de processamento superior. Isso pode fazer diferença na hora de manter a estabilidade em alguns títulos.

Fora isso, tem o fato de que o notebook já está pronto para uso, com mouse, teclado e tela integrados. Isso significa uma economia de dinheiro em relação ao ROG Ally usado como PC. Outro ponto positivo do notebook gamer é sua capacidade de upgrade. Alguns modelos devem permitir a instalação de um segundo SSD, além da expansão da memória RAM.

Continua após a publicidade

A redução da portabilidade é a maior desvantagem de um notebook gamer em comparação com o ROG Ally. Um notebook desse segmento, juntamente com sua fonte, pode passar facilmente dos 2,5 kg.

Qual dos dois comprar? Asus ROG Ally ou Asus TUF Gaming F15?

O ROG Ally vale a pena se você tiver foco total em portabilidade. O console portátil da ASUS permite que você tenha acesso a toda a sua biblioteca de jogos adquiridos em plataformas populares, a qualquer hora, e em qualquer lugar.

Continua após a publicidade

Se você precisa de um dispositivo mais poderoso em jogos, o Asus TUF Gaming 15 com processador Intel Core i7-12700H e GeForce RTX 3050 é uma boa opção. Este notebook gamer é bom para quem não quer investir mais comprando periféricos e tem facilidade para transportar esse tipo de equipamento.

O Asus TUF Gaming 15 tem dois slots para SSD M.2, tela IPS de 144 Hz e suporta até 32 GB de memória RAM.