Apple está desenvolvendo displays MicroLED em fábrica secreta nos EUA

Por Jessica Pinheiro | 19 de Março de 2018 às 11h29
TUDO SOBRE

Apple

De acordo com um relatório divulgado pela Bloomberg nesta segunda-feira (19), a Apple está utilizando uma instalação secreta na Califórnia para projetar e fabricar protótipos de telas MicroLED. A julgar pelo tamanho dos displays, acredita-se que seu uso será destinado ao Apple Watch, os quais serão comercializados pela primeira vez com este tipo de tecnologia. Atualmente, os wearables da empresa utilizam telas OLED produzidos pela LG Display.

O MicroLED é uma tecnologia inovadora de exibição emissiva bem similar às telas OLED. Isso significa que cada pixel emite sua própria luz, ao invés de utilizar um painel todo com iluminação de fundo. Além disso, o display promete menor consumo de energia, excelente contraste, maior eficiência energético e ângulos de visão sem risco de comprometimento por conta do brilho ou longevidade, tal como ocorre com o OLED.

A Samsung, por sinal, também já está trabalhando na tecnologia e até mesmo exibiu uma TV modular de 150 polegadas com tela MicroLED durante a CES deste ano. Intitulada de “The Wall”, o televisor possivelmente será vendido a partir de agosto, mas ainda não houve nenhum anúncio a respeito dos valores.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Interesse antigo

O lance da Apple com o MicroLED implantado em seus Apple Watches não é recente. No último ano, a Nikkei já havia afirmado que a empresa da maçã planejava utilizar a tecnologia em seus wearables após uma instalação da companhia ter sido identificada em Taoyuan, Taiwan. Os complexos eram dedicados à produção dos inovadores displays (antes, foram usados para a fabricação de telas da Mirasol, quando a propriedade ainda pertencia à Qualcomm).

Além do mais, a Maçã já havia adquirido a Luxup em 2014 e muitos relatórios subsequentes surgiram com ideias de como seus projetos poderiam ser utilizados, o que comprova que o interesse da empresa na tecnologia MicroLED realmente não é exatamente uma novidade.

De acordo com o documento publicado pela Bloomberg, caso a Apple domine o design do MicroLED, será a primeira vez que a empresa produzirá dispositivos convencionais em massa, com displays que contam com tecnologia de ponta. O relatório especula, porém, que a Maçã poderia terceirizar a fabricação de suas telas.

O MicroLED não é uma tecnologia amadurecida mesmo à esta altura do campeonato. Todavia, as possibilidades que a Apple tem levantado para a fabricação desses displays, mesmo que a finalidade seja apenas para testes, são interessantes e promissoras para o mercado. Sua postura de querer dominar o design do MicroLED impõe que a empresa da maçã quer ditar as tendências, e em especial sobre o que lhe convém melhor para a fabricação de seus próprios produtos – mesmo que a companhia mantenha as descobertas sobre o MicroLED para si ou que o desenvolvimento das telas seja feito por terceiros.

Fonte: The Verge

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.