Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

PlayStation 5 Pro terá CPU Zen 2 mais eficiente de 4 nm

Por| Editado por Jones Oliveira | 28 de Março de 2024 às 13h00

Link copiado!

Mahtab Mashuq/Unsplash
Mahtab Mashuq/Unsplash

Segundo novo rumor, o PlayStation 5 Pro não irá utilizar a CPU de 7 nm do modelo base, mas uma versão fabricada em litografia de 4 nm. Apesar de ainda utilizar a arquitetura Zen 2, a miniaturização e aumento de densidade de transistores garantem eficiência energética e térmica superiores.

Com isso, a Sony tem uma margem maior para elevar frequências, impactando diretamente o desempenho final do novo console. Mesmo com um projeto relativamente diferente, a expectativa é que o PS5 Pro ainda se encaixe na faixa de preço de US$ 500 sugerida pela Sony. 

Além disso, a maior parte do projeto externo do console é para acomodar os dissipadores de calor, como já visto no PS5 Slim. Aumentar a eficiência térmica pode permitir dissipadores ainda menores e, consequentemente, um chassi também reduzido.

Continua após a publicidade

Upscaling do PlayStation 5 Pro desenvolvido internamente

O vídeo do leaker Moore’s Law is Dead ainda traz mais detalhes sobre o sistema PlayStation Spectral Super Resolution de upscaling por IA do PS5 Pro. Ao que tudo indica não se trata de uma versão customizada do AMD FSR4, mas um sistema proprietário.

Por mais que a nova GPU personalizada combine as arquiteturas RDNA3 e RDNA4 com, supostamente, uma NPU XDNA, a solução de software para upscaling de imagens teria sido desenvolvida internamente pela Sony. Naturalmente, isso significa que o PlayStation Spectral Super Resolution ficará restrito aos consoles da empresa.

Evidentemente, isso implica em um investimento maior da Sony em uma tecnologia que poderia ter custos de P&D diluídos em uma eventual parceria. Por outro lado, a estratégia garante que a AMD não tenha sequer acesso ao código para licenciamentos ou adaptações futuras em outras plataformas com seus chips gráficos, ou mesmo em ports para PC.

Continua após a publicidade