Publicidade

Lenovo confirma Legion Go 2, mas lançamento virá “quando for a hora”

Por| Editado por Jones Oliveira | 08 de Abril de 2024 às 17h55

Link copiado!

Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Ivo Meneghel Jr/Canaltech
Lenovo Legion Go

Durante o evento Lenovo Innovate 2024, em Bangkok, Clifford Chong, Gerente do Segmento de Games da Lenovo, confirmou que empresa já está trabalhando no Lenovo Legion Go 2 — sucessor do console portátil que o Canaltech já experimentou. No entanto, o executivo afirmou que o foco ainda é evoluir o console atual, otimizando a experiência dos usuários até “o momento oportuno” para lançar uma próxima geração.

Chong conversou com jornalistas australianos em uma mesa redonda após sua apresentação. Chirs Stead publicou parte da entrevista em seu canal no YouTube.

“Nós ainda estamos investindo muitos recursos em melhorar o Legion Go atual ao longo dos últimos 6 meses desde o lançamento. Nós [já] desbloqueamos várias experiências desde o dia 1 e ainda há muitos esforços de engenharia pela frente para trazer a próxima leva de funcionalidades ao produto. Definitivamente é uma categoria de produtos que vemos muito potencial e continuamos a investir, e estamos mirando no momento oportuno para, claro, lançar a próxima geração e entregar ainda mais funcionalidades.”
Continua após a publicidade

Tentando antecipar a concorrência

Apesar de o Steam Deck ter sido o primeiro console portátil para jogos de PC, em termos de hardware ele fica bem atrás dos outros produtos do mercado. Nesse aspecto específico, o ASUS ROG Ally e o Legion Go são relativamente bem mais competentes com as APUs Ryzen Z1 Extreme baseadas em arquitetura Zen 4 e RDNA3, contra a Zen 2 e RDNA do console da Valve.

Contudo, tanto o Ally quanto o Legion acabam limitados por questões de software, por utilizarem uma versão adaptada do Windows 11 que torna a experiência do usuário médio bem mais complexa do que o esperado para um console. Apesar de ainda não ter sido lançado, o mesmo deve ocorrer com o MSI Claw, mas apenas em um ecossistema com Intel Core Ultra e gráficos Arc, potencialmente trazendo outros problemas decorrentes da arquitetura totalmente nova.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Sendo assim, a estratégia da Lenovo de ainda não anunciar, sequer, uma janela de lançamento para o Legion Go 2 faz muito sentido. Como o maior problema da geração atual está na otimização do sistema, ainda existe muito a ser explorado no quesito de software e todas as evoluções serão facilmente implementadas em um sucessor.

Em paralelo, como a concorrência ainda é bastante restrita, atualizar o hardware para uma versão mais poderosa tão cedo irá, fatalmente, canibalizar um produto que já é superior em vários pontos, e, no mínimo, empata em termos de especificações técnicas.