5 jogos para matar a saudade de P.T.

5 jogos para matar a saudade de P.T.

Por Guilherme Sommadossi | Editado por Bruna Penilhas | 08 de Agosto de 2021 às 21h00
Montagem/Divulgação/Canaltech

P.T. (sigla para playable teaser) chegou ao PlayStation 4 em 2014, como uma espécie de trailer jogável de Silent Hills. Em desenvolvimento pelo renomado game designer Hideo Kojima, o jogo seria o quinto da icônica franquia de terror da KONAMI, mas acabou nunca existindo.

O jogo de terror teria o ator Norman Reedus (The Walking Dead) como protagonista e o diretor Guillermo del Toro (A Forma Da Água) na produção, mas foi cancelado em 2015. O teaser jogável ainda foi removido da PS Store.

Apenas como uma demo, P.T. foi um marco na indústria por trazer uma experiência assustadora e muito imersiva em primeira pessoa, deixando o jogador à mercê do que for que estivesse escondido nas sombras. A criação de Kojima contava com elementos de jogos clássicos de terror e também serviu de inspiração para futuros lançamentos do gênero.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Em abril de 2021, a Blue Box divulgou o teaser de Abandoned, novo jogo de terror para PlayStation 5. Há muitas especulações que o projeto seja um novo Sillent Hill feito pelo próprio Hideo Kojima, mas nada foi confirmado até então.

Para preparar o seu coração para o novo game ou até mesmo conhecer alguns parentes distantes de P.T. e matar a saudade da demo, o Canaltech separou cinco jogos cheios de tensão, em que só resta fugir ou ficar refém das criaturas.

5. Amnesia

Diretamente de 2010, o jogo começa com o protagonista Daniel acordando em um castelo macabro. Sem se lembrar de nada, ele vaga pelos corredores e salas e ainda esbarra com criaturas horrendas. A cada encontro e em longas permanências no escuro, ele começa a perder a sanidade.

O game foi um sucesso e inspirou mais jogos do mesmo estilo nos computadores. A Frictional Games e a The Chinese Room lançaram o Custom Stories, uma ferramenta que permitia que os jogadores criassem suas próprias histórias com o motor gráfico. Isso fomentou a comunidade de Amnesia, que se empenhou em criar mapas tão assustadores quanto os originais.

4. Layers of Fear 2

A sequência da franquia mistura a sétima arte com o terror. No primeiro game, de 2016, o jogador controla um pintor em busca de terminar sua obra-prima. No segundo, um ator que aceita o convite exclusivo para protagonizar um filme em um transatlântico.

Chegando no navio, o script em branco e uma voz do além dão as ordens do que vai acontecer em cena. O terror fica a cargo da tensão oferecida e da história macabra. Assim como no primeiro Layers of Fear, é preciso resolver os quebra-cabeças, mas sempre atento a quando algo pode surpreender.

3. Outlast 2

Outra sequência da lista, o game da Red Barrels deixa o hospital psiquiátrico abandonado para ir a uma cidade no Arizona, muito afastada da civilização. Controlando o jornalista e cinegrafista Blake Langermann, os jogadores buscam pistas para o misterioso caso do assasinato de Jane Doe, uma mulher grávida, por um culto.

O game segue a mesma mecânica do primeiro e sua expansão Whistleblower, em que a única arma do personagem principal é também sua forma de enxergar no escuro absoluto: a sua câmera. Será preciso sempre mantê-la funcionando com pilhas e enquanto foge e se esconde dos bizarros seres do game.

2. Fatal Frame II: Crimson Butterfly

Mais um jogo que envolve câmeras, mas dessa vez um clássico. Também conhecido como Project Zero no Japão, o segundo game da icônica franquia da Tecmo tem uma história diferente do primeiro. Na trama, as gêmeas Mio e Mayu Amakura acabam parando em uma vila abandonada após seguir uma borboleta pela floresta. Elas encontram a Câmera Obscura e descobrem o espírito de uma mulher morta, que também foi atraída pela floresta.

No game, é possível controlar as duas irmãs, mas Mayu tem sequelas de um acidente que sofreu quando era criança e se movimenta mancando. A condição dela incentiva ainda mais que a personagem se esconda pelo cenário e não seja apenas uma paparazzi paranormal.

1. Silent Hill

Um dos jogos mais importantes da história e também de seu próprio gênero, aterrorizou muitos jovens e adultos no PlayStation, em 1999. O primeiro jogo da aclamada série da Konami conta a história de Harry Manson procurando sua filha na enevoada cidade de Silent Hill. Chegando lá, Manson descobre que um culto religioso bizarro quer trazer uma divindade de volta à Terra.

O game conta ainda com cinco finais diferentes, que mudam de acordo com as ações e decisões dos jogadores ao longo da jornada de suspense.

E você, leitor? Conseguiu jogar P.T. na época em que o jogo estava disponível? Qual outro game de terror você jogou que lembra muito a criação de Hideo Kojima? Conta pra gente nos comentários!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.