SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

Rocket Lab anuncia quando deve lançar 1ª missão privada a Vênus

Por| Editado por Patricia Gnipper | 01 de Novembro de 2023 às 16h05

Link copiado!

Rocket Lab
Rocket Lab

A primeira missão privada a Vênus já tem data para ser lançada. Christophe Mandy, engenheiro de sistemas que lidera as missões interplanetárias da Rocket Lab, revelou nesta segunda-feira (30) que a empresa planeja enviar uma sonda ao planeta em 30 de dezembro de 2024.

Apesar de o cronograma atual apontar que o lançamento deve acontecer em dezembro de 2024, a Rocket Lab afirma que o período para enviar a sonda ao espaço se estende até o ano seguinte. Como a data para o lançamento não foi finalizada, é possível que seja alterada.

Continua após a publicidade

Segundo Mandy, a empresa vem mostrando bom progresso na missão. “Estamos recebendo componentes variados de fornecedores externos”, relatou. Tais componentes incluem um sistema de proteção térmica, fornecido pelo Centro de Pesquisa Ames, da NASA, e o instrumento principal da sonda. Ambos devem ser entregues no fim do ano.

A Rocket Lab desenhou sua missão para aproveitar o hardware e projeto usados para a CAPSTONE, missão lunar da agência espacial norte-americana lançada no ano passado com o estágio Lunar Photon. “Por ser financiada privadamente e tentarmos diminuir os custos, estamos reutilizando muitos dos projetos que já existem, minimizando a quantidade de engenharia que precisamos fazer”, acrescentou Mandy.

A primeira missão privada a Vênus

Também chamada de Venus Life Finder, a missão foi anunciada pela Rocket Lab em 2020 e tem o objetivo de procurar compostos orgânicos nas nuvens venusianas. Antes, a empresa planejava lançá-la em 2023, mas o cronograma foi alterado porque a companhia precisou focar os esforços em outras prioridades.

Continua após a publicidade

A Rocket Lab planeja lançá-la com seu foguete Electron, que vai levar a espaçonave à órbita baixa da Terra. Ali, ela vai executar várias manobras até realizar um sobrevoo para a Lua, ajustando sua trajetória para seguir a Vênus e chegar ao planeta em maio de 2025 — contanto que o lançamento aconteça na data planejada atualmente.

Ali, a sonda vai se separar do estágio de cruzeiro e vai descer pelas nuvens da atmosfera superior venusiana, coletando dados por cerca de cinco minutos. Ela vai transmitir os dados obtidos por 20 minutos antes de chegar a 22 km de altitude. Se resistir às altas temperaturas e pressão e chegar à superfície do planeta, mais dados podem ser obtidos.

Fonte: Via: SpaceNews