Missão do helicóptero Ingenuity é estendida até setembro após sucesso de 21º voo

Missão do helicóptero Ingenuity é estendida até setembro após sucesso de 21º voo

Por Danielle Cassita | Editado por Patrícia Gnipper | 16 de Março de 2022 às 13h03
NASA/JPL-Caltech

A missão do helicóptero Ingenuity foi estendida até setembro. Durante a extensão, a aeronave deverá passar os próximos meses auxiliando o rover Perseverance, enquanto testa seus próprios recursos durante voos em Marte. A NASA anunciou a mudança na terça-feira (15) após o sucesso do 21º voo do helicóptero, o primeiro de pelo menos três que serão necessários para cruzar a região de South Seitah, no Planeta Vermelho.

Em um comunicado, Thomas Zurbuchen, administrador associado da NASA, comemorou o excelente desempenho do Ingenuity até o momento. “Há menos de um ano, nem mesmo sabíamos se voos motorizados e controlados de uma aeronave seriam possíveis em Marte”, disse. “Agora, esperamos acompanhar o envolvimento do Ingenuity na segunda campanha científica do rover Perseverance”, disse. A NASA já havia estendido a missão do helicóptero no ano passado após observar o sucesso de seus primeiros voos.

Com a nova extensão, o helicóptero acompanhará o rover Perseverance até o delta de um antigo rio que existiu na cratera Jezero. Ali, ele irá sobrevoar uma nova área de operações bem diferente daquela em que estava durante seus primeiros voos. O terreno da região é irregular, tem penhascos, superfícies com ângulos afiados, rochas e bolsões de areia capazes de impedir o deslocamento de rovers — e até de helicópteros que pousem em lugares inadequados.

A região é desafiadora, promete várias revelações geológicas e o Ingenuity já tem algumas tarefas para cumprir assim que alcançá-la. A pequena aeronave irá ajudar a equipe da missão do Perseverance a escolher, entre dois canais secos de rios, qual será aquele explorado pelo rover. Além da contribuição para a decisão da rota, os dados proporcionados pelo Ingenuity vão ajudar a equipe a avaliar possíveis objetos de interesse científico.

Esquema das diferentes rotas que o Ingenuity poderá seguir até o delta na cratera Jezero (Imagem: Reprodução/NASA/JPL-Caltech/University of Arizona/USGS)

Para aumentar as chances de sucesso, a equipe do Ingenuity já criou algumas atualizações de software que vão trazer melhorias variadas, como decolagens e pousos com mais segurança e ganhos de altitude. Além disso, há também atualizações que permitem que a aeronave execute mudanças em sua velocidade de voo e faça ajustes de acordo com a textura do terreno.

Entretanto, o helicóptero ainda precisa chegar ao delta para poder iniciar o reconhecimento aéreo da região. Assim, o próximo voo do Ingenuity está programado para acontecer a partir deste sábado (19). Se tudo correr conforme o planejado, ele deverá se deslocar por 350 m. Depois, a equipe da missão irá avaliar se outros dois ou três voos serão necessários para completar a travessia por Séítah.

Fonte: NASA; Via: Space.com

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.