Sucesso absoluto! Helicóptero Ingenuity voa em Marte pela 1ª vez

Por Wyllian Torres | 19 de Abril de 2021 às 11h09
NASA/JPL-Caltech

Após algumas semanas de espera, na manhã desta segunda-feira (19), por volta das 07h46 (horário de Brasília), a NASA confirmou o primeiro voo do helicóptero Ingenuity em Marte. A tão aguardada demonstração de voo do helicóptero aconteceu com sucesso, driblando alguns imprevistos que causaram o adiamento da ocasião. Esta foi a primeira vez que uma aeronave realizou um voo motorizado e controlado em outro planeta.

O pequeno helicóptero havia enfrentado alguns contratempos nas últimas semanas, como a falha na sequência de comandos — responsável por movimentar suas hélices. Com isso, a equipe precisou reconfigurar o sistema. Na madrugada de hoje, às 04h34 (horário de Brasília), o helicóptero decolou pela primeira vez. Segundo os dados do voo, o Ingenuity subiu cerca de 3 metros acima da superfície marciana, sustentando um voo estável por 30 segundos. Ao descer, registrava um total de 39,1 segundos.

Confira os primeiros registros do voo histórico:

A pouco mais de 64 metros de distância, o rover Perseverance não apenas funcionou como um retransmissor dos dados do voo, como também registrou toda a operação com suas câmeras. O diretor do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), da NASA, Michael Watkins, diz que: “o projeto da Mars Helicopter passou de um estudo de viabilidade de 'céu azul' para um conceito de engenharia viável para alcançar o primeiro voo em outro mundo em pouco mais de seis anos”. Segundo ele, este é um ótimo exemplo do quanto este tipo de tecnologia se encaixa bem com os objetos de exploração da NASA.

O Ingenuity não foi feito para fins científicos, então ele não carrega em si instrumentos para analisar o ambiente marciano, mas foi enviado para testar nossa capacidade tecnológica de alçar voo em outros mundos. Em Marte, a fina atmosfera equivale a 1% da pressão em nosso planeta — o que significa que o ar de lá tem menos moléculas para que as hélices do helicóptero o mantenham no ar.

Abaixo, você confere sombra do Ingenuity projetada na superfície marciana:

A demonstração de voo foi inicialmente autônoma — comandada por seu sistema de orientação e navegação a bordo —, seguindo o comando enviado pela equipe, aqui da Terra. Por conta da grande distância, os dados do Ingenuity não conseguem ser transmitidos diretamente para cá e, por isso, precisam ser retransmitidos por outros satélites na órbita do planeta e captados pelas antenas da rede Deep Space Network, operada pela NASA.

Depois de uma longa viagem pelo espaço, o rover Perseverance pousou em 18 de fevereiro deste ano na superfície marciana com o helicóptero Ingenuity acoplado em sua “barriga”. Foram alguns sóis (ou dias) até que a aeronave fosse completamente, no último dia 3 de abril, implantada em seu local de teste de voo. Pelos próximos três sóis (ou dias), a equipe receberá e analisará os dados restantes, inclusive as imagens obtidas pelo rover, para então programar o segundo voo — previsto para não antes que 22 de abril.

A seguir, você confere toda transmissão do evento, realizada pela NASA:

Fonte: NASA

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.