Publicidade

Eclipse lunar e meteoro bola de fogo são registrados no RS

Por| Editado por Luciana Zaramela | 26 de Março de 2024 às 17h35

Link copiado!

Stojan Stojanovski/2S Photography
Stojan Stojanovski/2S Photography

Um eclipse lunar do tipo penumbral aconteceu na madrugada de segunda-feira (25). O fenômeno foi registrado pelas câmeras do Observatório Espacial Heller & Jung, no Rio Grande do Sul — e, por sorte, elas capturaram também a passagem de um meteoro.

Em um eclipse penumbral, a Lua entra na sombra mais fraca projetada pela Terra, chamada de penumbra. Isso causa um escurecimento tão discreto em nosso satélite natural que, muitas vezes, é percebido só pelos observadores mais atentos ou com algum instrumento em mãos. 

Este eclipse começou à 1h da madrugada e chegou ao auge às 4h13. O fenômeno foi visível em todo o país e seu fim não pôde ser observado, pois a Lua mergulhou sob o horizonte por volta das 6h.

Continua após a publicidade

Caso você tenha perdido o evento, não se preocupe. A equipe do Observatório Espacial Heller & Jung divulgou belas imagens capturadas da Lua escurecendo durante o eclipse. 

Por volta das 00h13, as câmeras do Observatório registraram um meteoro brilhante na região central do estado. Os meteoros acontecem quando fragmentos de rochas espaciais entram na atmosfera da Terra e são queimados, graças ao atrito com os gases. 

Segundo a equipe, o objeto entrou na atmosfera à altitude de 96,5 km e durou 2,46 segundos. O meteoro registrado foi do tipo fireball (bola de fogo), nome dado àqueles mais luminosos que Vênus, o segundo objeto mais brilhante do céu noturno. 

Continua após a publicidade

Os fireball podem até parecer raros, mas de acordo com a Organização Internacional de Meteoros (IMO), ocorrem todos os dias em todos os lugares do planeta. 

A maioria deles passa despercebida porque aparece durante o dia ou sobre regiões desabitadas, como os oceanos. Além disso, mesmo que uma bola de fogo apareça na sua região, seria necessário observando o céu na direção certa, no momento certo, para conseguir vê-la.

Continua após a publicidade

Fonte: G1