O Esquadrão Suicida | Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais

O Esquadrão Suicida | Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 06 de Julho de 2021 às 19h00
Divulgação/Warner Bros.

O novo O Esquadrão Suicida é a principal aposta da Warner com seu universo de super-heróis para este ano. E, mais do que isso, é também a tentativa do estúdio de deixar de lado a má impressão deixada pelo filme de 2016, que foi bombardeado tanto pela crítica quanto pelo público. Tanto que, daquele elenco, apenas alguns poucos nomes retornam.

Para isso, o Universo Estendido da DC (DCEU, na sigla em inglês) aposta no toque de Midas de James Gunn para que faça com o grupo de super-vilões o mesmo sucesso que teve com Guardiões da Galáxia na Marvel. E, para isso, o diretor vai ter tudo aquilo que mais gosta: uma história caótica, politicamente incorreta e com muitos personagens desconhecidos.

E faltando tão pouco para a estreia de O Esquadrão Suicida, o que a gente sabe de fato sobre o filme, seus protagonistas e a história que deve ser contada? E o mais importante: com toda essa bagunça causada pela pandemia, como ficou o lançamento?

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Filme vai ser tiro, porrada, bomba e muita piada (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

O Esquadrão Suicida: elenco

Desde a revelação de que James Gunn iria dirigir o novo filme, vimos que o elenco ia ser bastante inflado. Já no trailer de anúncio do filme, soubemos que o grupo vai ser formado por nada menos do que 15 integrantes — sendo que a grande maioria deles é de estreantes no cinema.

Os únicos retornos confirmados até agora são da Arlequina (Margot Robbie), Amanda Waller (Viola Davis), Rick Flag (Joel Kinnaman) e Capitão Bumerangue (Jai Courtney). Eles apareceram no longa de 2016 e conseguiram escapar incólumes da má-fama do filme, o que lhes garantiu essa volta. No caso da Arlequina, isso era mais do que óbvio, visto o sucesso que a personagem fez.

Já entre os estreantes, temos alguns destaques. O principal deles é o Sanguinário, vivido aqui por Idris Elba. O trailer mais recente do filme mostrou que ele deve ser um dos protagonistas da história e que todo o arco dramático deve girar em torno da sua relação conturbada com a filha e sua entrada na Força Tarefa X vai levar a uma história de redenção — de forma muito próxima, inclusive, ao que a gente viu no filme anterior com o Pistoleiro do Will Smith.

Ainda não sabemos o que ele vai fazer nos cinemas, já que vimos pouco de suas habilidades nos vídeos divulgados. Contudo, assim como nas HQs, ele foi preso após ter enviado o Superman para a UTI com um tiro de bala de kryptonita. É justamente por esse feito que Amanda Waller decide recrutá-lo para o Esquadrão.

Outro nome que a gente certamente vai ouvir muito depois da estreia é o do Tubarão-Rei. O vilão do Flash já apareceu na série do Velocista Escarlate, mas a versão criada por James Gunn tem tudo para conquistar o público. Dublado por ninguém menos do que Sylvester Stallone, o monstro é uma mistura de criatura assassina e ser fofinho e ingênuo.

(Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

Confira a relação completa de personagens que vão formar o novo Esquadrão Suicida no DCEU:

  • Amanda Waller;
  • Arlequina;
  • Rick Flag;
  • Sanguinário;
  • Tubarão-Rei;
  • Capitão Bumerangue
  • Pacificador (John Cena): um fanático pacifista que diz que seria capaz de matar pela paz e pela justiça;
  • Sol Soria (Alice Braga): personagem criada especialmente para o filme.
  • Bolinha (David Dastmalchian): um dos primeiros vilões do Batman cujos poderes é arremessar bolinhas;
  • Caça-Ratos 2 (Daniela Melchior): filha do vilão Caça-Ratos original, foi criada especialmente para o filme e deve controlar ratos igual seu pai;
  • Sábio (Michael Rooker): um vilão extremamente inteligente que queria ser vigilante de Gotham por achar isso “legal e sexy”;
  • Mongal (Mayling Ng): nos quadrinhos, é filha do vilão espacial Mongul, o que faz dela uma extraterrestre extremamente poderosa;
  • Doninha (Sean Gunn): uma doninha-humana que já matou 27 crianças, segundo o trailer do filme;
  • Blackguard (Pete Davidson): vilão do Guardião Dourado que possui uma armadura muito poderosa. Apenas isso mesmo;
  • Pensador (Peter Capaldi): um advogado que se sente intelectualmente superior e cria um dispositivo que amplia sua inteligência e lhe dá poderes telecinéticos;
  • Dardo (Flula Borg): vilão do Lanterna Verde que derrotou o herói lambuzando-o de mel;
  • T.D.K. (Nathan Fillion): outro personagem criado para o filme. Seus poderes consistem em arrancar os próprios braços.

Por ser um elenco um tanto quanto inchado, é bem provável que a gente veja dois grupos sendo apresentados em tela. O primeiro deles vai morrer em sua missão inicial, tendo que ser substituído pelo time que vai ficar a maior parte do filme em tela — essa estrutura, inclusive, era bem recorrente nas histórias do Esquadrão Suicida nos quadrinhos.

E para justificar essa troca de personagens, devemos ter o grande vilão da história toda: Starro, a estrela do mar gigante que apareceu em um dos trailers. Nas HQs, ele foi a primeira grande ameaça da Liga da Justiça e sempre foi especulado quando ele apareceria nos filmes — algo que nunca aconteceu por ser considerado ridículo demais. E deve ter sido essa característica que fez James Gunn tê-lo colocado no filme.

O Esquadrão Suicida: trailers 

Até agora, tivemos apenas dois trailers divulgados de O Esquadrão Suicida, além de um teaser que apresentou os personagens e revelou quem serão os atores que irão interpretá-los.

No caso do primeiro trailer, ele traz o conceito do grupo — um bando de vilões recrutados por Amanda Waller que, se desobedecerem suas ordens, têm suas cabeças explodidas — e mostra parte do time tendo que ir em missão para resgatar a Arlequina. É também nesse vídeo que temos um primeiro vislumbre do vilão Starro.

Há ainda uma versão alternativa desse conteúdo que não expande muita coisa, mas traz algumas cenas inéditas — como a piada em que o Pacificador, para alcançar a paz, seria capaz de matar quantos homens, mulheres e crianças fossem necessários.

Já o segundo trailer é mais autocontido e centrado na trama do Sanguinário, explicando como ele derrubou o Superman, seu drama familiar e a relação com Waller. Além disso, vemos outra formação do grupo indo em missão ao mesmo tempo em que tentam descobrir o que diabos é o Doninha — guarde essa cena, porque vamos voltar a falar dela.

O Esquadrão Suicida: o que esperar 

A sinopse oficial do filme não revela muita coisa sobre a sua história, descrevendo muito mais o clima da coisa toda.

"O roteirista e diretor James Gunn está de volta à aventura de ação de super-heróis, agora com a trupe de delinquentes mais degenerados da DC, em O Esquadrão Suicida, da Warner Bros. Pictures.

Bem-vindo ao inferno, também conhecido como Belle Reve, a penitenciária com a maior taxa de mortalidade nos Estados Unidos, onde são mantidos os piores supervilões, dispostos a fazer qualquer coisa para escapar – até mesmo integrar a supersecreta e supersombria Força Tarefa X. Qual é a missão de vida e morte para hoje? Reunir um grupo de prisioneiros de alta periculosidade como Sanguinário, Pacificador, Capitão Bumerangue, Caça-Ratos 2, Sábio, Tubarão-Rei, Blackguard, Dardo, e a psicopata favorita de todos, Arlequina. Em seguida, armar todos até os dentes e jogá-los (literalmente) na remota ilha Corto Maltese.

Na selva povoada de militantes adversários e forças de guerrilha que aparecem do nada a cada momento, os integrantes do Esquadrão estão em uma missão de busca e destruição, e o Coronel Rick Flag é o único homem em terra responsável por fazê-los se comportar... além dos técnicos do governo da equipe de Amanda Waller, falando em seus ouvidos e rastreando cada movimento deles. Como sempre, basta um movimento errado e eles vão acabar mortos (seja nas mãos dos inimigos da ilha, de um companheiro de equipe ou da própria agente Amanda Waller). Se alguém estivesse disposto a fazer uma aposta em dinheiro, a escolha mais inteligente seria contra eles, todos eles".

Com base nessa descrição, realmente não temos muito como imaginar o que vai vir por aí. Contudo, levando em conta os quadrinhos e os dois trailers divulgados até aqui, já é possível visualizar com um pouco mais de clareza o que está por vir.

principal teoria é que o Pensador tem alguma relação com o vilão Starro (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

Como dito antes, as HQs do Esquadrão Suicida sempre tinham essa formação de dois times, sendo que um deles existia apenas para morrer e mostrar como a missão era perigosa ou o que acontecia com quem tentava desobedecer as ordens de Waller. A gente viu algo parecido no filme anterior e é bem provável que isso se repita aqui.

Assim, a história deve mostrar uma primeira equipe sendo recrutada para essa missão na parte inicial da história. Basicamente, é o grupo que aparece na cena do avião no segundo trailer ou em frente à bandeira no primeiro clipe. Rick Flag, Arlequina, Doninha, Capitão Bumerangue, T.D.K., Dardo, Blackguard, Mongal e Sábio devem ser enviados para a tal ilha de Corto Maltese e tudo dá errado, com boa parte morrendo. É nesse contexto que a Arlequina é dada como sequestrada.

A partir disso, Amanda Waller forma um segundo time (Sanguinário, Bolinha, Tubarão-Rei, Caça-Ratos 2, Pacificador) para resgatar a palhaça e apagar os vestígios do projeto Estrela do Mar. É a partir disso que vemos ver a maior parte do filme se desenrola, com eles encontrando o Pensador, que deve ter alguma ligação com o vilão Starro.

(Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

Além disso, devemos ver um drama familiar envolvendo o Sanguinário e sua filha, com ele tentando se aproximar dela e buscando algum tipo de redenção. Isso parece ficar bem claro no segundo trailer, quando ela vê seu pai lutando contra uma estrela do mar gigante na TV.

Outro ponto que devemos esperar de O Esquadrão Suicida é o seu humor ácido. A gente viu isso funcionar muito bem em Guardiões da Galáxia, que ainda tinha a mão pesada da Disney segurando algumas piadas e tentando evitar que o tom do filme ficasse mais pesado. Aqui, por outro lado, devemos ter personagens muito mais bocas-sujas e um humor bem politicamente incorreto. Isso sem falar da violência, como na cena em que o Tubarão-Rei literalmente abre alguém ao meio.

E se o tom for como os trailers apresentam, a gente pode esperar um filme que entrega aquilo que a gente realmente espera de um Esquadrão Suicida: muita ação, um humor um tanto quanto errado e personagens cativantes — algo bem ao estilo James Gunn.

O Esquadrão Suicida: data de lançamento

O novo Esquadrão Suicida está programado para estrear no Brasil em 5 de agosto de 2021 e no dia seguinte nos Estados Unidos. Só que isso não quer dizer que a gente vai mesmo assistir ao longa nesta data, uma vez que vários estados ainda estão com medidas restritivas que impedem a abertura de salas de cinema como forma de conter o avanço da COVID-19. Por isso, tudo ainda está bem incerto e o recomendado é você conferir as políticas sanitárias da sua região para saber como vai ser.

Uma solução é esperar um pouco para conferir o retorno de Arlequina e Rick Flag na HBO Max. A promessa do serviço de streaming é disponibilizar os filmes novos da DC 35 dias após o lançamento nos cinemas, ou seja, a partir do dia 9 de setembro. Nos EUA, o lançamento vai ser simultâneo com os cinemas.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.