Não deu: relançamento de Vingadores: Ultimato não supera bilheteria de Avatar

Por Rafael Arbulu | 01 de Julho de 2019 às 13h37

Não foi desta vez, Disney: o relançamento de Vingadores: Ultimato nos cinemas, promovido pela empresa nos dias 28, 29 e 30 de junho, não conseguiu superar o recorde de maior bilheteria global estabelecido em 2009 por Avatar, de James Cameron. Domesticamente, a batalha final entre os heróis mais poderosos da Terra e o titã louco Thanos atingiu a marca de US$ 5,5 milhões e a receita global ficou em US$ 2,3 milhões.

A reestreia do filme nos cinemas vem com 18 segundos de conteúdo extra — especificamente, uma cena com o Hulk (esse link contém spoilers). Rumores que antecederam o relançamento do filme mencionavam também uma cena extra com o Homem-Aranha (que tem filme próprio — Homem-Aranha: Longe de Casa — estreando em 4 de julho) e um tributo a Stan Lee, criador da maioria dos heróis da Marvel, falecido em novembro de 2018), mas isso acabou não se concretizando.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Essa “versão estendidinha” de Vingadores: Ultimato também não traz qualquer menção a Katherine Langford: a atriz que protagonizou a série 13 Reasons Why confirmou que teve uma ponta no filme da Marvel, fazendo uma cena em que vivia uma versão adulta de Morgan Stark, filha de Tony Stark, o Homem de Ferro. Segundo os irmãos Anthony e Joe Russo, diretores do filme, a cena não teve boa receptividade (cuidado com os spoilers no link) quando exibida em audiências de teste e acabou exluída.

Vingadores: Ultimato: relançamento com cena extra nos cinemas americanos não conseguiu superar recorde de bilheteria de Avatar (Imagem: Divulgação/Marvel Studios/Disney)

Avatar, do diretor James Cameron, segue com o recorde de maior bilheteria do mundo, com receita de pouco mais de US$ 2,78 billhões. Ultimato vem logo atrás, com aproximadamente US$ 2,76 bilhões. Em suma, Avatar está com vantagem de pouco mais de US$ 27 milhões.

Parece pouco, mas analistas já dão a corrida pelo recorde como causa perdida para a Disney. É praticamente impossível que Vingadores: Ultimato atinja o volume necessário para superar Avatar e, com a chegada do novo filme do Homem-Aranha programada para esta semana, os fãs da Marvel devem voltar sua atenção ao novo longa-metragem.

Em contato com o Canaltech, a Disney confirmou que o relançamento de Vingadores: Ultimato no Brasil acontecerá na próxima quinta-feira, dia 11 de julho.

Fonte: IGN

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.