Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

20 filmes que fazem 20 anos em 2024

Por| Editado por Durval Ramos | 04 de Janeiro de 2024 às 18h08

Link copiado!

New Line Cinema, Pixar, Paramount Pictures, Globo Filmes
New Line Cinema, Pixar, Paramount Pictures, Globo Filmes

O ano de 2024 chegou para mostrar que realmente estamos envelhecendo. Isso porque muitos filmes que fizeram sucesso na nossa infância ou juventude completarão nada menos do que 20 anos de lançamento nos próximos meses. Quem não se lembra de ir ao cinema assistir a Tobey Maguire vestido com as roupas do aracnídeo para combater o crime e derrotar o Doutor Octopus em Homem-Aranha 2? Ou então teve que pedir para a mãe para ir ao cinema assistir a Os Incríveis? Pois esses filmes estão completando duas décadas.

Entre cinebiografias, dramas, comédias românticas, longas de ação e até mesmo comfort movies, o que não faltam são títulos para provar que o tempo passa para todos. E agora chegou o momento de preparar a pipoca e rever esses clássicos que nos fizeram tão felizes — mas que agora só nos fazem sentir o peso da idade.

Continua após a publicidade

20. Os Incríveis

Nada melhor para começar essa lista do que uma animação que fez a infância de muita gente mais feliz. Criada e dirigida por Brad Bird (Ratatouille), o filme conta a vida de Roberto, um super herói cujo codinome era Senhor Incrível e que foi obrigado pelo governo a levar uma vida comum.

Anos depois, já casado e com três filhos, ele recebe a chance de voltar à vida de herói quando um comunicado misterioso o convida para uma missão secreta. Só que agora, ele contará com a ajuda de toda a família para derrotar o vilão.

Dublado por Samuel L. Jackson como Gelado (na versão em inglês), o filme conquistou tanto as crianças quanto os adultos ao trazer uma dinâmica muito boa de super-heróis em uma época em que o gênero ainda não era o colosso que é hoje. Tanto que muitos fãs de quadrinhos enxergam em Os Incríveis a melhor adaptação já feita de Quarteto Fantástico — embora a Marvel nem fosse parte da Disney quando a animação foi lançada.

Os Incríveis está disponível no Disney+.

19. Shrek 2

Continua após a publicidade

De uma animação para outra, Shrek 2 também completa 20 anos em 2024. O longa, que é a continuação direta do desenho que revolucionou a indústria com seu estilo mais sarcástico, mostra o ogro e Fiona voltando da lua-de-mel e recebendo uma carta do pai dela chamando-os para um jantar no castelo. É claro que o Rei e a Rainha nem imaginam que a filha, que era uma princesa, se casou com um ogro que vive em um pântano.

Com muito esforço, Fiona convence Shrek a ir, mas ele leva o Burro a tira colo para lhe dar apoio moral. Só que o que ele não contava era que um Gato de Botas surgiria nessa história, enviado pelo rei para separá-lo de sua amada. Aliás, o gatuno é um personagem tão bom que virou personagem recorrente na franquia, ganhando até mesmo dois filmes spin-offs.

Tão divertido quanto o primeiro, Shrek 2 trouxe Antonio Banderas dublando o bichano na versão original e ainda foi indicado ao Oscar de Melhor Animação e Melhor Canção Original. Vale lembrar ainda que ele estreou no Festival de Cinema de Cannes de 2004, onde competiu pela Palma de Ouro. Além disso, foi o último filme da série a contar com a dublagem de Bussunda, falecido em 2006.

Todo esse sucesso fez da franquia uma das melhores animações até hoje, e quem quiser vê-lo, o encontra no Prime Video, Netflix, Globoplay , Apple TV+ e Google Play.

Continua após a publicidade

18. Homem-Aranha 2

E por falar em continuações que completam 20 anos, Homem-Aranha 2 também sopra as velinhas em 2024. O filme foi o segundo da trilogia estrelada por Tobey Maguire e mostra Peter Parker tendo que lidar com o luto pela morte do seu tio Ben, com a raiva que seu melhor amigo sente pelo herói após a morte do Duende Verde e ainda com uma série de problemas pessoais, como sua crônica falta de dinheiro.

Em meio a tudo isso, ele recebe outra má notícia: a do surgimento do Dr. Octopus, um vilão macabro que tem tentáculos presos ao corpo. Agora, ele precisa agir rápido antes que as coisas fiquem ainda piores.

Continua após a publicidade

Dirigido por Sam Raimi (Uma Noite Alucinante), o longa recebeu elogios da crítica pelo enredo, direção, trilha sonora e efeitos visuais, ganhando, inclusive, o Oscar nessa categoria. Há quem aponte Homem-Aranha 2 como o melhor filme do herói já feito, superando até mesmo as versões mais recentes produzidas pelas Marvel.

Quem quiser se pendurar nas teais da nostalgia, o encontra na Netflix, Apple TV+, Google Play, Microsoft Store.

17. Kill Bill Vol. 2

Continua após a publicidade

Mais uma continuação que completa 20 anos em 2024 é Kill Bill, do diretor Quentin Tarantino. Na trama, a Noiva (Uma Thurman) acorda do coma depois de quatro anos e parte em busca dos seus antigos companheiros para matá-los.  Ela sai a procura de Bill e ataca os últimos dois sobreviventes do grupo: Budd (Michael Madsen) e Elle Driver (Daryl Hannah).

Lançado apenas seises meses depois do primeiro longa, o filme marcou a terceira parceria de Tarantino com Samuel L. Jackson e também foi um sucesso de público e crítica, sendo indicado ao Globo de Ouro e MTV Movie Awards. 

Reforçando a sua marca de criar filmes sangrentos, Tarantino utilizou cerca de 450 galões de sangue falsos. Isso ajudou a imprimir um estilo bastante peculiar para o longa, que misturava várias referências japonesas à linguagem cinematográfica, trazendo essa violência caricata que fazia tudo parecer um grande anime. O resultado é que Kill Bill 2 entrega algumas das melhores lutas do cinema, seja por causa das excelentes coreografias ou por criar momentos icônicos, como o Golpe dos 5 Pontos de Pai Mei.

Kill Bill Vol. 2 está disponível no Globoplay e na Microsoft Store.

Continua após a publicidade

16. Closer: Perto Demais 

Estrelado por Julia Roberts, Jude Law e Natalie Portman, Closer: Perto Demaisse tornou um dos filmes de romance mais famosos da contemporaneidade. Baseado na peça de teatro homônima do dramaturgo inglês Patrick Marber, a trama tece uma teia de relacionamentos que se complica cada vez mais com o passar do tempo.

De um lado, Anna (Roberts) é uma fotógrafa bem sucedida que, após o divórcio, se encanta com Dan (Law), um aspirante a escritor que passa os dias redigindo obituários. Apesar disso, ela acaba se casando com Larry (Clive Owen) e mantém sua relação extraconjugal com o jovem de forma secreta. Enquanto isso, o rapaz usa Alice (Portman), uma stripper, como musa inspiradora. O problema é que com o passar do tempo, esse quarteto amoroso vai ficando complicado demais.

Continua após a publicidade

Indicado a duas categorias do Oscar — Melhor Ator Coadjuvante para Clive Owen e Melhor Atriz Coadjuvante para Natalie Portman — Closer foi recebido pelo público e pela crítica com elogios. Vale saber que o longa quase chegou a ser estrelado por Cate Blanchett (Tár), mas a atriz teve que desistir de viver Anna devido à sua gravidez.

Quem quiser ver ou rever esse clássico que completa 20 anos em 2024 o encontra no Prime Video, Apple TV+, Netflix e Google Play.

15. Efeito Borboleta

Continua após a publicidade

De um sucesso para outro chegamos a Efeito Borboleta, um filme protagonizado por Ashton Kutcher no qual ele vive um jovem que tem lapsos de regressão e acaba voltando ao passado repetidas vezes como forma de tentar consertar as coisas. O problema é que todas as atitudes que ele toma afetam drasticamente o seu presente e futuro.

Com um roteiro um tanto confuso quanto interessante, o filme foi um dos grandes lançamentos de 2004 e conseguiu uma bilheteria de quase US$ 100 milhões (cerca de R$ 500 milhões). O sucesso foi tanto que dois anos depois, ele ganhou uma continuação e, mais do que isso, virou referência quando o assunto é viagem no tempo e os efeitos de mexer com o passado.

Considerado por muitos como uma das melhores ficções-científicas da atualidade, o longa ajudou a projetar ainda mais a carreira de Kutcher. Atualmente, o filme pode ser encontrado na HBO Max.

14- A Paixão de Cristo

Continua após a publicidade

Agora chegou a vez de falar de um dos filmes mais polêmicos dessa lista. Dirigido por Mel Gibson, o longa retrata as últimas 12 horas de vida de Jesus Cristo antes de ser crucificado, mas apesar de ser uma trama já conhecida do público, a obra chamou atenção por outros motivos.

O primeiro deles é que o enredo foi acusado de ser antissemita e ajudar a disseminar o ódio contra os judeus, já que a trama pesa a mão ao mostrar povo como culpado pelo calvário do Cristo. Na época de lançamento, membros da comunidade judaica chegaram a boicotar a obra.

Outro motivo é que o filme é extremamente violento, chegando a ter momentos explícitos de tortura. Isso causou um mal estar com a audiência e o próprio ator Jim Caviezel, que deu vida ao protagonista, também sofreu nas gravações. O ator teve um ombro deslocado, um corte devido a uma chibatada, pegou pneumonia e ainda foi atingido por um raio. Apesar disso tudo, ele disse que o filme mudou sua vida e foi como um chamado de Deus. Por outro lado, muita gente não aguentou as fortes emoções e morreu nas salas de cinema do mundo todo.

Continua após a publicidade

Polêmicas à parte, fato é que A Paixão de Cristo foi um sucesso de bilheteria e agora pode ser assistido no Star+.

13. O Fantasma da Ópera

Outro filme que fez muito sucesso em 2004 e até hoje é considerado um clássico é o musical O Fantasma da Ópera. Estrelado por Gerard Butler e Patrick Wilson (Sobrenatural), a trama conta a história do Fantasma, um homem que usa uma máscara para esconder um defeito congênito e vive em um esconderijo embaixo de uma ópera que fica em Paris.

Um dia, ele se aproxima da vocalista Christine Daae e a ajuda a conseguir os principais papéis nas peças de teatro. Só que, quando a mocinha cai de amores por Raoul, um benfeitor das artes, o Fantasma vê a raiva tomar o lugar da paixão e arma um plano para separar o casal.

Com três indicações ao Oscar, essa adaptação foi guiada por Andrew Lloyd Webber, um compositor e produtor musical britânico que compôs nada menos que 15 minutos de novas músicas para o filme. Exigente com a qualidade do trabalho que iria entregar, ele pediu que os próprios atores cantassem em cena, dispensando dublagens.

Atualmente, o filme pode ser alugado na Apple TV+ e no Google Play.

12. O Expresso Polar

O ano de 2004 também preparou uma boa surpresa para os fãs de filmes de Natal. Isso porque O Expresso Polar chegou contando a história de um menino que, descrente da magia da data, buscava alguma forma de ainda acreditar no Papai Noel. 

De repente, ele é surpreendido por um grande barulho fora da sua casa e descobre um trem gigantesco com destino ao Pólo Norte. Convidado pelo condutor, ele embarca nessa aventura que se torna uma verdadeira jornada de autodescoberta. 

Mais do que um simples filme de Natal, O Expresso Polar reforça a importância de deixar as crianças acreditarem e viverem suas fantasias. Por ter sido feito com sensores de captura de movimentos presos aos atores, o filme permitiu que Tom Hanks interpretasse cinco personagens diferentes, sendo um deles o condutor do trem. Era uma tecnologia inovadora para a época que prometia visuais fotorrealistas, ainda que hoje tenha virado piada por causa dos olhos sem expressão.

O Expresso Polar está disponível no Prime Video, no Google Play e na Apple TV+.

11. O Terminal

Já que falamos em Tom Hanks, vale lembrar desse filme que também completa 20 anos em 2024. Dirigido por Steven Spielberg, o longa mescla comédia, drama e romance para contar a história de Viktor Navorski (Hanks), um cidadão da Europa Oriental que viaja a Nova York justamente quando o seu país sofre um golpe de Estado. 

Isso faz com que seu passaporte fique inválido e ele seja impedido de entrar nos Estados Unidos. Só que ele também não pode voltar à sua terra natal, já que todas as fronteiras foram fechadas. Como consequência, Viktor passa a viver dias e noites no terminal do aeroporto, na esperança de que tudo se resolva o mais breve possível. Mas sem vislumbrar nenhuma solução aparente, ele passa a descobrir o complexo mundo que está por trás do local onde está.

Inspirado na história real de Merhan Nasseri, um refugiado iraniano, o filme marcou a terceira parceria de Hanks com o diretor. Antes dele, a dupla tinha trabalhado em O Resgate do Soldado Ryan (1998) e Prenda-me Se For Capaz(2002).

Quem quiser assistir ao longa, o encontra no Google Play, Microsoft e Apple TV+.

10. Menina de Ouro

Dirigido por Clint Eastwood (Gran Torino), esse filme de 2004 conta a história de Frankie Dunn, um agenciador e treinador de grandes boxeadores que um dia se depara com um novo desafio: treinar Maggie Fitzgerald (Hilary Swank), uma jovem talentosa que ainda não foi lapidada para o esporte. Só que há um problema: Frankie não treina mulheres e ainda acredita que Maggie está velha demais para começar uma carreira no esporte.

Mesmo com a negativa de Frankie, a jovem não desiste e passa a treinar diariamente no ginásio que ele coordena. E é claro que, com o passar do tempo, o experiente treinador acaba cedendo ao talento de Maggie e os dois formam uma dupla imbatível dentro e fora do ringue.

Com Morgan Freeman e o próprio Clint no elenco, A Menina de Ouro ganhou o Oscar de Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Atriz para Hilary e Melhor Ator Coadjuvante para Freeman. O filme também venceu duas categorias no Globo de Ouro: Melhor Diretor e Melhor Atriz de Drama.

O que muita gente não sabe é que a trama de sucesso foi filmada em tempo recorde: apenas 38 dias. Quem quiser dar uma chance à obra, o encontra na HBO Max e Google Play.

9. O Dia Depois de Amanhã 

Indicado ao Prêmio BAFTA de Cinema e ao MTV Movie Award, essa ficção-científica dirigida por Roland Emmerich mostra a Terra sofrendo alterações climáticas severas que comprometem a vida da humanidade — ou seja, parece até uma previsão do mundo 20 anos depois. Como consequência disso, os habitantes do norte do planeta rumam para o sul em busca de sobrevivência. O único que vai contra essa corrente é o paleoclimatologista Jack Hall, já que acredita que o seu filho possa estar perdido em Nova York. 

Apesar de ter feito sucesso com a audiência, esse filme de 2004 foi considerado uma das ficções-científicas mais incorretas dos últimos anos e a própria NASA se recusou a dar alguma mentoria para o enredo. Ainda assim, ele conseguiu fazer barulho com os espectadores por ser um divertido filme-catástrofe.

Quem quiser assisti-lo, o encontra no Star+.

8. O Aviador

Estrelado por Leonardo DiCaprio e dirigido por Martin Scorsese, O Aviador conta a história real de Howard Hughes, um jovem que ficou milionário aos 18 anos devido à herança que seu pai lhe deixou. Só que todo esse dinheiro fez dele uma figura bastante excêntrica — para dizer o mínimo.

Ele passou a investir na indústria cinematográfica, alavancando a carreira de alguns atores e atrizes. Ao mesmo tempo, tinha que lidar com a depressão e alguns outros transtornos mentais que o transformaram em uma pessoa totalmente reclusa.

Aclamado pelos especialistas, O Aviador foi indicado a 11 categorias do Oscar e levou cinco estatuetas para a casa em Melhor Atriz Coadjuvante (Cate Blanchett), Melhor Edição, Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte e Melhor Figurino.

Vale lembrar que o filme foi baseado na vida do verdadeiro Hughes, um homem tão excêntrico quanto rico e que, entre outras manias, tinha o hábito de não tomar banho e nem cortar as unhas, além de guardar a própria urina em potes.

Quem quiser conhecer mais da história da vida de Howard, pode dar o play no filme na Apple TV+ e Google Play.

7. A Supremacia Bourne

Quem gosta de filmes de ação e espionagem vai gostar de relembrar esse título que também completa 20 anos em 2024. Na trama, o assassino Jason Bourne (Matt Damon) deixou o passado de crimes para trás e agora vive como um nômade de cidade em cidade com medo de ser descoberto. Acontece que, um dia, um novo jogo de perseguição internacional faz com que ele tenha que confrontar inimigos antigos e inesperados.

Segundo filme de uma trilogia, o longa conseguiu ótimos resultados no Rotten Tomatoes. Com os especialistas cravou 82% de aprovação e com a audiência comum conquistou 90%. O consenso é que ele é uma continuação consistente e bem produzida. Quem quiser assisti-lo, o encontra no Star+, Prime Video, Apple TV+ e Google Play.

6. Antes do Pôr-do-Sol

Da ação para o romance água com açúcar, Antes do Pôr-do-Sol conta a história de Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy), dois estranhos que se conhecem por acaso em uma viagem de trem de Budapeste para Viena e passam o dia todo juntos conversando, se separando apenas ao anoitecer. 

Nove anos depois, eles se reencontram por obra do destino e decidem passar algumas horas relembrando o que aconteceu naquele dia e como suas vidas mudaram ao longo do tempo. Com muitas cenas românticas, o longa também marca o segundo capítulo de uma trilogia de sucesso. E vale notar que ele realmente foi lançado nove anos depois do primeiro título, Antes do Amanhecer, que é de 1995.

Outra curiosidade é que o filme chegou a ser indicado ao Oscar na categoria Melhor Roteiro Adaptado. Atualmente, ele está disponível na HBO Max, no Google Play e na Apple TV+.

5. O Espanta-Tubarões

Pense em uma animação divertida na qual um peixe alto astral acaba se metendo em uma tremenda confusão após falar uma mentira. Esse é o enredo de O Espanta-Tubarões, filme que chegou aos cinemas em 2004 e contou a vida de Oscar, um peixe pequeno que presencia a morte do filho do tubarão-chefe. 

Para bancar o valente, ele decide contar para todos que é o autor do assassinato, e isso o torna automaticamente uma celebridade. O que ele não imaginava, era que os outros peixes iriam pedir que ele repetisse a façanha para eliminar os demais valentões do aquário.

Dublado por Will Smith na versão original, Oscar se mostrou um peixe tão carismático quanto Nemo (de Procurando Nemo) e seu filme conquistou tanto os adultos quanto as crianças, além de ter sido indicado ao Oscar na categoria Melhor Filme de Animação. Quem quiser assisti-lo, o encontra no Claro Video e Prime Video.

4. O Castelo Animado

Outra animação que completa 20 anos em 2024 é O Castelo Animado, um clássico produzido pelo Studio Ghibli e comandado pelo diretor japonês Hayao Miyazaki (A Viagem de Chihiro). O filme é um dos mais conhecidos do estúdio principalmente por causa de sua história mais voltada para o romance, mas sem abrir mão de toda a fantasia que marca do trabalho do cineasta.

Na trama, Sofia é uma jovem de 18 anos que trabalha na chapelaria da família e um dia acaba se encantando com Howl, um mágico muito sedutor, mas cujo caráter não é tão bom assim. Um dia, uma feiticeira confunde a relação que existe entre os dois jovens e lança uma maldição que faz com que a mocinha se torne uma idosa de 90 anos.

Desesperada, ela foge e encontra o Castelo Animado de Howl, onde começa a trabalhar como empregada doméstica enquanto busca uma maneira para reverter a maldição.

Baseado em um mangá, O Castelo Animado foi indicado ao Oscar de Melhor Animação no ano seguinte, e atualmente pode ser assistido na Netflix.

3. Meninas Malvadas

É impossível falar em filmes que completam 20 anos em 2024 sem citar um ícone dos anos 2000: Meninas Malvadas. Estrelado por Lindsay Lohan, o filme conta a história de Cady, uma menina que cresceu na África e foi alfabetizada pelos pais em casa, sem nunca ter ido à escola. Quando chega aos Estados Unidos, é matriculada em uma escola pública onde conhece "as poderosas", um grupo de garotas mimadas e superficiais que fazem da vida de todos um inferno.

A fim de derrotar o império de Regina George, a abelha rainha do grupo, Candy acaba se envolvendo em várias confusões, colocando em risco suas poucas amizades e deixando até mesmo sua personalidade de lado. Felizmente ela consegue reverter isso a tempo, mas não sem antes se envolver em mais uma série de problemas.

Marcado como um dos principais filmes da carreira de Lohan, Meninas Malvadas é um dos principais 'girl movies'  (filmes de meninas) da década e já foi reprisado várias vezes na Sessão da Tarde, sempre fazendo sucesso com o público.

Atualmente o longa está disponível na Netflix, Paramount+, Globoplay, Apple TV+, Microsoft e Paramount+. Vale lembrar que, em janeiro de 2024, chega aos cinemas o remake em forma de musical.

2. De Repente 30

De Repente 30 de repente fez 20 anos. Sim, estamos ficando velhos e a comédia estrelada por Jennifer Garner e Mark Ruffalo já tem duas décadas nas costas. Na trama, uma menina de 13 anos, cansada dos dramas da adolescência, deseja ter 30 anos logo, afinal ela pensa que essa é a idade do sucesso. Coitadinha...

Quando acorda no dia seguinte, ela percebe que finalmente está com a idade que sempre sonhou, mas o que deveria ser o melhor momento da sua vida se transforma em um verdadeiro caos. 

Provando que não adianta nada pular etapas da vida, esse filme dirigido por Gary Winick (Noivas em Guerra) se tornou um queridinho do público adolescente e adulto e também foi reprisado várias vezes na Sessão da Tarde e marcou a juventude de muita gente — principalmente aqueles que sonhavam em virar adulto logo, mostrando que ser gente grande não é tão divertido quanto parece.

De Repente 30 está disponível no Paramount+, Apple TV+ e Netflix.

1. Cazuza: O Tempo Não Pára

Por fim, um clássico do cinema nacional também completa 20 anos em 2024. Cazuza: O Tempo Não Para é uma das melhores cinebiografias já produzidas até hoje. Com Daniel de Oliveira no papel principal, o longa conta a vida profissional e pessoal de um dos artistas brasileiros mais icônicos dos últimos tempos.

Nascido sob o nome de Agenor, Cazuza era filho de um poderoso empresário musical, mas não recebeu muito incentivo do pai para entrar no mundo da música. Teimoso, fundou a banda de rock Barão Vermelho, com a qual fez bastante sucesso no Brasil. Após alguns desentendimentos, no entanto, o grupo se separou e Cazuza seguiu carreira solo, mas sua vida foi interrompida quando ele morreu em 1990, aos 32 anos, vítimas da AIDS.

O longa retrata toda essa jornada a partir dos olhos de sua mãe, Lucinha Araújo, magistralmente vivida pela atriz Marieta Severo. A trama é inspirada no livro Cazuza: Só as Mães São Felizes, em que Lucinha conta toda a vida do seu filho em um relato cheio de emoção. O filme ainda traz Reginaldo Faria como seu pai João e ainda tem Andréa Beltrão, Leandra Leal, Débora Falabella e Maria Flor.

O longa está disponível no Prime Video, Paramount+, Google Play e Apple TV+.