AMD anuncia Radeon RX 6850M XT e primeiras GPUs em 6 nm do mercado

AMD anuncia Radeon RX 6850M XT e primeiras GPUs em 6 nm do mercado

Por Renan da Silva Dores | Editado por Wallace Moté | 04 de Janeiro de 2022 às 12h53
Divulgação/AMD

A AMD acaba de anunciar durante sua conferência na CES 2022 uma série de novas GPUs gamer da família Radeon RX 6000M para notebooks, incluindo o chip gráfico mais poderoso da empresa para notebooks e as primeiras soluções em 6 nm do mundo. A gigante também revelou suas primeiras apostas de alto desempenho para notebooks ultrafinos, mirando nos modelos "Max-Q" da Nvidia.

Radeon RX 6050M traz novo patamar de desempenho

Os modelos mais potentes anunciados chegam como uma espécie de "refresh" das soluções lançadas pela empresa no ano passado, trazendo assim as terminações 50M e 50M XT. As novidades são lideradas pela Radeon RX 6850M XT, que chega para enfrentar a RTX 3080 mobile e assumir o posto de GPU mais poderosa já lançada pela AMD nos laptops.

Assim como a RX 6800M, a RX 6850M XT utiliza o chip Navi 22 fabricado em 7 nm, com 40 Unidades Computacionais (CUs) e 2.560 núcleos, acompanhado de 12 GB de VRAM GDDR6 e 96 MB de Infinity Cache. Para turbinar a performance, foram feitos ajustes no consumo, nos clocks e na memória — o lançamento pode ser configurado com TGP entre 130 W e 165 W, faixa acima dos 145 W da 6800M, e atinge Game Clock de 2.463 MHz, aumento de pouco mais de 160 MHz.

Mesmo mantendo a interface de 192-bit, a RAM apresenta clock de 18 Gbps, em vez do padrão de 16 Gbps, o que permitiu à largura de banda saltar de 384 GB/s para 432 GB/s. Além disso, o poder computacional sai de 11,7 TFLOPs para chegar aos 12,6 TFLOPs. Na prática, a AMD promete ganhos de 7% em média em comparação à RX 6800M.

A linha Radeon RX 6000M recebeu 5 novos modelos, com destaque para a topo de linha RX 6850M XT (Imagem: Reprodução/AMD)

Também foram reveladas as novas RX 6650M e RX 6650M XT, soluções intermediárias que podem ser as mais populares entre os usuários, especialmente diante da crise global de chips. Seguindo os passos do modelo topo de linha, a RX 6650M é bastante similar à RX 6600M, trazendo as mesmas 28 CUs e 1.792 núcleos, com 8 GB de RAM GDDR6 e 32 MB de Infinity Cache, mas empregando clocks mais altos na GPU e memórias, além de maior consumo.

A RAM também sobe para 18 Gbps, trazendo assim 256 GB/s de largura de banda, enquanto o consumo pode ser estabelecido entre 80 W e 120 W, possibilitando à novidade entregar um Game Clock de 2.222 MHz, com 7,9 TFLOPs de poder computacional. Mais interessante, a RX 6650M XT oferece um upgrade mais marcante, trazendo configuração inédita de 32 CUs e 2.048 núcleos, com os mesmos 8 GB de RAM e 32 MB de Infinity Cache da variante padrão.

O Game Clock é mais baixo, com 2.162 MHz, mas é compensado pelo chip maior, oferecendo assim 8,8 TFLOPs de poder computacional. Todas estarão presentes em alguns dos modelos mais potentes de notebooks gamer de marcas como Dell, Alienware e outras, que devem ser anunciados no decorrer da CES 2022.

Radeon RX 6500M e 6300M são primeiras GPUs em 6 nm

Confirmando os inúmeros rumores, a AMD também apresentou a Radeon RX 6500M e RX 6300M, duas novas GPUs de entrada focadas em combater a RTX 3050 da Nvidia e atrapalhar os avanços da Intel no mercado de placas de vídeo. Exatamente como especulado, ambas são baseadas no novo chip Navi 24, primeira GPU do mundo fabricada em 6 nm, em configurações ligeiramente diferentes.

Mais potente, a RX 6500M traz a variante completa da GPU, com 16 CUs e 1.024 núcleos, acompanhadas de 4 GB de RAM GDDR6 e 16 MB de Infinity Cache em uma interface de 128-bit, contando assim com largura de banda de 289 GB/s. O consumo é bastante baixo, estabelecido em 35 W, enquanto os clocks atingem os 2.191 MHz em games, o que resulta em 4,4 TFLOPs de poder computacional.

Para máquinas ainda mais básicas, e mirando especificamente na GTX 1650, a RX 6300M é equipada com 12 CUs e 768 núcleos, junto a 2 GB de VRAM GDDR6 e 8 MB de Infinity Cache, a mesma interface de 128-bit e largura de banda de 289 GB/s. O consumo é ainda mais modesto, definido para 25 W, habilitando clocks de 1.512 MHz, para poder computacional de 2,3 TFLOPs.

Radeon RX 6000S é linha gamer para ultrafinos

Outro alvo dos vazamentos, a nova família Radeon RX 6000S foi o último grande anúncio da AMD durante a conferência, e surpreende pelo propósito inesperado de capturar mercado das soluções de baixo consumo da Nvidia.

A empresa destaca que a linha foi projetada para notebooks ultrafinos e mira especificamente nas GPUs GeForce RTX "Max-Q", como eram conhecidos os chips gráficos do time verde com consumo estipulado entre 60 W e 80 W.

As novas GPUs Radeon RX 6000S serão equivalentes às GeForce "Max-Q", focadas em laptops ultrafinos, com menos de 20 mm de espessura (Imagem: Reprodução/AMD)

Infelizmente, diferente das rivais da linha GeForce, que sofrem apenas reduções no consumo, as GPUs RX 6000S apresentam reduções significativas nas configurações em comparação às suas equivalentes de alto desempenho, o que exigirá ainda mais atenção dos consumidores na hora da compra.

A solução mais potente é a RX 6800S, que curiosamente traz especificações bastante semelhantes à RX 6650M XT, salvas as diferenças resultantes do consumo mais baixo: são 32 CUs e 2.048 núcleos, com 8 GB de VRAM GDDR6 e 32 MB de Infinity Cache, interface de 128-bit e largura de banda de 256 GB/s.

O consumo atinge 100 W, número razoavelmente alto considerando a proposta "Max-Q", com Game Clock de 1.975 MHz, o que resulta em 8 TFLOPs de poder computacional. A AMD a posiciona para competir com a RTX 3080 Max-Q e a RTX 3070 Max-Q.

A nova linha será composta pela RX 6800S, RX 6700S e RX 6600S, e promete taxas de quadros de até 100 FPS (Imagem: Reprodução/AMD)

Logo abaixo está a RX 6700S, com aspectos semelhantes à RX 6600M — são 28 CUs e 1.792 núcleos, com 8 GB de VRAM GDDR6 e 32 MB de Infinity Cache, interface de 128-bit e largura de banda de 224 GB/s. O consumo pode ser configurado em até 80 W, entregando Game Clock de 1.890 MHz, o que resulta em até 6,7 TFLOPs de poder computacional. O modelo pretende competir com a RTX 3070 Max-Q e a RTX 3060 Max-Q.

Por fim, a RX 6600S é bastante similar à RX 6700S, mas traz clocks mais baixos e menos memória. As 28 CUs e 1.792 núcleos são mantidos, assim como o consumo de até 80 W e o Infinity Cache de 32 MB, mas o Game Clock atinge apenas 1.881 MHz, enquanto a VRAM é limitada a 4 GB GDDR6. Em suas melhores configurações, a GPU deve oferecer 6,7 TFLOPs de poder computacional, mirando na RTX 3060 Max-Q.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.