Publicidade

Volkswagen | Baixa demanda causa grande demissão em fábrica de carros elétricos

Por| Editado por Jones Oliveira | 19 de Setembro de 2023 às 15h25

Link copiado!

Divulgação/Volkswagen
Divulgação/Volkswagen
Tudo sobre Volkswagen

A Volkswagen anunciou que vai encerrar o contrato de aproximadamente 50% dos funcionários contratados nos últimos anos para trabalhar na fábrica de carros elétricos situada em Zwickau, na Alemanha.

Segundo a montadora, dos 540 empregados mais “novos de casa”, 269 terão que ser dispensados. Um porta-voz da Volkswagen explicou para a agência Reuters os motivos do corte inesperado .

De acordo com o representante da Volkswagen, a redução no quadro se mostrou necessária por conta das “condições atuais do mercado”. Ele garantiu, porém, que a montadora “continua 100% convencida do caminho para a eletromobilidade”.

Continua após a publicidade

A planta de Zwickhau é responsável pela produção de 6 modelos de carros elétricos de 3 diferentes marcas do grupo. Entre eles, destacam-se o ID.3 e o ID.4, ambos já testados pelo Canaltech, e o Audi Q4 e-tron.

Tesla e chineses: os "culpados"

A baixa demanda pelos carros elétricos da Volkswagen tem dois principais “culpados”: a Tesla, que segue dominante no segmento, e as marcas chinesas, como a BYD, que também vêm apresentando novos modelos e conquistando a confiança do consumidor.

Continua após a publicidade

A Volkswagen ainda conta com quase 11 mil funcionários na planta de Zwickhau e espera, a partir do corte, conseguir manter o plano de investir pesado no segmento elétrico e não precisar mexer na força de trabalho.

Fonte: Reuters