Toyota Yaris x Honda City: Qual o melhor hatch japonês?

Toyota Yaris x Honda City: Qual o melhor hatch japonês?

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 26 de Junho de 2022 às 11h30
Paulo Amaral/Canaltech

O mercado brasileiro tem duas excelentes opções para quem está buscando por um hatch que reúna confiabilidade, tecnologia e economia de combustível. Estamos falando do Toyota Yaris e do Honda City, ambos oriundos de fabricantes japoneses.

A reportagem do Canaltech passou bons dias a bordo dos dois carros e hoje traz este comparativo para definir qual é o melhor hatch japonês à venda no mercado nacional.

Os pontos analisados serão os seguintes:

  • Design e Acabamento
  • Conforto
  • Desempenho
  • Conectividade e Tecnologia
  • Custo-Benefício

A pontuação será distribuída da seguinte forma:

  • 1º lugar: 3 pontos
  • 2º lugar: 1 ponto
Toyota Yaris ou Honda City: qual o melhor hatch japonês? (Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

Terminada a análise, os pontos serão somados para que, enfim, tenhamos o placar final e a resposta para a pergunta: qual o melhor hatch japonês à venda no Brasil?

5. Design e Acabamento

Tanto o Honda City quanto o Toyota Yaris são bem resolvidos no quesito design. O primeiro hatch japonês que ficou sob os cuidados do Canaltech foi o City, que desembarcou nesta versão no Brasil em fevereiro de 2022. E o modelo da Honda é atraente por fora e muito bem resolvido por dentro.

No exterior, destaque para as linhas esportivas e para o conjunto óptico, tanto na dianteira quanto na parte de trás do carro. O “DNA” Honda não deixa dúvidas de que ele pertence mesmo à família que já consagrou HR-V, Civic e outros modelos por aqui.

Honda City é bem resolvido por dentro, com uso equilibrado do plástico duro (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)

Na parte interna, a harmonia nas escolhas merece aplausos. Ele tem bancos em couro, ar-condicionado digital, saídas de ar para os passageiros do banco traseiro e muito mais. O uso de plástico duro não é excessivo ao ponto de incomodar ou preocupar os proprietários em termos de barulhos no futuro.

O Toyota Yaris também é bastante chamativo e belo por fora. A versão testada pelo Canaltech apresentou harmonia entre conjunto óptico, desenho dos pára-choques, carroceria e cor, a chamada vermelho granada, exclusiva da variante topo de linha, a XLS.

O acabamento, no entanto, deixou a desejar. A Toyota bem que tentou disfarçar, mas basta um olhar atento para ver que os detalhes “em costura”, na verdade, são puro faz de conta. O Yaris hatch tem plástico duro em excesso, algo comum nos carros da categoria, e isso sempre acaba causando o temor de barulhos indesejáveis com o aumento do uso.

Acabamento interno do Yaris é menos caprichado que o do rival (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  • Vencedor: Honda City - 3 pontos
  • 2º lugar: Toyota Yaris - 1 ponto

4. Conforto

Qual hatch japonês é mais confortável? Nesse quesito em particular, a briga também é bem parelha entre Honda City e Toyota Yaris. Começando mais uma vez pelo City, podemos afirmar, sem medo, que o modelo é bastante confortável, e acomoda bem até cinco passageiros.

O Toyota Yaris também é bastante agradável de conduzir e tem um nível de conforto similar ao do modelo da Honda. O “pecado”, em ambos os modelos, é que o ruído do motor acaba invadindo demais a cabine. Um pouco mais no Honda do que no Yaris, o que acabou definindo o vencedor deste round.

Yaris ganhou o round "conforto" na briga com o City (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  • Vencedor: Toyota Yaris - 3 pontos
  • 2º lugar: Honda City - 1 ponto

3. Desempenho

A briga entre Honda City e Toyota Yaris para saber qual o melhor hatch japonês à venda no Brasil chegou ao terceiro assalto… E seguirá indefinida. No quesito desempenho, o mais justo é analisar não apenas como o carro anda, mas também seu consumo de combustível, algo que está intrinsecamente ligado ao assunto.

Tanto Toyota Yaris quanto Honda City têm sob o capô um motor 1.5 aspirado flex. O primeiro entrega 110 cavalos e 14,9 kgfm de torque ao motorista, e está mais eficiente após os ajustes feitos pela Toyota para atender às recomendações do Proconve L7. O problema é que, se o condutor quiser potência, terá que ficar praticamente o tempo todo com o pé cravado no acelerador. Segundo a montadora, o carro vai de 0 a 100 km/h em 11,9 segundos.

O City, por sua vez, dá ao condutor 126 cavalos de potência e 15,5 kgfm de torque, mas, assim como o modelo da Toyota, exige pé embaixo para que o carro desenvolva e mantenha uma velocidade aceitável. A montadora afirma que ele vai de 0 a 100 km/h mais rápido que o Yaris: em 10,6 segundos.

City hatch levou a melhor no quesito desempenho (Imagem: Divulgação/Honda)
  • Vencedor: Honda City - 3 pontos
  • 2º lugar: Toyota Yaris - 1 ponto

2. Conectividade e Tecnologia

A resposta para qual o melhor hatch japonês passa pelos combos de Conectividade e Tecnologia disponíveis no Honda City e no Toyota Yaris. O primeiro peca apenas pela ausência de carregador de celular por indução, pois tem em seu pacote itens como central multimídia de 8 polegadas com Android Auto e Apple CarPlay, alerta de colisão frontal, frenagem automática com mitigação de velocidade, piloto automático adaptativo, alerta de saída de faixa com correção ativa e comutação automática dos faróis.

O Yaris também tem bons recursos, mas é mais limitado que o rival da Honda. O hatch da Toyota oferece em sua versão topo de linha central multimídia com espelhamento, 6 airbags, LED diurno, assistente de partida em rampa, controle de tração e de estabilidade de série e um outro recurso bem útil: o aviso sonoro que avisa ao motorista que ele está mudando de faixa sem dar seta. A ausência dos sensores de estacionamento traseiros, no entanto, jogam contra o modelo.

Honda City tem mais recursos de tecnologia que o Toyota Yaris (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  • Vencedor: Honda City - 3 pontos
  • 2º lugar: Toyota Yaris - 1 ponto

1. Custo-benefício

Apesar de ter saído vencedor em três dos quatro duelos anteriores, o City perde a disputa com o Yaris quando a questão é custo-benefício. O modelo da Toyota oferece ao cliente que procura por um hatch com “algo mais” do que o básico, tudo o que ele precisa.

É fato que ele não tem tantos itens de tecnologia e segurança quanto o carro da Honda e, no frigir dos ovos, entrega menos desempenho, apesar de ambos terem um motor 1.5 sob o capô. Mesmo assim, como quem busca por um carro deste nível está atrás de conforto e economia, e o Yaris custa cerca de R$ 15 mil a menos (R$ 115.450 contra R$ 129.100 nas versões top de linha), o custo-benefício pende a favor do Toyota.

Custo-benefício pende para o lado do Yaris, que é mais barato que o rival (Imagem: Paulo Amaral/Canaltech)
  • Vencedor: Toyota Yaris - 3 pontos
  • 2º lugar: Honda City - 1 ponto

City x Yaris: Qual o melhor hatch japonês do Brasil?

  • Vencedor: Honda City - 11 pontos
  • 2º lugar: Toyota Yaris - 9 pontos

Ficou provado pela pontuação final em nosso comparativo que tanto Honda City quanto Toyota Yaris são excelentes opções de carros hatch japoneses à venda no Brasil, e o consumidor estará muito bem servido, independentemente do modelo que escolher levar para casa.

O City, vencedor em três dos cinco duelos, terminou como “campeão”, mas o Yaris está forte na briga por um lugar na garagem de quem procura por um modelo com melhor custo-benefício.

Afinal, qual o melhor hatch japonês? City levou a disputa apertada contra o Yaris ((Imagens: Paulo Amaral/Canaltech)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.