Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Renault Megane elétrico tem autonomia de 450km e chega ao Brasil em 2023

Por| Editado por Jones Oliveira | 05 de Setembro de 2022 às 16h12

Link copiado!

Felipe Ribeiro/ Canaltech
Felipe Ribeiro/ Canaltech

A Renault aproveitou o Electric Days, seu evento voltado para mobilidade elétrica, para mostrar ao Brasil o novo Renault Megane E-Tech, nova geração de um de seus carros mais consagrados e que agora é, também, um veículo 100% elétrico. Seu lançamento no país está confirmado para o segundo trimestre de 2023.

Posicionado com um carro do segmento C na Europa, ou seja, de modelos como Jeep Compass e Peugeot 3008, o novo Renault Megane E-Tech, como é chamada a versão elétrica, tem jeitão de SUV, mas pode ser considerado um hatch médio bombado, devido à silhueta arredondada e o baixo vão-livre do solo. Chamá-lo de crossover é o mais certo, contudo.

Independentemente disso, trata-se de um produto considerado premium pela Renault, com muita tecnologia embarcada e acabamento dos melhores que já vimos entre todos os carros elétricos já avaliados pelo Canaltech. Segundo Ricardo Gondo, presidente da montadora aqui no Brasil, a estratégia de trazer esse carro para cá é para ajudar no reposicionamento da marca no nosso mercado.

Continua após a publicidade
"A vinda do Renault Megane E-Tech e de outros modelos elétricos para o Brasil mostra que estamos investindo pesado no Brasil, apostando em carros com maior valor agregado. O investimento de R$ 2 bilhões em nossa fábrica de São José dos Pinhais para a criação de um novo SUV 1.0 turbo também faz parte dessa estratégia", disse Gondo, em apresentação realizada na manhã desta segunda-feira (5).

Renault Megane E-Tech: Motor e autonomia

Continua após a publicidade

Segundo a Renault, o Megane E-Tech já tem mais de 30 mil pedidos na Europa e parte desse sucesso se deve aos seus números de autonomia e performance. Segundo a montadora, o SUV terá 450 km de autonomia no ciclo WLTP, que privilegia a medição de quem anda mais na cidade. A bateria é de 60 kWh.

Além disso, seu desempenho será de esportivo: 220cv e 30,5 kgf/m de torque, com aceleração de 0 a 100 km/h estimada em 7 segundos, números equivalentes a modelos como o novo Chevrolet Bolt EUV e o Volvo XC40 Recharge Plus, que devem ser seus principais concorrentes por aqui. No fim do ciclo de vida, 95% do veículo poderá ser reciclado.

Feito sobre a plataforma CMP-EV, o Megane E-Tech também será extremamente tecnológico, oferecendo um pacote completo de segurança ativa, como alerta de colisão frontal, frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo e assistente de permanência em faixa.

Continua após a publicidade

O cluster digital se funde com a central multimídia enorme do painel principal e fornece todas as informações de conforto e desempenho do carro. Além disso, espera-se que o Renault Megane E-Tech tenha o sistema operacional Android Automotive nativo, assim como acontece com os carros da Volvo.

Renault Megane E-Tech: Data de lançamento e preço

Segundo a Renault, o Megane E-Tech está confirmado para o segundo trimestre no Brasil. O preço ainda não foi revelado, mas, ao que tudo indica, deve ficar na faixa de R$ 300 mil a R$ 350 mil.