Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Preview Fastback Abarth | Veneno do escorpião fez bem ao SUV coupé

Por| Editado por Jones Oliveira | 26 de Outubro de 2023 às 10h00

Link copiado!

Divulgação/Stellantis
Divulgação/Stellantis

O Fastback Abarth, versão envenenada do SUV coupé, mostrou na prática o porquê a chamada marca do escorpião é diferente dos demais modelos da linha, trazidos ao Brasil em 2022 com a chancela da Fiat.

As mudanças no Fastback Abarth não se resumem somente ao visual, que conta com itens exclusivos para a versão, como as rodas de 18 polegadas, e os mais de 20 acessórios preparados pela Mopar para personalizar o SUV de diversas maneiras diferentes.

Durante o evento de apresentação da nova variante, a reportagem do Canaltech teve a chance de pilotar o carro por duas voltas completas no Autódromo de Capuava, em Indaiatuba, cidade do interior paulista localizada próxima a Campinas.

Continua após a publicidade

Apesar do pouco tempo de teste em pista, deu para sentir o gostinho do “veneno” do escorpião pulsando nas veias do motor T270 1.3 turbo, que oferece 185cv de potência (no etanol) e 27,5 kgf/m de torque — o mesmo da versão LImited, mas com mais "pimenta". É essa experiência que iremos detalhar nas próximas linhas.

Fastback Abarth: Primeiras impressões

O motor e o câmbio do Fastback Abarth que terá suas unidades de test-drive disponíveis nas lojas a partir desta quinta-feira (26) são exatamente os mesmos que também formam o conjunto mecânico da versão Limited Powered by Abarth. O comportamento do SUV, porém, é completamente diferente.

Continua após a publicidade

As calibrações e alterações realizadas pelo time de engenharia da Abarth tornaram o Fastack um carro verdadeiramente esportivo, diferente das versões esportivadas que outras marcas costumam colocar no mercado, normalmente com foco voltado somente para um design mais agressivo.

A experiência começa a ficar diferente já no momento em que o botão Start é pressionado. O duplo escapamento esportivo, exclusivo da versão Abarth, faz ecoar com uma ferocidade impressionante o ronco do motor T270 1.3 turbo, que ganhou sonoridade esportiva para aumentar a sensação de “envenenamento” do SUV coupé.

Carro ligado e ronco “gritando”, chegou a hora de ver o que o Fastback Abarth entrega. E ele entrega muito, principalmente com o modo de condução Poison ativado. Nessa configuração, o SUV ativa a vetorização de torque, que distribui a força nas rodas e ajuda o carro a ficar “grudado” nas curvas de alta velocidade.

Continua após a publicidade

O Autódromo de Capuava tem um traçado bem particular, com poucas retas planas, trechos em subidas ou descidas e uma sequência de curvas bem fechadas. E foi nesse cenário que pudemos observar que a promessa dos engenheiros de entregar um carro equilibrado, com suspensão mais rígida, direção mais direta e que aponta rápido na curva, foi cumprida.

O Fastback Abarth até chega a dar uma outra rabeada, mas isso vai mais para a conta do jornalista-piloto, mais habilidoso com as palavras do que nas tangências, do que para os ajustes do SUV, que na versão envenenada está 6% mais veloz que a anterior.

De acordo com a Abarth, o Fastback é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e alcançar velocidade máxima de 220 km/h. O número é 5% superior ao que chega a versão Limited.

Continua após a publicidade

Não foi possível realizar tais testes ao volante do Abarth, mas as duas voltas em torno do Autódromo de Capuava deixaram claro que os parâmetros não estão fora do que o SUV pode entregar.

Fastback Abarth: O que esperar?

Os executivos da Abarth não fizeram mistério sobre o que esperam da versão envenenada do SUV coupé. A missão traçada para o Fastback do escorpião é a mesma que foi projetada para o “irmão”, o Pulse Abarth.

Continua após a publicidade

Hernander Zola, vice-presidente Sênior da Abarth Stellantis América do Sul, revelou que a versão envenenada do Pulse emplaca, em média, 10% do total da variante normal. Em setembro, as vendas totais do Pulse no segmento de SUVs registraram 3.216 unidades comercializadas, enquanto as da versão Abarth giraram em torno de 320.

De acordo com esse raciocínio, a expectativa é que o Fastback Abarth siga a receita e venda 10% da versão normal. Em setembro, o Fiat Fastback registrou 3.670 emplacamentos, o que gera a expectativa de vendas para o modelo do escorpião na casa das 360 unidades.

Fastback Abarth: Preço e disponibilidade

Continua após a publicidade

O Fastback Abarth terá suas primeiras unidades de test-drive disponibilizadas a partir desta quinta-feira (26) em todas as 70 lojas da marca espalhadas pelo Brasil, e também passará a aceitar os pedidos de pré-venda do SUV coupé.

O preço do Fastback Abarth é de R$ 159.990, mas o valor vai crescendo de acordo com os acessórios que por ventura sejam adicionados. A marca informou ainda que, por conta do posicionamento do Fastback Abarth, a versão Limited Powered by Abarth, que ultrapassava a casa dos R$ 160 mil, passará a custar R$ 154.490.

O SUV coupé será oferecido em 4 cores distintas: Preto Vulcano, Vermelho Montecarlo, Branco Branchisa e Cinza Strato, estas três últimas com teto Preto Vulcano. E aí: o que achou da "picada do escorpião"?