NVIDIA suspende temporariamente testes com direção autônoma em todo o mundo

Por Patrícia Gnipper | 27 de Março de 2018 às 15h22
Tudo sobre

Nvidia

A partir desta terça-feira (27), até segunda ordem, estão suspensos os testes globais da NVIDIA com veículos autônomos. A informação partiu de uma fonte da Reuters em uma conferência na Califórnia, depois de um carro autônomo da Uber ter atropelado uma mulher que atravessava a rua, levando-a à óbito.

Ainda que, inicialmente, tenha sido determinado que a Uber não foi a culpada pelo acidente, o governador do estado do Arizona decidiu suspender a autorização concedida anteriormente à companhia para a continuidade de tais testes em campo.

Diante do ocorrido, a Nvidia, que fornece a tecnologia de direção autônoma à Uber, decidiu por pausar seus testes. Em uma sessão de perguntas e respostas durante a GTC 2018, o CEO da companhia, Jensen Huang, explicou a atitude: "nós pausamos os testes de nossos carros autônomos, pois nossos engenheiros estão dentro destes carros e levamos a situação muito a sério"

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Dessa forma, os testes independentes da NVIDIA que vinham sendo conduzidos nas cidades norte-americanas de Nova Jérsei e Santa Clara, e no Japão e na Alemanha, estão em standby por, segundo o executivo, um curto período. "Voltaremos aos testes práticos assim que possível", finalizou.

Atualmente, a NVIDIA fornece sua plataforma de inteligência artificial para direção autônoma para empresas como Volkswagen, Tesla e Audi, além da própria Uber. Além delas, já são cerca de 320 companhias que, de alguma forma, utilizam tecnologias do tipo criadas pela empresa, desde software até sensores.

Fonte: Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.