SAIU O RESULTADO DO SORTEIO DO PRÊMIO CANALTECH!CONFERIR
Publicidade

5 motivos para comprar o Ford Territory

Por| Editado por Jones Oliveira | 12 de Novembro de 2023 às 09h30

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech
Paulo Amaral/Canaltech
Tudo sobre Ford

O Ford Territory mudou de geração e de ambição em seu modelo 2024. O SUV da montadora estadunidense foi lançado no Brasil de olho no Jeep Compass e no Commander, outro modelo da família Stellantis, que na teoria é de um segmento superior.

Após passar um tempo de posse do renovado SUV, o Canaltech listou 5 bons motivos que podem fazer você comprar o Ford Territory 2024.

Continua após a publicidade

Ford Territory: público-alvo

Segundo Dennis Rossini, gerente de marketing da Ford no Brasil, o Territory 2024 foi pensado para um público jovem e moderno, que busca por um SUV espaçoso, mas “não precisa” de 7 lugares — diferencial utilizado pela Jeep para alavancar as vendas do Commander.

“O Ford Territory é um rival direto do Compass, mas olhando para o Commander. Ele é uma opção ao Commander para o cliente que não precisa de um carro com 7 lugares, pois, do ponto de vista de espaço interno e conforto, o Territory é superior”, cravou durante a apresentação do carro no mercado brasileiro.

Continua após a publicidade

5 motivos para comprar o Ford Territory

Rival do Compass, do Commander e, por que não, do Toyota Corolla Cross e do GWM Haval H6, mesmo sem ter uma opção híbrida disponível, o Ford Territory tem bons argumentos para te convencer a levá-lo para a garagem.

Confira 5 motivos para comprar o Ford Territory 2024.

Continua após a publicidade

5. Espaço interno

Como o próprio executivo da Ford deixou claro ao apresentar o veículo ao consumidor brasileiro, o espaço interno é um dos pontos fortes do Territory.

O novo SUV cresceu em todas as dimensões e, com isso, está mais próximo do Commander do que do Compass no comprimento (4.630 mm x 4.769 mm x 4.404 mm) e no entre eixos (2.726 mm x 2.794 mm x 2.636 mm).

Continua após a publicidade

Na altura, ele leva vantagem de 24 mm sobre o Commander (1.706 mm x 1.682 mm) e de 81 mm sobre o Compass (1.625 mm); na largura ele também ganha dos rivais, com 1.936 mm x 1.859 mm do Commander e 1.625 mm do Compass.

Os números mostram, por si só, que o espaço interno do Territory foi muito bem pensado para tornar o SUV espaçoso, confortável e útil, até por conta do enorme porta-malas, agora com capacidade de 448 litros (100l a mais que a geração anterior).

4. Acabamento

Continua após a publicidade

O Ford Territory 2024 não é somente espaçoso e confortável. O nível de acabamento do carro também é impecável, não apenas pela qualidade dos materiais utilizados na cabine, mas também pela precisão do encaixe das peças.

O SUV apresenta couro, material soft touch (macio ao toque) e detalhes que imitam madeira nas portas e painéis. A opção pelos materiais de maior qualidade em detrimento do uso excessivo de plástico duro garante um futuro “menos barulhento” ao Territory quando o carro estiver mais rodado.

Além disso, o modelo tem bancos com acabamento em duas tonalidades, assentos dianteiros com ventilação e ajustes elétricos, assentos traseiros bipartidos e rebatíveis, console central com um enorme porta-objetos, porta-copos e até “guarda-revistas” atrás dos bancos.

Continua após a publicidade

O toque de classe, porém, fica por conta do enorme teto solar panorâmico, que cobre quase que por completo a parte superior do SUV e ainda conta com abertura elétrica parcial, perfeita para quem curte “tomar um solzinho” enquanto dirige.

3. Motor

O terceiro entre os 5 motivos que podem levar você a comprar o Ford Territory 2024 é o novo motor do SUV. A Ford manteve o bloco da geração anterior, mas trocou os periféricos por itens com tecnologias mais avançadas.

Continua após a publicidade

Além disso, o propulsor 1.5 Turbo Ecoboost passou do ciclo Miller para o ciclo Otto com injeção direta e comando variável. Agora, o motor está 4,5 quilos mais leve e, como resultado, entrega 169cv de potência e torque de 25,4 kgf/m ao motorista, graças também ao câmbio automático de 7 velocidades e dupla embreagem banhada a óleo.

O conjunto mecânico é forte o suficiente para fazer o SUV de 1.768 quilos acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 10,3 segundos e, de quebra, apresentar uma economia de combustível maior do que a geração anterior.

De acordo com os números do PBEV, o Ford Territory 2024 tem um consumo médio de 9,5 km/l na cidade e de 11,8 km/l na estrada. Durante o tempo que passou nas mão ms do Canaltech, ele variou bastante, chegando a gastar mais na cidade (8,8 km/l) e menos em rodovias (12,5 km/l).

Continua após a publicidade

2. Desig

Não dá para deixar de citar o design do Ford Territory como um dos motivos para comprar o SUV em sua nova geração. A marca incorporou ao carro a nova linguagem global para os SUVs da família, herdada da linha Escape, que é vendida em mercados fora do Brasil.

Ricardo Sugimoto, superintendente de design da fabricante na América do Sul, explicou que tanto a grade dianteira quanto os novos conjuntos ópticos Full LED e a muscularidade do capô e das laterais foram pensadas em conjunto com uma única ideia: mostrar, pela expressão facial, que trata-se de um SUV Ford.

Continua após a publicidade

1. Preço

O último dos 5 motivos para comprar o Ford Territory 2024 é, talvez, o mais importante deles, principalmente se a análise for feita em cima dos dois principais concorrentes do modelo: o preço.

A Ford acertou na estratégia e posicionou o Territory em uma faixa de valores menor até mesmo do que os praticados pela geração anterior do próprio SUV. O Territory 2024 está à venda por R$ 209.990, R$ 10 mil abaixo da versão antiga.

Continua após a publicidade

Além disso, o SUV da Ford é muito mais barato do que os modelos da Jeep — o Compass S custa R$ 237.190 e o Commander Overland sai por R$ 276.290.

Como os próprios executivos da Ford falaram na apresentação, o Territory “é um carro do tamanho do Commander por preço de Compass”. E aí: concorda com eles?