Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

BYD Song Plus 2025 chega com bateria maior, mas mais caro

Por| Editado por Jones Oliveira | 08 de Maio de 2024 às 16h15

Link copiado!

Divulgação/BYD
Divulgação/BYD

A BYD confirmou, em parte, o que vinha sendo especulado para a linha 2025 do Song Plus DM-i no Brasil. O SUV híbrido, carro mais vendido da montadora no país em 2023 (acima até do Dolphin), ainda não terá o visual renovado que já exibe na China, mas apresentará novidades, principalmente em relação à bateria.

A montadora chinesa informou que o sistema de 8,3 kWh, capaz de gerar um alcance de 50 km por carga exclusivamente no modo elétrico, foi substituído por um de 18,3 kWh. Com isso, a autonomia do BYD Song Plus DM-i para quem quiser rodar sem gastar um litro de combustível passou para bons 105 km.

A alteração na capacidade do sistema de baterias também melhorou o alcance combinado do SUV híbrido. Agora, de acordo com os números oficiais da marca, o Song Plus consegue percorrer até 1.200 quilômetros por ciclo de carga, ante os 1.080 declarados anteriormente.

Continua após a publicidade

Em termos de powertrain, porém, as configurações seguem as mesmas do modelo testado (e aprovado) pelo Canaltech. O conjunto é composto por um motor 1.5 a gasolina, com 110 cv de potência, e outro elétrico, de 179 cv. Juntos, eles entregam 235 cv e 40,8 kgf/m de torque ao motorista.

Song Plus 2025: Bateria maior, preço maior

A capacidade das baterias não foi a única coisa que ficou maior no BYD Song Plus DM-i 2025. A montadora chinesa aproveitou o upgrade nas especificações do SUV híbrido para aumentar o preço do modelo no Brasil.

O Song Plus, que até então era vendido por R$ 229.800, ficou R$ 10 mil mais caro, e agora não sai das lojas por menos de R$ 239.800. As opções de cores seguem as mesmas da linha anterior, e disponibilizam ao cliente os tons Time Grey (cinza), Snow White (branco), Delan Black (preto) e Dome Blue (azul).

Entre os itens de tecnologia, destaque para o aumento da tela da central multimídia giratória, que passou de 12,8 para 15,6 polegadas. Além disso, o carro agora ganhou recurso de abertura via cartão NFC e retrovisor traseiro fotocrômico. A garantia total é de 6 anos, sem limite de quilometragem, com cobertura de 8 anos para o sistema de baterias.