Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

5 características surpreendentes do BYD Song Plus DM-i

Por| Editado por Jones Oliveira | 17 de Dezembro de 2023 às 10h30

Link copiado!

Paulo Amaral/Canaltech e Divulgação/BYD
Paulo Amaral/Canaltech e Divulgação/BYD

O BYD Song Plus DM-i, primeiro modelo híbrido lançado pela montadora chinesa no Brasil, vem se destacando por aqui e figurando entre os carros mais vendidos do segmento no país.

Após passar um tempo ao volante do SUV chinês, a reportagem do Canaltech conseguiu entender melhor os motivos pelos quais o modelo vem ganhando espaço em um nicho cada vez mais disputado no Brasil.

Pensando em tudo isso, o Canaltech elencou 5 características surpreendentes BYD Song Plus DM-i.

Continua após a publicidade

5 características surpreendentes do BYD Song Plus

O BYD Song Plus DM-i, que em breve terá produção nacional, nas futuras instalações da montadora chinesa em Camaçari, na Bahia, tem sua lista de 5 características surpreendentes formada basicamente por pontos positivos.

Durante o tempo em que passamos com o modelo, detectamos apenas um ponto que pode (ou não) surpreender negativamente o consumidor menos preparado. Confira todos a seguir.

5. Sistema híbrido inovador

Sem sombra de dúvidas, o sistema híbrido do Song Plus DM-i é uma das características mais surpreendentes. Tanto é que, no tempo que passou com a reportagem do Canaltech, o SUV chinês chegou a apresentar consumo médio de 30 km/l.

A marca anunciou que o carro é capaz de rodar cerca de 1.080 quilômetros por ciclo de abastecimento, somando-se a carga da bateria de 8,3 kWh com o uso da gasolina no tanque de combustível, que é de 60 litros.

Continua após a publicidade

Os testes com o Canaltech foram feitos predominantemente em rodovias, percursos nos quais os carros híbridos e elétricos tendem a gastar mais. Mesmo assim, após rodar cerca de 700 quilômetros entre São Paulo, Louveira, Jundiaí e Ribeirão Pires, devolvemos o carro com mais de 400 km de autonomia no “tanque”.

4. Iluminação interna

A iluminação interna do BYD Song Plus DM-i também pode te surpreender de forma positiva. E não somente pelo fato de deixar a cabine mais bonita, especialmente de noite.

Continua após a publicidade

O modo como a moderna alavanca de câmbio, por exemplo, fica iluminada é um charme todo especial e deixa o acessório, que se assemelha a um joystick de videogame, ainda mais bonito.

3. Acerto mecânico

O BYD Song Plus DM-i é um carro produzido na China e chega ao Brasil importado, mas isso não quer dizer que ele não receba cuidados especiais para rodar em nossas ruas, avenidas e estradas, notoriamente conhecidas por não oferecerem as melhores condições de rodagem.

Continua após a publicidade

Os acertos de direção e suspensão parecem ter sido feitos sob encomenda para o nosso mercado, tamanha a estabilidade que o SUV híbrido mostrou, tanto em percursos urbanos (repletos de lombadas, valetas e buracos), quanto em rodoviários. Nota 10 para o time de engenharia da marca chinesa.

2. Farol alto e assistente virtual “inteligentes”

Um dos recursos mais legais entre os muitos que o BYD Song Plus DM-i oferece é o farol alto inteligente. E como ele funciona? Ele alterna, automaticamente, entre a luz baixa e a alta, dependendo da visibilidade da via.

Continua após a publicidade

Em nossos testes realizados na rodovia Índio Tibiriça, em que o sistema de iluminação não é dos melhores, o SUV híbrido “ajudou” a enxergar melhor em diversos trechos, retomando o farol para sua condição normal sempre que um outro carro surgia à frente ou na direção contrária da via.

Outro ponto ligado à tecnologia que também surpreendeu positivamente é a assistente virtual que avisa, por voz, sobre a necessidade de utilizar o cinto de segurança, algo que, além de evitar multa, salva vidas.

Continua após a publicidade

1. Alcance no modo elétrico

Fechando a lista de 5 características surpreendentes do BYD Song Plus DM-i está a única que tem caráter um pouco negativo: o alcance exclusivo do modo elétrico.

Apesar de, no combinado, o SUV entregar uma autonomia absurda, superior aos 1.000 quilômetros, quem quiser o gostinho real de acelerar um carro elétrico poderá ficar frustrado.

Afinal, o alcance do Song Plus DM-i para rodar no modo exclusivamente elétrico após a carga estar em 100% é de somente 47 quilômetros. O número real, aliás, é até mais baixo (cerca de 29 km), como comprovamos em nossos testes. Menos mal que, no combinado, a eficiência foi para lá de satisfatória.

Continua após a publicidade