Mozilla encerra dois aplicativos em meio a reorganização

Mozilla encerra dois aplicativos em meio a reorganização

Por Rubens Eishima | 18 de Setembro de 2020 às 11h40
Mozilla/reprodução

A Mozilla anunciou que irá descontinuar os serviços Firefox Send e Firefox Notes, de compartilhamento de arquivos e sincronização de anotações, respectivamente. A notícia chega em meio à reestruturação da empresa, que divulgou recentemente a demissão de 250 funcionários.

O compartilhamento de arquivos pelo Send já foi encerrado. O serviço armazenava dados de maneira criptografada e podia ser usado para enviar documentos, fotos, vídeos e outros tipos de arquivos com até 2,5 GB.

O Firefox Send chegou a ser tirado do ar no meio do ano, após ser usado em ataques de phishing e para enviar malware, problema mencionado no comunicado da Mozilla Corporation. Agora, ele é aposentado definitivamente.

Notes ainda permite exportação

Já o Notes, lançado em 2018, funcionava como uma alternativa aos serviços Evernote, Google Keep e OneNote, permitindo sincronizar anotações entre diferentes dispositivos. O serviço conta com um aplicativo para Android e extensão para o Firefox em PCs.

Segundo a Mozilla, o app será encerrado em novembro junto com o serviço de sincronização. Já a extensão no navegador para desktop continuará a funcionar, mas não terá mais atualizações nem estará disponível para novas instalações. A Mozilla recomenda que os usuários exportem suas anotações, o que pode ser feito na extensão para navegador.

Outros serviços continuam

A Mozilla anunciou que os cortes permitirão a manutenção de outros serviços oferecidos, como VPN (em parceria com a sueca Mullvad), Firefox Monitor (que verifica se contas do usuário estão em algum vazamento de senhas) e Firefox Private Network (camada extra de privacidade na conexão, oferecida apenas nos EUA em parceria com a CloudFlare).

Para usuários fanáticos das ferramentas descontinuadas, é possível consultar (e reutilizar) o código-fonte do Send e do Notes. Ambos estão disponíveis sob a licença MPL 2.0 (Mozilla Public License) no site GitHub:

Fonte: Mozilla Corporation

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.